• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Cinco Livros Favoritos com Fëanor

Melian

Período composto por insubordinação.
Meio impossível não gostar da lista do Fëanor. Lista linda (que comentarei depois. Tô postando do trabalho, porque meu PC continua desligando). Até pensei em ficar SUPER irritada com ele, por faltar Machado na lista, mas, gente, Gabiel García Marquez e Sagan me deixaram calminha, calminha. Quanto ao café, continuo irredutível. O Paganus pega o seu café, Fëanor. :disgusti:

Fëanor disse:
Após muita enrolação, segue aí a dita:
AVISO: prolixidade adiante.

Esse negócio de escolher 5 livros é crueldade pura. Refiz minha lista umas 3 vezes. Tinha começado só com clássicos que a maioria certamente já deve ter lido, e depois mudei tudo.

Foi doído ter que deixar de fora caras como Dostoiévski, Saramago, Kafka, Orwell, Fitzgerald, Shakespeare, Machado, Huxley... e o próprio Tolkien. Muitos já devem saber - ou desconfiar - que meu livro favorito ever é O Silmarillion. Mas a lista ficaria tremendamente sem graça seguindo por esse caminho. Decidi que ela ficaria mais interessante da maneira como vocês a encontram aqui.

É uma lista com obras que, além de me marcar de alguma forma em algum momento, explicam/contêm algumas características da minha personalidade. Mas essas partes eu vou explicando em cada descrição. Por fim, também achei que, sendo uma lista com obras certamente conhecidas mas provavelmente não lidas por muitos, seria mais útil no propósito de servir como sugestão.

E chega de papo, vamos à lista (que não está em ordem de preferência entre essas obras - exceto, creio, pela primeira):
O Chamado da Floresta (The Call of the Wild - Jack London)


Acredito que esse livro é o que mais mexeu comigo até hoje. Identifico-me bastante com a história, com a mensagem apelativa à liberdade, e com o personagem principal - um cão.

Esse cão é Buck, um mestiço de são-bernardo com collie, que leva uma vida pacata com seu dono. Até que, repentinamente, ele é arrancado desse meio e depara-se com outro, oposto. Buck é roubado e levado para o Alasca, onde irá puxar trenós carregados de homens e seus equipamentos em busca de ouro. A vida, até então fácil, torna-se um desafio. Cada dia testa os limites de Buck, e lhe traz novas lições sobre os homens e outros cães. E sobre este mundo selvagem, inóspito.

Pouco a pouco começa a surgir dentro de Buck um espírito até então enclausurado pela domesticação. Mas, a despeito dos instintos selvagens que nascem, ele jamais perde a retidão de seu caráter.

Já li esse livro várias vezes, e quase que invariavelmente eu acabo chorando no final.
O Guia do Mochileiro das Galáxias (The Hitchhiker's Guide to the Galaxy - Douglas Adams)


Escolhi o primeiro livro como representante da série. Tenho uma predileção praticamente idêntica por cada um dos 5 livros, então se era para escolher um, que fosse o primeiro, que carregou o nome para a série toda.

Não poderia deixar de fora essa obra-prima da ficção científica e do humor. Um livro que me faz gargalhar alto, e cujo humor na realidade é o meio escolhido para satirizar as condições humanas. Douglas Adams não poupa ninguém de seu sarcasmo apuradíssimo, e consegue prender você facilmente entre as páginas do livro - que, quando você se dá conta, já chegou ao fim, de tão prazerosa e fluída que é sua leitura.
Cem Anos de Solidão (Cien Años de Soledad, - Gabriel García Márquez)


Dá um nó na garganta só de lembrar dos Buendía - a família cuja história em um povoado isolado é contada ao longo de cem anos.

Não é uma leitura fácil. Muitas pessoas se perdem em meio aos nomes semelhantes dos integrantes da família no suceder das gerações. Mas não é importante lembrar-se de cada personagem, e sim compreender o laço último que os liga: a solidão. É a sina dos Buendía.

E é quando você engole em seco enquanto lê que percebe o quanto a obra tem a dizer sobre a sua própria solidão.
Pálido Ponto Azul (Pale Blue Dot - Carl Sagan)


Sou um grande admirador do trabalho do Sagan. Uma grande pessoa, com grandes pensamentos, que o consagraram como maior divulgador da ciência no século XX. E muitos desses pensamentos estão contidos nesse livro.

