1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Fotógrafo produz filme pra provar que aquecimento global é real

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 13 Mar 2012.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    [h=2]Com o filme Chasing Ice, o fotógrafo James Balog busca provar, de forma definitiva, que o clima está mudando[/h]
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Crédito: Divulgação Chasing Ice​

    James Balog é um premiado fotógrafo. Em 2005, ele recebeu a missão da publicação National Geographic de ir até o Ártico para fotografar provas das mudanças climáticas no planeta. Cético, ele acreditava que toda essa história de “aquecimento global” era bobagem e que não iria encontrar nada por lá. Mas chegando a seu destino, viu que estava errado.

    Foi então que surgiu a ideia de gravar Chasing Ice (Perseguindo o Gelo), para conscientizar a população de como as geleiras da região estavam mudando. Para isso, ele iniciou o que chamou de “Extreme Ice Survey” (Pesquisa Radical no Gelo): acompanhado de um grupo de jovens aventureiros, ele posicionou câmeras em lugares perigosos para produzir imagens do derretimento durante alguns anos.

    Ao assistir à enorme série de fotos tirada de 2007 até 2010, comprimida em vídeos de poucos minutos, é possível ver o impacto que a atividade humana tem na natureza e que, sim, as mudanças climáticas são uma realidade. Balog conseguiu até capturar o momento em que uma enorme massa de gelo (medindo 87 km[sup]2[/sup], aproximadamente o tamanho de Manhattan) se desprende e vira um iceberg – observação rara até para cientistas especializados.

    Chasing Ice estreou no Festival de Sundance de 2012, em janeiro, e foi exibido na conferência SWSX, que acontece em Austin nos EUA. O canal da National Geographic comprou os direitos autorais da produção e deve exibi-la em sua programação.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Alia Atreides

    Alia Atreides Active Member In Memoriam

    Não me conformo quando vejo que ainda existem pessoas (inclusive pesquisadores) que não acreditam no aquecimento global.
    Fui em um evento sobre mudanças climáticas da Fapesp (Prévia para o Rio +20) e uma pessoa questionou o aquecimento e toda o alarde. Além disso, usou um argumento que já foi contestado há muito tempo.

    Enfim, filmes, fotos, dados não faltam, o que falta é ter o assunto levado mais a sério.
     
  3. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Eu sou um dos que não acreditam no aquecimento global como colocam para a sociedade, esses sim fazem muito alarde (terrorismos escatológicos). E não tenho medo ou vergonha de colocar minha cara a tapa com relação a isso.

    O que também não tira do homem a responsabilidade e compromisso com atitudes ambientalmente mais sustentáveis.

    Como produtor rural, professor e acima de tudo educador, mostro aos meus alunos os dois lados da moeda e coloco meu ponto de vista sobre o tema.

    Isso não significa que o poder público e a sociedade possam criar metas de redução do CO2, ter fontes alternativas de geração de energia limpa e renováveis, um programa de educação ambiental eficaz que ajude na formação criítica dos alunos do ensino fundamental e médio. Uma ação mais conjunta e coesa entre os estados, os países no controle dos poluentes, queimadas e outras situações que possam diretamente afetar o sistema da biosfera, onde nós habitamos. Ou seja ações que ajudam a modelar um cidadão crítico com atitudes que favorecam uma harmonia entre homem e meio ambiente. Aliás, o homem é parte desse sistema mundo e não como um agente de fora.

    OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: carbono não muda clima. O Sol é o maior e mais poderoso agente no equilíbrio de distribuição de energia sobre o planeta, em conjunto com a órbita do mesmo além das curvaturas da obliquidade, mudança do eixo, processos tectônicos...

    Quem aqui acredita que a Groelandia e a Antártica vao desaparecer nos próximos anos, podem até pensar assim, porque afinal de contas temos esse direito.

    Entretanto, eu não penso dessa forma e sei muito bem que essas regiões vão permancer apresentando períodos com maiores
    temperaturas médias e períodos com menores temperaturas medias.

