1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Criatividade nos jogos.... o que acham?

Tópico em 'Jogos Eletrônicos' iniciado por McCartney, 26 Nov 2002.

  1. McCartney

    McCartney Usuário

    Citando um dos primeiros RPGs que foi lançado para video game, Ultima (que por sinal, gosto muito), pode-se notar grandes influencias das obras de Tolkien, como por exemplo, em Britannia já existiu uma raça chamada Bobbits. Além de outros elementos, como personagens, cenários... Xenogears é outro exemplo, com vários elementos em comum com NG Evangelion.
    Talvez esse tipo de coisa (generalizando, em qualquer jogo) possa ser tratado como uma mera influência de alguma coisa.

    Porém, há jogos que dão uma idéia de imitação (não que a raça Bobbit não seja algum tipo de imitação). Mas também não da pra considerar, como por exemplo, Final Fantasy II como sendo uma imitação de Final Fantasy I apenas por conter elementos do jogo anterior da série, justamente por ser de uma série. Um jogo que eu vi que me pareceu só uma imitação barata foi um chamado Samurai X (aí que tá... não tem NADA a ver com a série Rurouni Kenshin).

    Mas eu gostaria de saber opiniões sobre a criatividade nos jogos que o pessoal tem jogado, se alguma coisa parece ser só uma influência ou alguma imitação.
     
  2. Curunír

    Curunír Usuário

    A maioria dos jogos de rpg que gosto são todos influenciados por Tolkien... Claro que não poderia ser diferente, né? :wink:

    Mas vejo que WarCraft revolucionou os jogos de estratégia, acho que muitos dos que vieram depois se influenciaram nele.
     
  3. McCartney

    McCartney Usuário

    Realmente.. quanto a RPGs ou Estratégicos que não tenham uma influencia direta ou indireta de Tolkien, somente os futuristas ou que tratam sobre coisas do mundo real, como Age of Empires, World War 3, Galerians...

    Em jogos de estratégia, o que mais me lembra Tolkien é Heroes of Might and Magic (que não deixa de ser um RPG).


    Também acho que WarCraft tenha sido revolucionário, apesar de também conter um pouquinho de Tolkien... hehe
    Não sei se foi o primeiro, mas tem o Warcraft: Orcs and Humans... Nunca cheguei a jogar este.
     
  4. black_pilot

    black_pilot Usuário

    Warcraft eh revolucionador e eh todo Tolkien (po os elfos sao arqueiros, os orcs, humanos etc...)
    Outro que eh o grande Tcham dos jogos de estratégia eh o Command & Conquer, depois dele eh que vieram os grandes jogos de estratégia.
    Outro de estratégia revolucionador (esse revolucionou tudo) eh o Homeworld.

    Tem mtos outros exemplos tb, depois eu lembro
     
  5. TiMcO

    TiMcO Usuário

    Warcraft RLZ!! EH o melhor dos melhor
     
  6. McCartney

    McCartney Usuário

    Interessante.. pois nunca tinha jogado muito warcraft...

    Quanto ao C&C... bem.. este é um dos meus jogos de estratégia favoritos. Apesar de não ter tido oportunidade de ter jogado todos (mas a maioria), seu tema futurístico é muito interessante. Só não curti muito o Red Alert 2, por ser muito americanizado, aquele espírito de porco americano de "nós somos os bonzinhos e o resto do mundo é inimigo". Tudo bem que a suposta URSS tenha feito um fantástico ataque contra os EUA e que vc possa jogar contra estes, mas não gostei muito da idéia principal do jogo. Sou mais fã do Tiberian Sun, onde tem GDI e NOD. Não é tão explícito.
     
  7. black_pilot

    black_pilot Usuário

    Nao, sou fa mesmo do Red Alert I (o dois nao presta, alem de ser mto facil). Esse era demais, com seus cruzadores e tals. A trilha sonora era a mais genial, fazendo vc sentir raiva dos seus inimigos e querer destruir-los ateh o fim! Os videos de campanha tb eram animais!
     
  8. Kaji

    Kaji Usuário

    Bem lembrado Black Pilot, Homeworld é um jogo que, além de ter apresentado uma estrutura de combate nunca vista antes, é muito divertido. Vcs chegaram a terminar o danado? Aqui deu muito trabalho, acho que passei bem um mês sem jogar depois que enganchei naquela nebulosa.