Trata-se de um redimensionamento da humanidade, escancarando a realidade de seu contexto, dando-lhe uma lição de humildade. Sagan usa de sua mente científica e cética para fazer reflexões extremamente válidas sobre o homem e sua relação com seu lar - a Terra - e traçar possibilidades para o nosso futuro na exploração do espaço.

O título do livro é inspirado em uma fotografia da Terra, tirada pela sonda espacial Voyager 1.

Vou aproveitar para deixar aqui um vídeo narrado pelo próprio Sagan, com trechos do livro:
Clube da Luta (Fight Club - Chuck Palahniuk)



A maioria deve ter assistido o filme. Se curtiram, leiam o livro.

A busca pelo caos. A guerra contra a conformidade e o socialmente imposto. A solidão (de novo!). Os distúrbios. O sabão. Os explosivos. Tudo num livro só.


"Raymond K. K. Hessel, your dinner is going to taste better than any meal you've ever eaten, and tomorrow will be the most beautiful day of your entire life."
 
Última edição por um moderador:

Ana Lovejoy

Administrador
fight club é muito foda. o livro vale a pena mesmo para quem viu o filme, porque é igual mas ao mesmo tempo diferente - e óbvio, é melhor. gosto muito desse livro :yep:
 

Kainof

Sr. Raposo
Usuário Premium
Coincidentemente "O Chamado da Floresta" é o próximo livro da minha lista de espera de leitura, por sugestão de um amigo.

"O Guia do Mochileiro das Galáxias" é uma das melhores coisas que eu já li na minha pequena vida. Costumo relacionar, um tanto temerariamente, Douglas Adams com outros autores geniais ao longo da história que usaram o mais alto nível de humor para criticar a sociedade, usando aspectos aparentemente distantes da realidade comum para lançar sua verve contra comportamentos humanos. Caras como Aristófanes e Jonathan Swift, por exemplo.

"Clube da Luta" é uma das minhas metas de leitura do ano. Até marquei no skoob para não esquecer.

Antes nunca tinha me interessado por Garcia Márquez e Sagan, mas as resenhas foram bem boas. Interessei.

Excelente lista!
 

Roderick

Banned
Destes só li O Chamado da Floresta que por cinal é muito bom, é emocionate de se ler, vale a pena.
 

Pim

God, I love how sexy I am!
Estou com mixed feelings em relação à lista do Fëanor.

Ao mesmo tempo que algumas descrições me despertaram o interesse em ler as obras (O Chamado da Floresta e Cem Anos de Solidão), outras confirmaram que aqueles escritos não são a minha cara.

Pela pesquisa rápida que fiz em relação aos livros que não conhecia, e pelo conheço do Fëanor, a lista está muito bem formada. Parabéns pelas escolhas. :yep:
 
Da lista eu não li nenhum, mas fiquei extremamente interessado no livro do Jack London: irei comprá-lo assim que possível para lê-lo. Outro que estou interessado, embora já conhecia de nome, é o Douglas Adams; possivelmente irei comprá-lo este mês que vem chegando.

Certa vez li um conto do Chuck Palahniuk e, sinceramente, odiei: parei na metade para, literalmente, não vomitar, pois cheguei a passar mal: era um conto escroto ao extremo. Mas, assisti o filme e gostei e espero poder ler o livro um dia.

Carl Sagan: como estudante de Física e Astronomia, não só o conheço como o tenho como um herói. Recomendo a série Cosmos - disponível no Youtube -, simplesmente maravilhosa.


[]'s!
 
O 'Cem anos de solidão' me interessou bastante, só li algumas páginas. Vou voltar a ele e lê-lo na íntegra agora. Achei a minha cara... livros que te influenciam, te afetam etica e psicologicamente são maravilhosos.
 

