1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Azur e Asmar

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Márcio Bicalho, 11 Abr 2008.

  1. Márcio Bicalho

    Márcio Bicalho Usuário

    [attachment=101]Há muitos filmes para crianças que são baseados em livros, mas o contrário é raro. Minha filha adora Azur e Asmar, da editora SM. O texto é de Michel Ocelot, que também responde pela direção do filme de animação francês do mesmo nome, lançado no Brasil como As Aventuras de Azur e Asmar, estrela da Mostra de Cinema Infantil de 2007 e disponível em DVD. As ilustrações do livro são cenas do próprio filme. Vejam o trailer:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Michel Ocelot também dirigiu os filmes de animação Kiriku e a Feiticeira e Kiriku e os Animais Selvagens, estrelas das Mostras de Cinema Infantil de 2005 e 2007, também disponíveis em DVD. Os filmes narram as aventuras de uma criança que nasce em uma aldeia africana já sabendo falar e andar e usa sua inteligência lúcida contra a superstição e a ignorância que assolam seu povo. Eles têm a trilha sonora assinada pelo famoso músico senegalês Youssou N'Dour. Minha filha adora. Recomendo. Vejam o trailer do segundo filme:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Bem, o livro conta a história de Azur, um rico menino loiro de olhos azuis que é criado na Europa medieval junto com Asmar, o filho moreno e de olhos negros de sua babá árabe Jenane. Vários diálogos são em árabe, mas só enriquecem a narrativa. Eles crescem sonhando em libertar a Fada dos Djinns, uma lenda que Jenane sempre narra para ambos. Jenane e Asmar são expulsos da casa de Azur quando ele é mandado por seu pai para a cidade para estudar com um tutor. Já um jovem adulto, Azur parte para a Arábia, “o país do outro lado do mar”, para realizar seu sonho. E o resto vale a pena ler. Ou assistir. Ou ambos, o que é bem melhor.

    A obra é um sopro de ar fresco nesses tempos tensos. As diferenças entre o Ocidente e o Oriente são mostradas sem maniqueísmos e a mensagem final é de valorização da tolerância. O livro é grande e as ilustrações são de encher os olhos, uma página inteira, às vezes duas páginas de figuras com desenhos extremamente detalhados e com cores magníficas. Maravilhoso. Imperdível.

    Um trecho:

    “A babá é ótima cozinheira e faz doces deliciosos. Enquanto serve os meninos, ela lhes conta sua história favorita:

    A BABÁ - ...Do outro lado do mar, no país da Fada dos Djinns, sempre faz sol, por toda parte rosas e jasmins perfumam o ar. As casas são brancas e azuis como num sonho. Mas a Fada dos Djinns foi presa longe, numa montanha negra. Lá dentro, fica a Sala das Luzes, decorada com pedras preciosas. E em uma gaiola de cristal está presa a Fada dos Djinns, mais bela do que todos os diamantes. Um dia o príncipe do amor virá, encontrará as três chaves mágicas, vencerá o Leão Escarlate de Garras Azuis, vencerá o Pássaro Saïmourh de Asas de Arco-Íris e encontrará a passagem secreta no Penhasco Negro.

    Os dois meninos esquecem de comer os doces, os olhos grandes abertos, azuis, negros.”
     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
  2. Zuleica

    Zuleica Usuário

    Sabes Vandoor, dias atrás eu vi o trailer de Kiriku e fiquei encantada. Procurei até encontrar e mostrar para amigos professores. Um trabalho muito lindo. Cheio de pureza e lucidez, de uma forma que arranca sorrisos involuntários, na minha opinião os melhores.
     
  3. Fernando Giacon

    Fernando Giacon [[[ ÚLTIMO CAPÍTULO ]]]

    hmm...eu nunca havia ouvido fala...
    euu sou meio desligado pra literatura infanto-juvenil,
    mas gostei do trailler...qm sabe eu nao alugue! =D
     
  4. Felipe Sanches

    Felipe Sanches Usuário

    As técnicas de animação do filme são precárias,além das péssimas texturas e um ar de "ilustração" extremamente forçado,os diálogos tbm não são os melhores...

    As únicas coisas que valeram a pena:O pássaro,o leão e as fadas...
     

Compartilhar