    Não esqueçam de Half-Life, Quake, Doom, e Wolfenstein, estes foram divisores de águas para os jogos de primeira pessoa, alguns desses foram fundamentais para a consolidação da comunidade de jogos online, além disso temos o CS, o famoso MOD que foi o principal combustível que alimentou o crescimento monstruoso dessa comunidade. Hj em dia as pessoas saem do trabalho e passam numa LAN pra jogar uma partidinha de CS com os amigos, coisa que praticamente nem existia há 3 anos no Brasil quando os Counter-Strike ainda estava nas primeiras betas.

    Também temos o UO que foi uma das primeiras experiências(senão a primeira) de MMORPG que chegou a funcionar bem suportando centenas de jogadores no mesmo shard/servidor.
     
  9. black_pilot

    black_pilot Usuário

    Nossa, eh tão raro conhecer alguem que conheça o Homewolrd... Sim eu virei ele e tive alguns "probleminhas" também hehe. Virei ele e a expansão dele o "Cataclysm" (que ao contrário da maioria das expansões, pode ser chamado de tao bom qto o original). Ah, eu era de um clã na net de HW. Soh que nunca joguei na net (soh uma vez e levei pau hehe). Vai sair em breve (nao mto breve) o HW 2.

    Bom, deixa eu tirar uns jogos do fundo do baú, ah sim! Como simulador espacial temos o "Wing Commander" e o "Independence War" que eh o jogo com a melhor fisica em matéria espacial (e por isso mesmo, a nava eh impraticavel, o 2 jah eh melhor).
    Em matéria de multplayer, acho que o exemplo eh Quake 2, apesar de o CS ser o melhor jogo pra mult.
    O grande de Shooter com certesa eh o Wolfstein e porque não Duke Nukem 3D?

    De corrida, humm complicado, não sou mto bom nesse estilo, mas eu gosto mto do Need For Speed e do Grand Prix (um clássico, convenhamos)

    Tem mais algum estilo, ah sim! Meu Deus, como pude esquecer, esse eh tão criativo que não se enquadra em nenhum estilo: "Black & White"
    Sim! Esse eh o maior exemplo de criatividade!

    Caramba, que msg imeeeennnssssa!
     
  10. Kaji

    Kaji Usuário

    Eu nem me animei muito com o B&W, não tive muita paciência embora existam algumas coisas bem divertidas como jogar rochas nas cidades.

    Uma coisa que eu reparei e que virou moda em jogos de primeira pessoa é o fato de vc poder entrar em tubos de ventilação, a primeira vez que vi isso foi em Duke Nukem e depois virou moda. Hj não existe FPS que se preze onde vc não pode entrar em tubos de ventilação.
     
  11. McCartney

    McCartney Usuário

    Command & Conquer realmente, apesar de seus apesares, tem uma ótima visão sobre a guerra e uma jogabilidade excelente também. O Tiberian Sun tem um multiplayer muito legal e bem futurístico, mas pode ser apelativo também. Mas em geral, considero a série como um todo uma obra-prima dos jogos de estratégia.

    Já nos jogos de primeira pessoa, o que mais me marcou até hoje foi Goldeneye 007. Mas uma das maiores revoluções foi Quake. Esta série, na minha opinião, foi uma das grandes percursoras dos jogos multiplayers em primeira pessoa. No trabalho em horas de intervalo, jogo D-Day, mod para Quake 2, sobre a 2ª guerra... muito interessante este. Mas méritos também vão para Counter Strike e o próprio Half Life. Mas, apesar de D-Day, o Medal of Honor - Allied Assault está trazendo uma excelente vista da 2ª guerra em combates bem excitantes e realistas no modo multiplayer.

    E nos rpgs, realmente UO merece todos os méritos. Ever Quest nunca cheguei a jogar, mas pelo jeito não fez tanto quanto UO. Apesar de ter sido lançado ja fazem alguns anos, esse jogo continua conquistando uma legião de fãs cada vez maior a cada dia, e a coisa não dá sinal de que está no fim. Todas as skills e cenários disponibilizam uma jogabilidade imensa ao jogador.
     

Compartilhar