1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Cartuchos... CDs... DVDs... CARTAS? Pois é...

Tópico em 'Jogos Eletrônicos' iniciado por Salamanca, 17 Set 2002.

  1. Quando o primeiro videogame foi criado, na época de 70, muitas pessoas o via como uma revolução tecnológica e a realização de algo que antes parecia ser impossível. Era isso: você colocava o pegueno retângulo (cartucho) na caixa preta (videogame) e magicamente uma imagem se formava na tela. Mas era mais que isso, era possível controlar o conteúdo dessa imagem.

    Bem, o tempo foi passando e vários outros videogames foram lançando... Houve concorrência, parcerias e brigas. E foi atrvés disso que surgiu o Playstation: o console que não precisava mais cartuchos, agora um simples CD era necessário. Claro que o Play não foi o primeiro videogame a usar essa tecnologia, mas com certeza foi o que fez mais sucesso e se tornou um dos mais populares.

    O tempo passou... E veio o Dreamcast, o primeiro videogame de 128 bits que usava uma nova tecnologia de CD: o GD. E assim a Sony lançou o seu sucessor: o Playstation 2, também de 128 bits, que roda DVD. Não demorou muito para a Nintendo lançar o GameCube, agora usando o MINI-DISC.

    Pois é, mas agora parece que vamos dar mais um passo na evolução... Está prestes a lançar o E-READER, um acessório muito curioso para o Game Boy Advante criado pela Nintendo. Trata-se de uma espécie de cartucho que você encaixa no GBA, capaz ler códigos de barra. Nestes códigos já é possível conter um jogo. Isso mesmo, você compra uma carta com um código de barra, coloca no E-Reader e Eureka!, você tem um novo jogo.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Claro que por enquanto ninguém vai ver um Final Fantasy 10 num pedaço de papel, mas quem sabe o que está por vir?

    O que você acha dessa evolução? Prefere os tempos atuais ou a boa e velha Época-Atari? Você tem medo que os videogames se tornem mais do que apenas videogames? Você acha que ainda existirão jogos tão bons/clássicos como os de hoje/antes? Será que os jogos sempre estarão inovando ou a criatividade vai se esgotar? E o que será dos jogos online?

    Em fim... Ninguém aqui tem uma bola de cristal, mas isso não impede que discutemos este assunto. E então?
     
  2. -=|Nemesis|=-

    -=|Nemesis|=- Usuário

    Ristow,eu li sobre isso na NW, e a tecnologia já está disponivel no Japão. Mas ate agora os cartões vão ser usados para scanear novas informações para os jogos, como novas músicas, novas roupas e itens secretos para os personagens.
    Espero que um dia possamos usar um videogame desse jeito :roll:
     
  3. O "até agora" já passou. Olha isso:

    "Os novos pacotes, que serão lançados em dezembro, trazem os seguintes títulos: "Mario Bros.", "Ice Climber", "Baseball", "Donkey Kong" e "Urban Champion". Cada um deles traz cinco cartas com o jogo em questão pelo preço sugerido de US$4,95."

    Ps.: Realmente, eu me confundi ao dizer que o acessório está pra lançar... Ele já foi lançado nos EUA.
     
  4. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    q eu saiba por enqto o acessório só consegue colocar minigames....naum jogos completos.....mas sei lá....
     
  5. Negócio é o seguinte: é óbvio que você nunca verá um Super Mario Sunshine numa cartas dessas. Por enquanto apenas jogos pequenos, como os que eu citei ali em cima. Quanto maior for o jogo, maior o número de cartas necessárias.
     
  6. Leir

    Leir Quem é vivo, né...

    tipo,eu vi isso numa pokéevolution (:oops:).
    Tipo,dá pra ler a coode bar das cartas poké,aí em cada carta vem um joguinho,ou pokémon,ou a carta mesmo,pro jogo.....tegal...
     
  7. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    eu to esperando pra jogá um jogo do NGC q é Animal Crossing....
    ele terá conecção com o GBA e terá esse recurso da carta....
    será usado pra acrescentar coisas, vestimentas e etc pro jogo, games do antigo Nintendinho (q saudade) pra vc se distrair.....
    e q eu saiba vai ficá um tempo no Japão e qdo vier pra cá (se vier pra cá), esse cartãozinho vai ser meio caro pra só umas coisinhas....sendo por volta d 5 dólares lá fora naum deve sair aki por volta disso naum, uns 15/20 reais....
     
  8. black_pilot

    black_pilot Usuário

    Hahaha

    Legal, voltamos a era do Cartão perfurado!!! hahaha
    Os dois devem seguir o mesmo principio....

    Não gostei mto da idéia, se aqui em casa jah eh um sufoco eu achar os cartuchos, imagina umas folhinhas??
     
  9. Passolargo

    Passolargo Your face warped in pain...

    Putz, jogos em folhas de papel? Código de barras?
    Eu não sei até que ponto isso é bom! Tanta tecnologia chega a me assustar... eu temo pelo futuro! :lol:

    Sou mais os jogos em Cds e Cartuchos!
     
  10. Kyo

    Kyo Big bad wolf

    Uma informação: No jogo animal crossing, lançaram uma carta especial que virá acompanhada nada mais e nada menos que: Zelda!!! Sim, o primeiro, lá do Nintendinho!!!
     
  11. -=|Nemesis|=-

    -=|Nemesis|=- Usuário

    Gostaria de esclarecer uma coisa:
    Pelo que eu sei, os jogos em si não virão nas cartas, mas sim um cartão com algumas informações ( tipo uma roupa nova pro personagem). Você coloca no E-reader, ele lê e salva as informações no jogo, depois você joga a carta fora, ou então guarda pra usar de novo quando quiser.
    Porque colocar um jogo em cartas vai ser muuuuuito dificil 8O
     

Compartilhar