• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Autor da Semana H. P. Lovecraft

Tilion

Administrador
Última edição:

Tilion

Administrador
Apenas uma correção: o tradutor da biografia não é o Guilheme Braga, mas Francisco Innocêncio.
 

Eruannon Alcarin

Fugue Master
Sempre gostei dos contos de Lovecraft (especialmente "The Call of Cthulhu", "The Dunwich Horror", "Cool Air", "Dreams in the Witch-House", "Pickman's Model"), mas relendo alguns de seus textos me deparei com alguns trechos que me soavam racistas. Decidi pesquisar sobre o assunto, encontrei este artigo (por sinal, muito bom) e fiquei chocado com algumas declarações extremamente xenofóbicas e discursos de ódio encontrados em suas cartas, poemas e contos. Sei que isso não tira o seu mérito e a genialidade na criação e descrição de mundos e criaturas(,etc.) fantásticos, mas confesso que fiquei bastante decepcionado. Leiam o artigo e deixem sua opinião.
 

Grimnir

Well-Known Member
Usuário Premium
Sempre gostei dos contos de Lovecraft (especialmente "The Call of Cthulhu", "The Dunwich Horror", "Cool Air", "Dreams in the Witch-House", "Pickman's Model"), mas relendo alguns de seus textos me deparei com alguns trechos que me soavam racistas. Decidi pesquisar sobre o assunto, encontrei este artigo (por sinal, muito bom) e fiquei chocado com algumas declarações extremamente xenofóbicas e discursos de ódio encontrados em suas cartas, poemas e contos. Sei que isso não tira o seu mérito e a genialidade na criação e descrição de mundos e criaturas(,etc.) fantásticos, mas confesso que fiquei bastante decepcionado. Leiam o artigo e deixem sua opinião.

Um artigo bem cansativo, com o objetivo, acho eu, de chegar justamente nesse ponto:

Or there’s the, “well we have to separate his personal life from his works” defense. Yes, because as writers we slip out of our skins, wipe our brains blank and pluck ideas from some non-personal non-reality based ether. In reality, understanding Lovecraft’s personal bigotry sheds profound insight into his writings. His racist fanaticism, eugenic pseudoscience and xenophobia lay behind the many horrors and unknown encroaching fears in his works, all lurking on the edge of human existence and threatening utter destruction.

Não entendo qual é o problema com o argumento da diferenciação entre autor e pessoa. Nem sei se o argumento é exatamente esse. Enfim, alguém se sentiu atraído para o racismo depois de ler Lovecraft?
 
C

Calib

Visitante
Até onde li por enquanto (O Chamado de Cthulhu e outros contos), eu nem sequer desconfiaria de que ele era racista. :think:
 

Bruce Torres

Let's be alone together.
Eu me sinto atraído pro liberalismo toda vez que eu leio seus textos, @Grimnir . :lol: Brincadeira, sem chance.

Mas falando sério, mesmo que Lovecraft não fosse racista declarado, tais apontamentos - em níveis sutis ou claros - apareceriam como registro do ambiente e do tempo dele - tipo as obras de Korczak, Tolkien ou C.S. Lewis, e desconhece-se se algum dos três era racista. Entendo que as pessoas se sintam decepcionadas com seus ídolos - vide Shakespeare antissemita pela era elisabetana assim o ser -, mas assim são as pessoas: elas nos decepcionam de algum jeito. Mas a obra persiste porque ela é maior que o indivíduo, ela se torna de posse comum.
 

Grimnir

Well-Known Member
Usuário Premium
Agora estou curioso, já que não lembro de ter lido esses termos racistas na tradução. Acho que terei que reler para ter certeza. Seria estranho se tivessem alterado a obra original para retirar esses traços racistas?

Enfim, a moral da história é exatamente o que o Bruce falou na última frase.
 

Bruce Torres

Let's be alone together.
Agora estou curioso, já que não lembro de ter lido esses termos racistas na tradução. Acho que terei que reler para ter certeza. Seria estranho se tivessem alterado a obra original para retirar esses traços racistas?

Dependendo da voz/narrador, talvez.
 

Eruannon Alcarin

Fugue Master
Não entendo qual é o problema com o argumento da diferenciação entre autor e pessoa. Nem sei se o argumento é exatamente esse. Enfim, alguém se sentiu atraído para o racismo depois de ler Lovecraft?

Sim, nessa parte é esse o argumento. O argumento seria válido se o preconceito dele não fosse expresso em seu trabalho e existisse somente em sua vida pessoal, mas o problema é que os aspectos desse racismo estão presentes sim em muitos de seus contos e poemas (vide o poema que abre o artigo). E como o próprio artigo fala, não é como se os autores deixassem de lado todas as suas idéias e conceitos pessoais quando estão escrevendo.
 

Bruce Torres

Let's be alone together.
Sim, nessa parte é esse o argumento. O argumento seria válido se o preconceito dele não fosse expresso em seu trabalho e existisse somente em sua vida pessoal, mas o problema é que os aspectos desse racismo estão presentes sim em muitos de seus contos e poemas (vide o poema que abre o artigo). E como o próprio artigo fala, não é como se os autores deixassem de lado todas as suas idéias e conceitos pessoais quando estão escrevendo.