Fëanor

Fnord
Usuário Premium
Meio impossível não gostar da lista do Fëanor. Lista linda (que comentarei depois. Tô postando do trabalho, porque meu PC continua desligando). Até pensei em ficar SUPER irritada com ele, por faltar Machado na lista, mas, gente, Gabiel García Marquez e Sagan me deixaram calminha, calminha. Quanto ao café, continuo irredutível. O Paganus pega o seu café, Fëanor. :disgusti:
Doeu mesmo deixar o Machadão de fora, mas é aquilo que eu disse na introdução da lista né. Mais tarde eu tento responder aqui a sua pergunta lá no outro tópico, sobre qual livro eu tiraria da lista para colocar Admirável Mundo Novo no lugar.

"O Guia do Mochileiro das Galáxias" é uma das melhores coisas que eu já li na minha pequena vida. Costumo relacionar, um tanto temerariamente, Douglas Adams com outros autores geniais ao longo da história que usaram o mais alto nível de humor para criticar a sociedade, usando aspectos aparentemente distantes da realidade comum para lançar sua verve contra comportamentos humanos. Caras como Aristófanes e Jonathan Swift, por exemplo.
Eu não tenho receio algum em considerar o Douglas Adams um grande gênio da literatura, não apenas das gerações mais recentes.

Antes nunca tinha me interessado por Garcia Márquez e Sagan, mas as resenhas foram bem boas. Interessei.
Coloque-os na sua lista aí, vale a pena. :yep:

Ao mesmo tempo que algumas descrições me despertaram o interesse em ler as obras (O Chamado da Floresta e Cem Anos de Solidão), outras confirmaram que aqueles escritos não são a minha cara.
Especifique melhor. Quais livros? Todos os demais? :lol:

Pela pesquisa rápida que fiz em relação aos livros que não conhecia, e pelo conheço do Fëanor, a lista está muito bem formada. Parabéns pelas escolhas. :yep:
Meu objetivo era buscar uma lista que fosse a minha cara - ao menos da maneira como eu me vejo. Apesar da dificuldade que é deixar tanta coisa de fora, eu gostei bastante do resultado final.
 
Cem anos de solidão é algo que ainda espero ler.
Jack London tem também o Andarilho das Estrelas, muito bom e Caninos brancos, ótimo.
Gostei da lista do Fëanor.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium
Tirando "Clube da Luta" que em livro é mais interessante que o filme não conheço os demais.

Sou fã da série "Cosmos" do Carl Sagan, mas confesso que estou em dívida de ler suas publicações.
 

Melian

Período composto por insubordinação.
Fëanor disse:
Mais tarde eu tento responder aqui a sua pergunta lá no outro tópico, sobre qual livro eu tiraria da lista para colocar Admirável Mundo Novo no lugar.
Ainda estou esperando a resposta. Mas como receio que você também esteja, não vou te pressionar.
Não, este post não é uma forma de te pressionar. E Ford Prefect disse que, enquanto não encontra a resposta, você pode beber uns porres e procurar discos voadores, que é uma tarefa bem mais fácil do que encontrar a resposta para a minha pergunta. E eu não aceitarei "42" como resposta.
 

Snaga

Usuário não-confiável!!!
De todos, só li O Guia.
Mas Clube da Luta é um livro que procurei por muito tempo, mas nunca achei pra comprar. Tenho muita vontade de ler e ver ele aqui me animou a procurá-lo novamente. Vou ver se acho na Estante Virtual.
 

Fëanor

Fnord
Usuário Premium
Ainda estou esperando a resposta. Mas como receio que você também esteja, não vou te pressionar.
Não, este post não é uma forma de te pressionar. E Ford Prefect disse que, enquanto não encontra a resposta, você pode beber uns porres e procurar discos voadores, que é uma tarefa bem mais fácil do que encontrar a resposta para a minha pergunta. E eu não aceitarei "42" como resposta.
Eu pensei nisso essa semana, decidi qual livro tiraria, e esqueci de vir postar :g:

Então, para colocar Admirável Mundo Novo eu tiraria Clube da Luta. É um livro que eu gosto demais, mas acho que gosto ainda mais dos outros. Ou ao menos os demais foram livros que marcaram mais.

E com Admirável Mundo Novo eu sinto falta de 1984 na lista. É uma droga mesmo. :lol:
 

Oakenshield

Usuário
Bela lista :) Sou um grande admirador de Carl Sagan, e tenho Contato e Variedades da Experiência Científica. Pálido Ponto Azul está entre os livros que gostaria de ter.
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.495,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo