1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Minas Morgul

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Styx, 13 Jul 2006.

  1. Styx

    Styx Banned

    Olá, queria saber se Tolkien escreveu mais sobre a Fortaleza do Senhor dos Nazgûl, como ela foi feita, sua aparencia, se foi construída na encosta das montanhas igual a Minas Tirith. Não consigo achar muito material sobre a torre, pois Tolkien a descreve muito parcamente.:tsc:

    Ela era feita do mesmo material da torre de orthanc, pois as muralhas exteriores de Minas Tirith eram? Há algum desenho dela, mostrando-a como no atlas da terra-média?

    Desde já, obrigado:D
     
  2. N'liärien

    N'liärien Banned

    Minas Ithil
    Origem: Enciclopédia de Valinor, a enciclopédia livre.
    Torre da Lua Nascente, em Sindarin. Morada de Isildur, filho de Elendil antes da Última Aliança. Quando foi tomada pelos Nazgûl, os Espectros do Anel, passou a se chamar Minas Morgul, a Torre da Bruxaria.

    Minas Morgul foi a fortaleza dos Espectros do Anel. Localizava-se no Vale Morgul, um vale nas Montanhas da Sombra, na fronteira oeste de Mordor. Foi uma cidade murada de mármore construída em uma alta plataforma de pedra. Além das muralhas havia casas brancas e uma alta torre. As muralhas e a torre tinham muitas janelas, e o topo da torre girava lentamente, para trás e para frente.

    A estrada de Morgul vinha de Osgiliath no Anduin através de Ithilien para o Vale Morgul e cruzava as Montanhas da Sombra, adentrando Mordor. Próximo ao portão principal de Minas Morgul, na muralha norte da cidade, a estrada seguia por uma ponte branca sobre o Morgulduin. Na ponta havia figuras medonhas, entalhadas em formas animais e humanas.

    Minas Morgul foi originalmente chamada Minas Ithil, a Torre da Lua. Foi construída para manter vigilância sobre Mordor, quando Gondor foi fundada em 3320 S.E.. Isildur, filho de Elendil, estabeleceu-se em Minas Ithil, enqüanto seu irmão Anárion ficou do outro lado do Anduin, em Minas Anor. Minas Ithil foi uma linda cidade e seus muros brilhavam em prata e branco com a luz da lua. Em frente a sua casa, Isildur plantou uma muda da ÿrvore Branca, que ele havia resgatado da Queda de Númenor, e em sua torre foi guardadov um dos palantíri, chamado de "Pedra de Ithil".

    Acreditou-se que Sauron havia perecido na Queda de Númenor, mas seu espírito sobreviveu e ele retornoi a Mordor no mesmo ano em que Gondor foi fundada. Com o Um Anel, ele secretamente reconstruiu seu poder. Em 3429 S.E., Sauron cercou Minas Ithil e queimou a ÿrvore Branca, mas Isildur escapou com uma muda da ÿrvore.

    Após Sauron ser derrotado pelos exércitos da Última Aliança em 3441 S.E., uma guarda foi feita a partir de Minas Ithil. Mas em 1636 T.E., a Grande Peste chegou do leste e matou muitos em Gondor. A guarda em Mordor começou a ser relaxada e o povo abandonou Minas Ithil.

    Os Espectros do Anel retornaram a Mordor em 1980 para preparar o retorno de Sauron. Os Espectros do Anel foram servos de Sauron, que lhes tomou os Nove Anéis dos Homens havia muito. Seu líder foi o Rei-bruxo de Angmar, Senhor dos Espectros do Anel. Em 2000 eles iniciaram um cerco a Minas Ithil, capturando-a em 2002 e tomando posse da Pedra de Ithil. Minas Ithil tornou-se a fortaleza dos Espectros do Anel e foi renomeada Minas Morgul, a Torre da Magia Negra. Foi um lugar de medo e terror, e seus muros brilhavam com uma luz doentia.