Sim, porque é uma questão de input pessoal que se coloca na obra - querendo ou não "há uma gota de sangue em cada poema". Mas a obra do sujeito não deixa de ter validade por conta disso - você poderia mesmo deixar passar metáforas e referências crípticas e isso não o tornaria menos racista/preconceituoso só porque você não notou. Um leitor tem o direito de ficar incomodado com isso - e deve, já que daí surge a reflexão crítica. Mas repito que isso, per se, não invalida a obra - algo há que a torna tão relevante. (E isso falo como leitor voraz de um conservador-metido-à-besta-quasi-objetivista chamado Frederick Forsyth. :lol:)
 

Spartaco

250 anos do nascimento
Comecei a ler a pouco tempo o livro A Vida de Lovecraft de S. T. Joshi (acima referido). Nesta biografia o autor menciona o antisemitismo do escritor norte-americano. No entanto, para mim, deve-se separar a vida da obra de um autor. Caso contrário, muitos artistas, sejam escritores, músicos, etc., teriam suas obras esquecidas ou proibidas atualmente.
 

Grimnir

Well-Known Member
Usuário Premium
Sim, nessa parte é esse o argumento. O argumento seria válido se o preconceito dele não fosse expresso em seu trabalho e existisse somente em sua vida pessoal, mas o problema é que os aspectos desse racismo estão presentes sim em muitos de seus contos e poemas (vide o poema que abre o artigo). E como o próprio artigo fala, não é como se os autores deixassem de lado todas as suas idéias e conceitos pessoais quando estão escrevendo.

Sim, mas e daí? Você achar errado ele ser racista em algumas passagens, mas as histórias dele são racistas por isso? A temática dele é atacar os negros ou falar sobre o horror cósmico? Agora, se alguém acha que o horror cósmico é racista, aí ferrou de vez.
 

Clara

Perplecta
Usuário Premium
Comecei a ler a pouco tempo o livro A Vida de Lovecraft de S. T. Joshi (acima referido). Nesta biografia o autor menciona o antisemitismo do escritor norte-americano. No entanto, para mim, deve-se separar a vida da obra de um autor. Caso contrário, muitos artistas, sejam escritores, músicos, etc., teriam suas obras esquecidas ou proibidas atualmente.

É claro que não estou justificando o preconceito, mas acho que é preciso levar em conta que, na época e principalmente com a educação, o histórico familiar e o ambiente onde o Lovecraft viveu praticamente todo o tempo, ver negros e estrangeiros com maus olhos e achar Hitler e os ideais nazistas sensatos era até comum.

E não esqueçamos que o único casamento da vida do Lovecraft foi com uma judia, que ele conheceu justamente ao sair desse ambiente. :yep:
 

Eruannon Alcarin

Fugue Master
Sim, mas e daí? Você achar errado ele ser racista em algumas passagens, mas as histórias dele são racistas por isso? A temática dele é atacar os negros ou falar sobre o horror cósmico? Agora, se alguém acha que o horror cósmico é racista, aí ferrou de vez.
Não estou dizendo que a temática dele é atacar os negros, nem que o horror cósmico é racista (pra mim já está claro que os Old Ones têm desprezo pela humanidade como um todo :lol:). Só achei importante levar à discussão esse outro lado dele que infelizmente aparece em alguns dos seus trabalhos, e que muitos fãs parecem preferir ignorar a ver que não há problema nenhum em aceitar que ele foi sim racista e que este aspecto dele está presente em sua obra.


Até onde li por enquanto (O Chamado de Cthulhu e outros contos), eu nem sequer desconfiaria de que ele era racista. :think:
Dê uma olhada nesse pequeno trecho do próprio "Call of Cthulhu" que, apesar disso, pra mim é um dos melhores contos que eu já li do Lovecraft:

"The statuette, idol, fetish, or whatever it was, had been captured some months before in the wooded swamps south of New Orleans during a raid on a supposed voodoo meeting; and so singular and hideous were the rites connected with it, that the police could not but realise that they had stumbled on a dark cult totally unknown to them, and infinitely more diabolic than even the blackest of the African voodoo circles."
 

Eruannon Alcarin

Fugue Master
E não esqueçamos que o único casamento da vida do Lovecraft foi com uma judia, que ele conheceu justamente ao sair desse ambiente. :yep:

Não sei quanto às fontes dessas cartas, mas o artigo também aborda essa questão:

"Apologists look for any sliver of hope in Lovecraft’s life that might point away from his rampant biases, such as the fact that he married a Jewish woman. Yes, and Strom Thurmond, segregationist and believer in black inferiority, fathered a child with a black woman. Lovecraft’s random act does little more than prove that racism is illogical, contradictory and filled with psychosexual complexities of Freudian proportions. Besides, one of the reasons cited for the eventual divorce from his Jewish wife, according to her letters, was his virulent anti-Semitism. She claimed he enthusiastically devoured Mein Kampf in one sitting, and that she often had to remind him that she herself was Jewish whenever he launched into one of his diatribes."
** Posts duplicados combinados **
Isso é racista?
De certa forma, se levarmos em conta a opinião dele quanto ao tema, muitas pessoas (afrodescendentes ou não) podem se sentir ofendidas ao ler tais passagens.
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$250,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo