• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Captain Tsubasa: Futebol e Anime

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium
Jogamos o novo Captain Tsubasa: quando o futebol encontra o anime


Captain Tsubasa Rise of New Champions Imagem: Divulgação

Esqueça games de futebol como FIFA ou PES —eles são muito sem graça. É hora de entrar em campo com tigres luminosos, goleiros caratecas e uma explosão de futebol arte que ignora a existência de faltas ou cartão amarelo. Aqui, você não dá carrinho: você se joga na frente da bola como se fosse um sacrifício para o Deus do Futebol.

Estamos falando de Captain Tsubasa: Rise of New Champions, game de futebol-anime que chega ainda em 2020 para Xbox One, PlayStation 4 e Nintendo Switch. O START teve a chance de jogar uma versão inicial de testes, com apenas dois times, e voltou com vida para contar essa história.


Capitão quem!?


Sucesso entre os fãs de anime e também na bolha de quem nunca mais viu um desenho japonês na vida, Super Campeões introduziu o futebol com superpoderes no dia-a-dia do brasileiro, um dos povos mais fissurados pelo esporte. E, convenhamos, não é todo dia que esse mesmo fã iria se preocupar com uma seleção que não fosse a sua própria, decorando nomes como Oliver Tsubasa, Carlos Misaki, Jun Misugi, Benji Wakabayashi e o atacante força-bruta Kojiro Hyuga.

Mas uma coisa que o fã de Captain Tsubasa (o nome internacional da franquia) nunca pôde experimentar de forma oficial foram os jogos da série. Em 2020 isso vai mudar com a chegada de Captain Tsubasa: Rise of New Champions, novo game inspirado na clássica obra de Yoichi Takahashi.




A bola é sua amiga



É importante aprendermos o quanto antes sobre as habilidades especiais dos jogadores. No game, assim como no anime, é possível realizar aquelas jogadas absurdas que tanto gostamos. Para isso, precisamos ficar de olho na energia de cada personagem (representada por uma barra amarela em cima de cada um). Essa barra se esvai quando corremos, driblamos ou realizamos certas jogadas especiais. Aos poucos ela se recupera, mas é preciso ponderar seu uso para não ficar sem gás na hora de chutar para o gol.



Não é todo mundo que possui um ataque especial. Aqui vale o seu conhecimento do anime para pegar de cara quem pode e quem não pode realizar tais proezas. No futuro, com todos os times disponíveis, isso vai se mostrar ainda mais importante dada a quantidade de personagens existentes na obra.

Um bom exemplo disso é a dupla Kojiro e Takeshi, do Toho. A gente sabe (ou deveria saber) que Kojiro é a estrela do time, dono do Tiger Shoot e de uma stamina e força incríveis. O que algumas pessoas podem não saber, é que o artilheiro possui uma jogada única com Takeshi Sawada, o único do time em que ele confia para uma tabelinha especial e quase impossível de ser barrada.



O mesmo vale para outros jogadores, como Oliver Tsubasa, que além de chutar para o gol com seu chute mágico de trivela (nome real da sua técnica, ensinada por ninguém menos que Roberto "Maravilha", jogador brasileiro apaixonado pelo Japão), também realiza passes longos especiais que deixam os demais jogadores na cara do gol. Quando Carlos Misaki está no time ao lado de Tsubasa, os dois são dignos de proezas inenarráveis (Misaki não estava na demo, infelizmente).

Essas técnicas especiais, tanto chutes quanto passes, só podem ser acionadas em determinadas distâncias. É preciso ficar de olho no mapa localizado no centro da tela (assim como em todo jogo de futebol) para saber quando e onde essas habilidades estarão disponíveis (marcadas através de um círculo cinza ou dourado).



Os movimentos de drible e roubo de bola funcionam quase como num jogo de luta. É preciso apertar o botão no momento exato, e esperar que o oponente não contra-ataque sua investida com uma própria. Dá para roubar a bola com um jogo de corpo (X) ou carrinho (O) nos mesmos moldes que um PES da vida. No entanto, o adversário pode revidar apertando o R2 no momento exato para realizar uma ação especial que gastará um pouco da sua barra de energia.

Não bastasse tudo isso, em Captain Tsubasa, você tem uma barra que mede o humor do seu time. Essa barra quando cheia, possibilita o time entrar na Zona V, o que faz todo o time ficar mais forte, entrosado e com uma maior velocidade na regeneração do vigor de cada jogador. É neste momento que você deve investir e arriscar nas jogadas mágicas com os jogadores mais fortes do seu time, aqueles responsáveis por todo o hype do anime, só que na vida real (do videogame).



Por fim, será preciso criar uma estratégia completamente nova para passar os goleiros do jogo. Aqui o que importa é deixá-los enfraquecidos, como num jogo de RPG. Chutar contra eles é relativamente fácil, e a cada defesa, um pouco da sua barra de energia se esvai. Quando ela fica vermelha, é hora de colocar o seu melhor atacante para aplicar um chute especial e literalmente levar o goleiro junto para dentro do gol. A sensação de dever cumprido é mais do que satisfatória, garanto.

Claro que não estamos livres de pequenos problemas. Animações bizarras e alguns glitches visuais se fizeram presentes durante os testes, mas como se trata de uma versão não polida do jogo, já eram problemas esperados. Uma coisa que talvez precise melhorar de verdade é o comportamento precário dos jogadores que não fazem parte das jogadas. Parece que voltamos aos primórdios dos jogos de futebol, e isso não foi legal.

Uma das coisas que mais frustrou a galera que estava testando o game diz respeito à troca de jogadores com o L1. Ela é estranha, mas não necessariamente ruim. Acontece que só podemos acionar certos jogadores quando eles estão dentro da sua zona de marcação. Aí, de vez em quando, mesmo com o jogador na nossa frente, ele não pode ser acionado, porque ainda não chegou na sua área de atuação. Ou pelo menos foi isso que pareceu durante os testes, posso estar errado.

Captain Tsubasa: Rise of New Champion é uma alternativa diferente tanto para quem gosta do anime quanto para quem ama o esporte. Com seus exageros únicos, táticas bizarras e um carisma que tocará no coração daquele cara mais nostálgico que acompanhou a carreira dos meninos desde o ensino médio até a seleção, do Japão, claro.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium
Esse talvez fosse um jogo muito aguardado pelo @Turgon (maior postador do sub-fórum de Animes da Valinor de todos os tempos)

Se a proposta dos recursos do jogo é ser o mais próximo do que era o desenho vai ser muito interessante. Se sair uma versão pra PC vou adorar.
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.920,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo