1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

John Lennon: A Vida (Philip Norman)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Anica, 14 Mar 2009.

  1. Anica

    Anica Usuário

    [align=justify]JOHN LENNON: A VIDA, de Philip Norman (tradução de Roberto Muggiati; Companhia das Letras; 856 páginas; 69 reais)

    • Biografias de John Lennon existem às pencas. O diferencial do livro de Philip Norman – que já havia escrito uma biografia dos Beatles – foi retratar o autor de Imagine de uma perspectiva muito equilibrada, sem sensacionalismo, mas também sem beatificar o biografado. O livro é realmente completo: narra a trajetória dos Beatles e a carreira-solo de Lennon com uma atenção impressionante às minúcias, iluminando a personalidade surpreendentemente insegura e contraditória de John Winston Lennon. O músico teve uma infância problemática: desgarrado do pai e da mãe divorciados, viveu grande parte da infância com uma tia, Mimi, em Liverpool, experiência que lhe deixou a sensação de não ser amado. Reaproximou-se da mãe, Julia, na adolescência – e Norman levanta a hipótese, que não chega a provar, de que ambos poderiam ter tido uma experiência incestuosa. O cantor também se sentia atraído pelo companheiro Stu Sutcliffe (que morreu antes de os Beatles gravarem seu disco de estreia), mas se enfurecia se levantassem alguma dúvida sobre sua heterossexualidade. Norman exime-se de fazer análises mais profundas sobre esses demônios íntimos do cantor assassinado em 1980. Ele apenas apresenta os fatos e espera que o leitor tire suas conclusões.[/align]

    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    (lá tem link para ler um trecho do livro)
     
  2. Cadortel

    Cadortel Usuário

    Tou vendo aqui a reportagem na època, um outro lado do cara, né! Vou comprar esse.
     
  3. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Bom... John não é meu Beatles preferido, mas seria uma boa ler algo sobre ele que não fosse endeusando a figura.
    Já tinha lido algumas coisas sobre a vida do cantor e essa parte dos "demônios pessoas" (incesto e homossexualismo) não é muito nova, mas não deixa de ser chocante. Pensar que aquela figura que temos na cabeça como o eterno Hype (até porque a época cabelo de cuia foi feia de mais), possa ter tido uma atração homossexual ou uma relação incestuosa, desconstrói a imagem de messias da música.
     
  4. Ramalokion

    Ramalokion Mecha-de-Folha

    Só pra quem nunca realemnte se interessou pelo "melhor dos Melhores". Lennon sempre foi o "prafentex", "o ousado", "o artista máximo"; portanto extrapolações do normal são comumente associados a ele.

    Sempre foram.

    Estranho seria se falassem que o Paul é sdo-masoquista praticante e que o Ringo era suicida em potencial.
     
  5. lipecosta

    lipecosta Usuário

    Nao resisti e ja comprei.
    Lennon sempre foi o centro do grupo. Ele tinha um carisma que eu nao consigo entender ate hj. Simplesmente , na minha visao, o artista mais carismatico de todos os tempos. E ler sobre qualquer um dos Beatles e bom demais. Ainda mais a historia de Lennon, que mais parece um conto de fadas dos anos 60.
     
  6. Anica

    Anica Usuário

    Saiu uma resenha no Cultura G para quem quiser saber mais sobre o livro -> http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/cadernog/conteudo.phtml?tl=1&id=876467&tit=Um-genio-compreendido
     
  7. :lendo:
    Eu tenho uma biografia do John Lennon, contada pela própria meia-irmã dele, o nome é Imagine- crescendo com meu irmão John Lennon de Julia Bard, editora-não-lembro, 29,90 (usado).
    Eu recomendo, é muito 10 e além disso tem fotos muito boas do Beatle.
    Me arrependo de ter emprestado ele pra uma amiga que estuda a noite, sendo que eu estudo de manh㬬
     
  8. imported_Cabal

    imported_Cabal O Poeta Aprendiz

    Eu adoro o Paul com seu jeito moleque no início dos beatles, era o cara mais divertido, mas a figura centro de tudo pra mim sempre sera o John, eu não sou muito fã de biografias, mas essa fiquei com vontade de ler.
     

Compartilhar