1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Mtp3 RC4

Tópico em 'Tengwar & Outros Alfabetos Tolkienianos' iniciado por Deriel, 9 Fev 2008.

Situação do Tópico:
Fechado para novas mensagens.
  1. Deriel

    Deriel Administrador

    Lançamento MTP 3 - versão RC4

    Saudações a todos,

    Tenho estado trabalhando em uma versão melhorada do MTP (Modo Tengwar-Português, uma maneira de escrever em Português utilizando o alfabeto "élfico" Tengwar, criado por J. R. R. Tolkien), o chamado MTP3 por ser a terceira versão. E aqui eu apresento a todos o que podemos chamar de versao RC4 do MTP3.

    O que quero dizer com versão RC4? RC é um termo utilizado na indústria de construção de software e significa "Release Candidate" ou algo como "Candidato a Lançamento", algo quase pronto, quase lá. Algo que tem todas as funcionalidades mas necessidade de testes e de pequenos ajustes e foi por isso que chamei de RC4 - o quarto texto do MTP3 e apto a ser lançado para o público.

    Por que não seguro mais um pouco e lanço logo uma versão final? Porque não sei quanto tempo isso demoraria e nem quão útil seria esperar mais e mais, por isso achei que era melhor colocar para a Comunidade e contar com a mesma para ajustes, correções e sugestões do que ficar "cozinhando" por mais tempo (já tem mais de ano de trabalho).

    Construir essa nova versão do MTP3 tem sido um processo hercúleo, saindo de 9 páginas meio mal formatadas no MTP2 para 52 páginas bem detalhadas com exercícios do MTP3. Ele não é a continuação natural do MTP2, ele é um novo sistema om alguns pontos comuns. Mesmo ainda não sendo a versão final fica um tremendo agradecimento à Ana "Lovejoy" Bittencourt pela paciência constante e permanente ajuda neste processo, em todos os sentidos, principalmente na base acadêmica. O MTP3 não estaria onde está sem você.

    Por isso conto com todos para duas coisas:
    1. Dúvidas, Correções, Sugestões podem e devem ser colocadas aqui e serão respondidas por mim ou por pessoas tão capacitadas quanto (como a Anica que acompanhou este projeto desde o começo)

    2. Peço encarecidamente que este documento não seja distribuído por outras fontes que não esta aqui. Simplesmente por ser uma versão que ainda sofrerá mudanças. Não quero ninguém se tatuando com ela, por exemplo.

    Assim que tivermos um número razoável de comentário eu lançarei a versão final e daremos início ao processo de publicação em livro. Conto com o apoio de todos.

    (os anexos foram removidos porque há uma nova versão:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    )
     
    Última edição: 16 Jan 2011
  2. Deriel

    Deriel Administrador

    Ok, aqui está =]

    Eu acho que está praticamente fechado, agora, com a regra de tonicidade. É uma questão de revisar, corrigir o que for necessário e preparar para lançar a versão final. Finalmente, né?

    (caso queiram consultar o tópico do MTP3 RC3 ele está
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    )
     
  3. Guga_theOld

    Guga_theOld Excluído a pedido

    Parabéns Deriel e Ana :confete:

    Ficou excelente! Parabéns!

    Quero ver se eu arranjo um tempo para eu aprender escrever como os Elfos...
    Parabéns novamente!
    :mrgreen:
     
  4. Eriadan

    Eriadan Usuário Usuário Premium

    Rapaz, essa mudança de o O final se tornar U e do E final se tornar I foi o ouro; ou seja, a Redução da Vogal Átona Final. Era uma coisa que sempre reclamava do antigo, justamente porque saía da base fonética: ninguém fala "ratO", fala "ratU"; ninguém fala "pelE", fala "pelI". Perfeito!

    Também preferi o reposicionamento do "til" que representa a nasal. Só senti falta do nwalmë, e isso vai demorar pra se acostumar. :dente:

    A tonicidade foi outro ponto forte. Antes não havia como diferenciar palavras em 3a pessoa do plural de conjugação regular no passado e no futuro.

    Mas, principalmente, corrigiram o que me irritava mais: a não-existência de tengwar próprias para "tch" e "dj". Agora sim!, já dá pra escrever português realmente fonêtico! :joy: Os primeiros MTP eram meio que farsantes por ignorar esses detalhes.