    "Não pela luz aprisionada do luar, que outrora jorrava através das paredes de mármore de Minas Ithil, a Torre da Lua, bela e radiante na concavidade das colinas. Na realidade, a luz que agora brilhava ali era mais pálida que a lua doentia passando por algum eclipse lento, vacilando e bruxuleando como alguma exalação repugnante de podridão, uma luz cadavérica, uma luz que nada iluminava."
    As Duas Torres: "As Escadarias de Cirith Ungol", p. 741 (MFU01)

    Do outro lado do Anduin, Minas Anor foi renomeada Minas Tirith, a Torre da Guarda, e os Homens de Gondor vigiaram diante da ameaça de Minas Morgul.

    Em 2050, o Rei Eärnur de Gondor aceitou um desafio para lutar homem-a-homem com o Rei-bruxo de Angmar. Ele cavalgou com uma pequena companhia de cavaleiros para Minas Morgul e nunca mais foi visto. Acreditou-se que Eärnur fora morto em tormento em Minas Morgul. Ele não deixou herdeiro, e desde então os Regentes governaram Gondor, na ausência de um Rei.

    À época da Guerra do Anel, o Rei-bruxo de Angmar e a maioria dos Espectros do Anel residiram em Minas Morgul; dois ou três Espectros ocuparam Dol Guldur, na Floresta das Trevas. Numerosos orcs, inclusive Gorbag, basearam-se em Minas Morgul e os Vigilantes Silenciosos estavam sempre alertas.

    Em 20 de Junho de 3018, o Rei-bruxo cavalgou a frente de um ataque a Osgiliath, e então ele foi ao norte com os Espectros do Anel à procura do Hobbit que portava o Um Anel.

    Frodo Bolseiro, o Portador do Anel, pessou por Minas Morgul a caminho de Mordor, com Sam Gamgi e seu guia Gollum em 10 de Março de 3019. Frodo sentiu-se compelido pelo poder do Anel a se aproximar da cidade, mas foi impedido por Sam e Gollum na ponta da ponte. Eles começaram a subir o caminho que levava a Cirith Ungol, quando um grande clarão vermelho surgiu a partir de Barad-dûr, como um sinal para iniciar o assalto a Gondor.

    "E Minas Morgul respondeu. Houve um clarão de relâmpagos lívidos: garfos de fogo azul saltando da torre e das colinas ao redor para dentro das nuvens sombrias. A terra rosnou e da cidade veio um grito. Misturado a vozes roucas como aves de rapina, e ao relinchar agudo de cavalos alucinados de raiva e medo, veio um guincho dilacerante, que foi rapidamente aumentando num tom agudo, ultrapassando o limite da audição."
    As Duas Torres, "As Escadarias de Cirith Ungol", p. 744 (MFU01)

    O Rei-bruxo cavalgou além do portão liderando um grande exército. Nenhuma hoste tão grande viera de Minas Morgul desde a Guerra da Última Aliança, e ela era apenas uma pequena parte de todas as forças de Sauron. Mas a hoste não retornou a Minas Morgul. O Rei-bruxo foi vencido na Batalha dos Campos do Pellenor em 15 de Março, e em 25 de Março o Anel foi destruído e o reinado de Sauron caiu.

    Após sua coroação em Maio de 3019, Aragorn, o Rei Elessar, decretou que Minas Morgul deveria ser totalmente destruída.

    [editar]Outros Nomes
    Minas Ithil também foi chamada de Torre da Lua e Torre da Lua Nascente. Minas Morgul também foi chamada de Cidade Morta e Torra da Bruxaria.

    [editar]Etimologia
    Minas Ithil significa "Torre da Lua" e Minas Morgul significa "Torre da Magia Negra". A palavra minas significa "torre". A palavra ithil é um nome poético para a Lua, a partir de sil ou thil, que significam "brilho com luz branca ou prateada". A palavra morgul significa "magia negra". O elemento mor significa "negro, escuro". O elemento gûl significa "bruxaria, magia", a partir dos radicais ngol ou nolë, que significam "longo estudo, tradição, conhecimento".

    Retirado de "http://enciclopedia.valinor.com.br/index.php/Minas_Ithil"
    Categorias de páginas: Fortalezas e Torres
     
  3. Styx

    Styx Banned

    Muito obrigado N'liärien, mas queria algo como um desenho(mapa, planta baixa) da Torre, indicando onde era o salão do rei, as casas dos habitantes e etc. Mas mesmo assim agradeço, a descrição q há nesse texto eh muito boa.

    VLW
     
  4. N'liärien

    N'liärien Banned

Compartilhar