1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Estudo de Caso: Imortalidade

Tópico em 'De Fã Para Fã' iniciado por etienne, 22 Nov 2010.

  1. etienne

    etienne Usuário

    Aiya!

    Com esse clima do último filme do Harry Potter percebi um tema legal para postar e da qual eu gosto muito de abordar (dá para ver pelos posts), que seria a imortalidade. Então fiz um breve estudo de caso a respeito. A imortalidade é o desejo da maioria das pessoas, com algumas excessões. Vemos na série Harry Potter que Voldemort fez tudo o que fez, não só para se tornar o bruxo mais poderoso, tentar viver para sempre. Em outras obras como Peter Pan, o garoto não crescendo provavelmente não morreria e seu inimigo, o Capitão Gancho era outro que buscava viver para sempre mas era sempre perseguido pelo tempo (aquele bendito crocodilo). Os alquimistas buscavam a imortalidade. A ciência hoje busca prolongar a vida ao seu máximo. No senhor dos anéis, o próprio Um Anel prolongava a vida.
    E a questão é: valeria a pena? Estariamos dispostos a pagar qualquer preço para viver eternamente? Por que a imortalidade desperta tanto facínio nas pessoas?:think:

    O tópico já deve estar cansativo, desculpem-me, rsrs. A resposta é e deve ser simples. Temos medo de não existir. Antes do nascimento já conhecemos a noção de existeência sem que ninguém precise explicar. Temos a impressão de que sempre existimos e que deveriamos existir para sempre. Fica a reflexão e uma frase para definir o que penso:

    "Se não definirmos a eternidade como infinita duração temporal, mas intemporalidade, então a vida eterna pertence àqueles que vivem no presente."(Wittgenstein)
     
    Última edição: 22 Nov 2010
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    A imortalidade é um dos temas principais da Obra de Tolkien. E foi através desta que aprendi que não devo sonhar com a imortalidade e sim "deicidir o que fazer com o tempo que me foi dado", como diria Gandalf.

    Tolkien nunca gostou dessa história de buscarmos a imortalidade. Por isso mesmo ele criou os elfos e toda a saga dos númenoreanos, para mostrar que viver pra sempre não é bom. Nossas mentes mal são capazes de absorver e compactar 80 anos de vida, quanto mais alguns milênios.

    Um dia acabaríamos desistindo por livre e espontânea vontade e nos entregaríamos com prazer à morte. É o caso de um conto brasileiro que li na escola, quando ainda estava na 2ª ou 3ª série do fundamental. Contava a história de um garoto que teve a Morte como madrinha de batismo. Cresceu e se tornou um grande médico, por ter relações estreitas com a Morte e saber, só de olhar para o paciente, se ele tinha salvação ou não. Quando sua Madrinha veio, finalmente, para buscá-lo, ele fez um último pedido, dizendo que só queria rezar um Pai Nosso antes de partir. Então ele começou: "Pai Nosso que estais no céus..." e parou. Dessa maneira ele enganou a morte e viveu por séculos, até que finalmente se cansou, se ajoelhou e, sem que ningúem pedisse, terminou de rezar o Pai Nosso e se entrou à Morte!

    Esse é só um exemplo do que eu já havia dito acima. Se vale a pena? Eu digo que uma juventude prolongada por alguns anos a mais não me fariam mal. Mas imortalidade eu dispenso!
     
  3. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    Concordo com o Snaga... eu não digo que não gostaria de um tempo a mais, mas detestaria viver pra sempre. Acho que o fascínio, e por que não desespero, pela imortalidade não é necessariamente para não morrer e sim para "ter tempo" de fazer mais coisas do que seu tempo lhe oferece.

    Gostaria de permanecer assim mais tempo se me fosse permitido, conhecer mais coisas, vivenciar mais coisas, aprender mais coisas... admito que a vida do homem é insuficiente se comparada ao tamanho de suas ambições. Poucos terminam suas vidas de forma serena dizendo que conquistaram todos os anseios que tinham. E talvez por isso a imortalidade seja tão atrativa.

    Ainda assim reforço.... viver mais tempo jovem me atrairia, viver pra sempre eu não aceitaria jamais...
     
  4. etienne

    etienne Usuário

    Conto interessante esse Snaga, nunco tinha ouvido. Eu também não gostaria de viver para sempre, seria terrível. Não sei porque tanta gente deseja isso.
     
  5. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Sabe aquelas historinhas de cartilhas de alfabetização? Pois é, esse conto estava em uma delas, quando eu tinhas uns 8 ou 9 anos. Já procurei várias vezes pela net, mas nunca achei o texto novamente.
    O tipo de história que li uma única vez quando era criança e ainda lembro dela praticamente inteira! Se quiser, depois conto ela inteira. Tinha uma linguagem infantil, mas uma mensagem muito interessante.
     
  6. etienne

    etienne Usuário

    Se quiser, depois conto ela inteira. Tinha uma linguagem infantil, mas uma mensagem muito interessante.[/QUOTE]


    Claro que quero. Adoro ouvir histórias de qualquer tipo!:D
     
  7. belegdol

    belegdol de estimação tenho um

    Tolkien aborda muito bem a questão da imortalidade,tanto por parte dos elfos,meio elfos e tal...mas quando houve a vinda dos sucessores a terra-média uns dos "dons" que foram dados a eles foi a questão de poderem morrer por causas naturais,pois os elfos com o passar dos anos,décadas e milenios(enfim. .enquanto estiverem vivos) eles perdem o gosto pela vida. .e tbm tem uma coisa que eu achei muito interessante quando estava lendo o Silma,que é que os elfos são mais relachados com relação aos afaseres e estão sempre deixando as coisas pra depois(principalmente pelo fato de por naum morrerem vão sempre estar aptos a fazer essas coisas depois),jah os sucessores dão a impressão de que querem deixar uma marca e pelo fato de terem uma vida breve nunca deixam as coisas pra fazer depois. . e o fato de buscar a imortalidade,os numenorianos são como esses cientistas citados por etienne,eles desafiam tudo,até as forças divinas( elfos-Eru;humanos de vida real-Deus)para buscar a imortalidade,e uns dizem até qu um ser divino naum possa existir,muito tosco e bisonho da parte deles!!!

    eu gostaria de ter a imortalidade.Ptz,jah pensou em ver todo mundo que vc gosta e ama morrer?
    ia ser bem triste e deplorante!!

    essa é minha opinião obre o cometário!!
     
  8. BeorZenni

    BeorZenni Usuário

    acho que se pudessemos viver pra sempre não teriamos ambições, pois teriamos todo o tempo do mundo para fazermos o que quisessemos, não existiria o famoso pensamento "não deixe para amanha o que pode fazer hoje", pois sempre iriamos poder deixar pra amanha sem pressa nenhuma e tornariamo-nos um bando de folgados
    iuhasuihasuihasuiahsuiashiuashuia



    sabedoria traz poder, e como o homem esta sempre me busca de poder, um dos motivos de viver pra sempre seria a possibilidade de obter uma sabedoria infinitamente maior que a dos que vivem apenas poucos anos, acho que essa seria uma boa explicação
     
  9. Nuno-510

    Nuno-510 Usuário

    Como foi citado nos posts acima existe muitas pessoas, que gostavam de viver eternamente. Eu por acaso não gostava de viver eternamente, pois as pessoas que mais me são queridas morreriam e as coisas que mais eu gostava de fazer se esgotariam e tornar-se-iam tediosas e então a minha única esperança seria morrer.
     

Compartilhar