    Uma correção: nos exemplos do capítulo 5, você escreveu "seiRa", no que era pra ser "seiTa", Deriel. :wink:


    Valeu a espera! :clap: :clap: :clap:
     
  5. MorettiDP

    MorettiDP Active Member

    Deriel, o arquivo .ZIP tá com pau... Acho que tem que recolocar no servidor (aparece que o arquivo foi encerrado inesperadamente).
     
  6. Deriel

    Deriel Administrador

    Tenta de novo, testamos em dois computadores diferentes, com sucesso.
     
  7. lukazjau

    lukazjau Usuário

    Tentei baixar um monte de vezes mas não estou conseguindo sempre aparece como arquivo corrompido!!
     
  8. Tilion

    Tilion Administrador

    Numa passada de olho bem rápida deu para pegar essas coisas:

    - Acho que está havendo uma confusão entre fone e fonema, fonético e fonêmico (este último termo é o que está sendo usado no documento, como na pág. 8, "Transcrição Fonêmica").

    Para exemplificar: nas palavras "tia" e "tato", /t/ é símbolo que representa o fonema que é comum às duas palavras; elas, porém, não possuem o mesmo fone, visto que em "tia" este é [tʃ] e em "tato" é [t]. Ou seja, o que está entre / / é a transcrição fonêmica e o que está entre [ ] é a transcrição fonética - que são coisas distintas e estão sendo usadas de modo equivalente no documento, inclusive apresentando o que seria a transcrição fonética como fonêmica. E o IPA registra os fones - afinal, o nome é "Alfabeto Fonético Internacional".

    - Seria bom pradonizar o uso de artigos com a palavra tengwa; visto que ela significa "letra", o certo seria falar "a tengwa" e não "o tengwa".

    - Uma questão de formatação: seria bom usar os nomes das tengwar em minúsculas e em itálico para destacá-los, mas não escrevê-los em maiúsculas.
     
    Última edição: 9 Fev 2008
  9. MorettiDP

    MorettiDP Active Member

    ehhh galera... rolou não!!!

    E vejo que não sou o único...!
     
  10. DW

    DW Usuário

    Aqui baixou e abriu na boa.

    Com vocês deve ter acontecido algo durante o download. Quando você baixa algo, isso fica no cache do navegador. Então se você baixar novamente, não vai estar realmente baixando, só estará pegando o arquivo que já está no cache. Por isso, limpem o cache de vocês e tentem novamente.
     
  11. MorettiDP

    MorettiDP Active Member

    Liga não Demon, mas foi a primeira coisa que eu fiz...
     