    Períodos muito mais quente o planeta Terra já presenciou e a vida se adaptou e permaneceu neste mundo além de dizer que as zonas frias do planeta permaneceram e estão aí como testemunha viva dos fatos climatológicos e geológicos. A Antártida é um exemplo disso.
     
    Última edição: 14 Mar 2012
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  4. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    De qualquer forma, várias fotos de um lugar não são exatamente provas científicas, né?
    Estatística de amostragem bem baixa aí.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  5. Fëanor

    Fëanor Fnord Usuário Premium

    O clima global estar mudando é uma questão. Ele estar mudando por causa da ação humana é outra. E esta, para ser comprovada, carece sim de mais dados, dados com maior precisão e maior representatividade das temperaturas globais. O atual método de extrapolação baseado em alguns poucos termômetros localizados majoritariamente em grandes cidades é algo enviesado.

    O que não significa que a ação humana não possa afetar o clima local, como de fato afeta.
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  6. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Com certeza hoje não dá pra se basear apenas em termômetros pra se avaliar com clareza a mudança do clima pra mais quente ou frio, se faz necessário uma série de outras medições ao longo de um espaço de tempo.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  7. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Nós temos essa mania megalomaniaca de nos supervalorizarmos também.

    Como na época da Guerra fria quando se dizia que tínhamos bombas atomicas suficiente para explodir 20 Terras.
    Porra. Muito longe disso. Mas MUITO LONGE mesmo.
    Suficiente pra destruir a vida na Terra? OK. Ainda assim seria dificil. Mas porra, explodir 20 Terras?
     
  8. Explodir 20 terras? quem é que acredita nisso? Você acha que alguém

    Eu acho que sie lá, o aquecimento pode sim ser real, mas não com os fatores que ensinam a gente nas aulas saca? outros tipos de coisa que sei lá, mudam ou afetam o clima na terra, acho que é mais por aí.
     
  9. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri


    Esta é uma das grandes lacunas que temos para tratarmos com mais seriedade os estudos sobre mudanças climáticas. Quase 100% dos termômetros e estações meteorológicas estão sobre os continentes que cobrem apenas 29% da superfície terrestre enquanto os oceanos (esses sim, grandes reguladores na dinâmica dos eventos climáticos) cobrem praticamente 71% da superfície do planeta.

    Um outro agravante é que a maioria das estações estão próximas aos centros urbanos.

    "Ora bolas" todos nós sabemos que as amplitudes térmicas se dão com grande variabilidade nas cidades, além delas serem verdadeiras ilhas de calor.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  10. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Seus avôs acreditavam.
     
  11. Não só meus avós cara... mas se for pensar bem, muita gente acredita nessa informação. Tudo que passa na globo é verdade pra muita gente :3
     
  12. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Não era questão de globo.

    "Poder pra destruir a terra várias vezes" era levado como verdade pelos politicos e até alguns cientistas.


    Completamente fora da realidade.


    Não digo que o aquecimento global é igual a isso. Um alarmismo supervalorizado. Mas há a possibilidade.
     
  13. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Pena não podermos dizer que o desmatamento é algo supervalorizado, pois contra as imagens de satélite com definição cada vez maior ao longo dos anos não dá pra brigar
     
  14. Talira

    Talira Usuário

    Se a Groelândia vai sumir ou não, eu não sei...mas o gelo derreteu 97% em julho...
    Até o pessoal da NASA se espantou... pensaram que fosse erro de medição.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    A nível planetário, não posso fazer nada contra ou a favor do aquecimento global.
    No meu "mundo", aqui na minha terra, anda-se a pé, deixa-se carro na garagem, planta-se árvore, utiliza-se coisas que iriam para o lixo.
    Na cidade, eu compro o menos possível, eu ando o máximo que posso, eu não arranco pedaços de árvores e plantas quando ando pelas calçadas, eu falo sobre alternativas.

    De resto, é esperar para ver.
    Lembro da minha velha avó, com quase 100 anos, rindo de quando viu o povo correr pelas ruas, de malas na mão, fugindo do cometa Halley (acho que em 1910)..rsrsrs
     
    • Gostei! Gostei! x 1
    • LOL LOL x 1

Compartilhar