1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Cientistas anunciam cura da leucemia

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 27 Mar 2013.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Cientistas da Universidade da Pennsylvania, nos Estados Unidos, publicaram esta semana um estudo na revista
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , atestando que conseguiram curar uma criança com leucemia linfocítica aguda. Esta é uma das formas mais complicadas da doença.

    Emily Whitehead, a garota da foto abaixo, foi diagnosticada com leucemia aos cinco anos de idade. Os tratamentos convencionais não surtiam mais efeito, fazendo com que os pais da garota, Kari e Tom Whitehead, procurassem o tratamento experimental como alternativa.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    O experimento, realizado em abril de 2012, consistiu no seguinte: com a ajuda de um vírus, as células do sistema imunológico da menina foram geneticamente reprogramadas para matar as células cancerígenas e combater a doença. Um ano depois, o procedimento deu certo e agora Emily está livre da leucemia.

    Por outro lado, os resultados ainda não apresentam 100% de eficácia em outros pacientes – um deles, inclusive, morreu após se submeter ao mesmo tratamento. Contudo, os médicos acreditam que a medida pode, no futuro, substituir o transplante de medula óssea, um método mais difícil e arriscado de tratar a doença, além de ajudar na cura de outros tipos de câncer, como da mama e da próstata.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
    • Ótimo Ótimo x 3
  2. Seiko-chan

    Seiko-chan Retardada

    Eu li essa matéria. São resultados como esse que renovam minha fé na humanidade, embora 98% de nossos semelhantes ainda gastem maior parte de sua capacidade intelectual tentando matar/lesar/lograr/roubar uns aos outros.

    Basicamente, eles se utilizaram da mecânica inversa usada pelas autoimunidades - que é o ataque do sistema imunológico ao próprio organismo, sem motivo aparente - e poderia funcionar perfeitamente para outros tipos de câncer, e doenças autoimunes altamente destrutivas, como o Lúpus e a Síndrome de Crohn. Há quem duvide, mas essa mecânica também pode ser claramente observada durante o uso da autohemoterapia.
     
    • Gostei! Gostei! x 2

Compartilhar