  12. O Contador de Histórias

    O Contador de Histórias I Nyarir Quentaron

    Olá,
    Estou muito satisfeito com a nova versão do MTP. Como não poderia deixar de ser, aplaudo a decisão da inserção de um sinal de tonicidade, e aplaudo igualmente a escolha de deixar «ao critério» utilizar ou não a marca de tonicidade, se não se considerar ambígua a sua ausência. Também estou muito satisfeito com o sinal em si – a barra inferior – que é, sem dúvida, uma excelente escolha, melhor do que qualquer outra que tenha sido considerada.
    Sugiro que se deixe à escolha do utilizador, tal como no Quenya e Sindarin, se a barra acima e abaixo da tengwa (respectivamente, nasalização e tonificação) é ondulada ou direita.
    Seguem-se alguns (possíveis) erros, não com o intuito de criticar, mas de ajudar:
    1.Com a adição do sinal de tonicidade (já para não falar das mais antigas distinções alofónicas presentes, nomeadamente a redução de vogais átonas finais e as africadas), o tengwar tornou-se 100% fonético. O uso do termo fonémico torna-se, neste contexto, errado.
    2.Fones e fonemas estão a ser usados interchangeably. Se bem que Reinhard já fez notar o facto, deixo uma adenda ao que ele disse:
    a.Fones são sons, exactamente como são pronunciados. Escrevem-se entre [colchetes]. Incluem distinções alofónicas, isto é, distinções entre dois sons que, para efeitos de criação de palavras, são considerados o mesmo som. Assim, <t> tem o som [t] que lhe é naturalmente associado, e o alófone [tʃ] (em “tia”). [t] e [tʃ] são dois fones diferentes.
    b.Fonemas são unidades sonoras distintivas. Isto é, duas palavras podem diferir apenas num fonema, como “faca” e “vaca.” Não podem, porém, diferir apenas num fone: é esta a principal diferença entre fones e fonemas. Fonemas escrevem-se entre /barras/.
    c.Ortografia escreve-se entre <sinais de maior e menor>, mas isso está correctamente utilizado no documento.
    3.Em todo o documento, usa-se <j> para /ʒ/ e simultaneamente para /j/ na transcrição prática… não deveria arranjar-se um modo de evitar esta ambiguidade?
    4.Página 7: ensino básicos, erro de concordância em número.
    5.Página 12 e daí em diante: a uvular vibrante é [ʀ], não [R].
    6.Página 12: é dito que se opta por [r] para representar o R forte, contudo em todo o documento é usado [R].
    7.Página 15: é dito que o <o> final sofre redução para , mas em todo o documento é usado [ʊ] para este mesmo som reduzido.
    8.Página 17: menciona-se um som /rr/, o que é um absurdo, dado que isso seria uma consoante geminada (também representada por /rː/) que o português não possui. Dever-se-ia falar, ao invés, de «R forte».
    9.Página 20: em branco
    10.Página 21: “que” está grafado sem redução do –e final para [ɪ].
    11.Página 23: “pedia” tem <i> tónico… como tal não existe ditongo [jɐ] e sim hiato [iɐ].
    12.Página 23: “sério” está transcrito [sɛɾjw], o que é um absurdo, já que não podemos ter duas semivogais na mesma sílaba. A transcrição prática e o exemplo em tengwar, contudo, estão correctos.
    13.Página 25: a segundo, erro de concordância em género.
    14.Página 28: “coalhada” não deveria ser grafado com quesse?
    15.Página 30: “delinqúem” é tónico em <u>, por isso não é tritongo.
    16.Página 30: Usa-se /y/ em lugar de /j/, várias vezes.
    17.Página 31: Em “ancião”, <i> é átono, por isso “-ião” é tritongo… acho eu.
    18.Página 37: “bom” está grafado como se fosse [bõw] em vez de [bõ].
     
  13. Deriel

    Deriel Administrador

    Eu agradeço do fundo do coração a todas as ressalvas e correções. Tenham certeza que eu estarei corrigindo o manual de acordo (talvez uma versão RC5 já na próxima semana?)

    Também acrescentei o PDF para download. É o mesmo arquivo que está no ZIP, para quem está com problema ter a opção. Mas que é estranho, é :think:
     
  14. MorettiDP

    MorettiDP Active Member

    Deriel, acho que o problema está com o software de compressão ZIP que usamos. Eu estou tentando "unzipar" com o WinRAR. De qualquer forma a abertura do PDF está OK.

    Valew pela ajuda!
     
  15. DW

    DW Usuário

    Winrar é um dos melhores.
     
  16. MorettiDP

    MorettiDP Active Member

    Eu sei, Demon, mas as vezes pode ser um conflito entre o programa que zipou e o que está des-zipando o arquivo. Mas o PDF solto já ajudou pra caramba! :) :) :)
     
  17. Finwë Fëfalas

    Finwë Fëfalas Nas Echoriath...

    Aqui esta dando de baixar tranquilamente.
    Deriel, este Manual é demais, parabéns pelo trabalho!
     
  18. DW

    DW Usuário

    Não é porque o Winrar descomprime zip. Bom, faz um teste aí com outro arquivo.
     
  19. Rogério Magno

    Rogério Magno Guarda da Cidadela

    Viva! Finalmente a versão 3... espero conseguir aprender agora...
     
  20. Cildraemoth

    Cildraemoth Usuário

    Tanto o .zip quanto o .pdf estão baixando corretamente.

    Tem um erro estético na capa: a parte de baixo do laço do "g" de português está cortada. Creio que seja necessário aumentar o espaçamento entre as linhas.
     
Situação do Tópico:
Fechado para novas mensagens.

Compartilhar