1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[L] [Ágata][Ainda sem nome,mas aceito sugestões]

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Ágata, 19 Out 2002.

  1. Ágata

    Ágata story of a girl

    [Ágata][Ainda sem nome,mas aceito sugestões]

    - Ei! Espera! Não vai me esperar?
    Ela ainda demorou um tempo pra reparar que era com ela que estavam falando. Foi só quando viu que o garoto estava bem atrás dela, e que ninguém mais havia entrado naquele vagão, que ela percebeu.
    - Espero sim - disse, sentando num banco vazio e querendo ser simpática, mas sem saber de onde aquele cara tinha saído.
    Ele se sentou no banco ao lado:
    - Ah, já achava que você ia me deixar pra trás. Em que estação você desce?
    - Vila Mariana
    - Humm... Vila Mariana... ah,achei! Sabe que eu nunca tinha visto essa estação antes? Agora que eu reparei nela.
    - Você nunca foi pra esses lados?
    - Não... só vi a estação agora mesmo. É uma viajem meio grande, não?
    - Nem tanto, pelo menos quando eu consigo lugar pra sentar. Você desce em qual?
    - Na Sé. Você não vai com o pessoal? Tem bastante gente que vai por esse lado.
    - Vou de vez em quando, mas hoje eu to com pressa, ainda tenho um monte de coisa pra fazer.
    - É, eu também to com um pouco de pressa hoje
    Momento de silencio. Silencio desconfortável, onda cada um fica com seus pensamentos, ela olhando e olhando pra cara dele, que para ela parecia conhecido de algum lugar... eram do mesmo curso, ou talvez da escola, mas não era de lá. Ela nem sequer sabia o nome dele, no máximo o conhecia de vista. Não era exatamente bonito, apenas familiar. Até que ele se virou pra ela, e ela falou até sem pensar:
    - Sabe que você me lembra alguém?
    - Ah é? Alguém bom ou mau?
    - Alguém bom... isso, lembrei! De um amigo meu do Rio.
    - Você é do Rio de Janeiro?
    - Não, mas eu viajei pra lá faz um tempo.
    - Deve ter ficado um bom tempo lá, então.
    - É, mais ou menos.
    - Já viajou pra Bahia?
    - Já fui pra Porto Seguro.
    - E por que voltou?
    - Como assim?
    - Ora, dizem que quem vai pra Bahia não quer mais voltar
    - Ah, isso é, lá é uma maravilha. Mas eu tive que voltar mesmo assim...
    De repente ouvem a voz vinda do alto do vagão anunciar, um anuncio inevitável: “Estação Sé. Acesso a linha três vermelha. Desembarque pelo lado esquerdo do trem”.
    - Bom, cheguei. Pelo menos dá pra aproveitar esse tempinho pra ficar sentado. - olhou bem nos olhos dela - Posso te dar um beijo?
    Nem esperou a resposta. Ela, coitada, confusa com aquela história toda, com aquele cara que chegou tão de repente, nem ouviu direito o que ele disse. Não que isso o impedisse de dar nela um beijo, daqueles de cinema. A porta do vagão abriu, as pessoas começaram a descer.
    - Tchauzinho - disse ele, indo do banco para a porta
    - Espera... eu... eu esqueci seu nome. - esquecer não era bem a palavra, ela não sabia mesmo
    - Eu também esqueci o seu. Daniel, a seu dispor.
    - Paula.
    - Muito prazer, Paula.
    A última coisa que ela viu antes das portas se fecharem foi ele saindo do trem, sorrindo. Quando o vagão recomeçou a andar, numa última olhada pela janela ela pode ver Daniel, do lado de fora, acenando. Chegou em casa ainda confusa, deu comida para a gata, e aquele dia foi dormir cedo.
    Pegou no sono com um sorriso nos lábios, pensando em como era incrível conhecer gente nova.

    --------------------------------

    (credo,faz um tempão que não posto aqui)
    Conto novo,ainda sem nome,já que eu não sou nada original pra bolar essas coisas.Eu fiz meio que uma continuação,mas ela eu ainda tenho que reler e revisar algumas coisas,acho que não ficou muito boa...mas qualquer coisa depois eu posto ela
     
  2. Vinci

    Vinci Usuário

    Ah sim, parece aquele outro que você escreveu.
    Bem singular teu estilo de escrita...
     
  3. Círdan.

    Círdan. bastard

    Eu gostei^^
    Tanto da história , tanto pq é seu..
    Depois posta a continuação :wink:
     
  4. Ágata

    Ágata story of a girl

    Bom,alguma coisa em mim tinha que ser singular :mrgreen:

    Amanhã vo tentar postar meio que uma continuação desse.Isso é,se eu conseguir parar em casa :obiggraz:
     
  5. V

    V Saloon Keeper

    Ágata, isso aconteceu com vc? :twisted:

    Quanto ao título, que tal "Um estranho conhecido"?

    Só fiquei na dúvida numa coisa... pq vc usou parênteses ao invés de colchetes no título do tópico? Pra ser diferente? :mrgreen:
     
  6. Ágata

    Ágata story of a girl

    Mais ou menos V...a última parte é ficção mesmo :mrgreen: (pq tá todo mundo perguntando se aconteceu comigo?)

    Poxa,eu achava que ficava a mesma coisa :roll:
     
  7. Akinendel_theOld

    Akinendel_theOld Usuário

    Não achei o seu modo de escrita tão singular assim, é parecido com o meu (eu acho) só nos diálogos que eu sou toscão pra escrever.
    E a história é legaltambém. Quando ao título não tenho nenhuma sugestão por enquanto.
     
  8. Ka Bral o Negro

    Ka Bral o Negro Tchokwe Pós-Moderno

    Acho que nenhum de nós a nào ser vc, Ágata, poderá dar um título adequado, já que os Contos sào criações suas e vc é quem sabe como continuá-los

    E espero que continue :P

    Pois, lendo apenas esse primeiro conto, eu chamaria simplesmente de "O Estranho" ou "O Beijo Estranho"

    Mas quem poderá saber como a trama se desenrolará daqui para frente?
     
  9. .: Elendil :.

    .: Elendil :. Usuário

    ei Ágata, eu concordo com Ka Bral, so vc pode dar um titulo legal a esses contos. :)
     

Compartilhar