1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Notícias Guarani pode leiloar estádio para pagar dívida com atleta

Tópico em 'Esportes' iniciado por Turgon, 24 Out 2013.

  1. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Cerca de R$ 5 milhões em dívidas podem custar ao Guarani o seu estádio. O clube de Campinas não conseguiu reverter, até o momento, a decisão judicial que pretende levar a leilão o estádio Brinco de Ouro da Princesa, avaliado em mais de R$ 210 milhões, no próximo dia 30.

    O principal credor da ação que pode tirar do clube o palco da conquista do Campeonato Brasileiro de 1978 é o lateral-esquerdo Gustavo Nery, atualmente sem clube.

    "A 1ª Vara do Trabalho de Campinas unificou algumas ações. Mas a maior parte é mesmo referente ao Nery", afirma Gustavo Tavares, vice-presidente financeiro e diretor do departamento jurídico do clube.

    A dívida com Nery refere-se aos 15% do valor da transação que o levou para o São Paulo, em 2000, conforme garantia a legislação da época. Inicialmente, o jogador cobrava R$ 900 mil ao clube, mas o valor foi ganhando correção. Nery fez só três partidas com a camisa bugrina.

    "Eu sinto muito que o clube esteja nessa situação, mas esse dinheiro pertence a mim e aos meus filhos", disse.

    "É uma dívida de quase 13 anos. Nesse período, eu aceitei vários acordos propostos por eles, mas o clube nunca cumpria o prometido", contou o lateral.

    Gustavo Tavares diz que o clube ainda não desistiu de tentar reverter o leilão ou, pelo menos, colocar outro bem no lugar do Brinco de Ouro para ser leiloado.

    "O ginásio poliesportivo do clube vale R$ 30 milhões. Esperamos que a Justiça aceite a troca", diz Tavares.

    No passado, a tentativa de substituir o Brinco de Ouro por outro bem não funcionou.

    A Justiça até aceitou a troca do estádio por um terreno que o clube possui às margens da Rodovia dos Bandeirantes, em janeiro. "Infelizmente, não houve lances", relata Tavares.

    Ele não tem vergonha de revelar sentir medo de perder o estádio. "Ele é parte importante de nosso processo de reestruturação", diz o advogado, que atua na administração do Guarani desde outubro de 2012, quando o ex-presidente Marcelo Mingone renunciou.

    Já Gustavo Nery não acredita que a torcida do Guarani possa se voltar contra ele, caso o clube perca o estádio.

    "Contra mim? Pô, mas faz décadas que o clube é mal administrado", afirma.

    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    _____________________

    Complicadíssimo esse caso do Guarani! Não tem como culpar o atleta.
     
  2. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Não é de agora que o Guarani vem sendo ameaçado de perder seu maior patrimônio e sim há alguns anos. Até chegou escapar disso algumas vezes, mas tá chegando num ponto que tá inevitável.
     
  3. ExtraTerrestre

    ExtraTerrestre Usuário

    Isso seria uma pena. O Brinco de Ouro é um patrimônio do futebol brasileiro.
     
  4. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Existe um plano deles de vender o Brinco de Ouro, que fica numa área nobre de Campinas, para erguer outro estádio. Não sei em que estágio está, se a ideia foi pra frente ou não...é um risco, mas se der certo, o Guarani pode ter um estádio moderninho, modesto (tipo um estádio igual o do América MG), e ainda quitar suas dívidas...
     
  5. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Até que é uma idéia boa. O brinco de Ouro fica num bairro nobre, mas é um estádio mal conservado e desgastado e reforma-lo sairia muito caro.
     
  6. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Que mantenham o nome.
    É dos mais interessantes.
     

Compartilhar