1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Você tem interesse pelas obras "não-Terra-média"?

Tópico em 'De Fã Para Fã' iniciado por Imrahil, 6 Fev 2008.

  1. Imrahil

    Imrahil Kyknos kyknón

    Taí uma questão que sempre me atormentou. OK, a Terra-média é duca e tudo mais, mas os textos do Tolkien que não têm relação com Arda são sensacionais. Farmer Giles é engraçadíssimo, Smith of Wooton Major é de um lirismo insuperável... vcs acham que há uma barreira que anda impedindo as pessoas de descobrir essas obras?

    Abração a todos,
     
  2. Almirante Ackbar

    Almirante Ackbar Usuário

    Eu não sei... Mas já que você tocou no assunto ultimamente tenho pesquisado outros livros de Tolkien sem relação com Arda (como vc disse) só por curiosidade, mas pelo que to vendo pelas opniões parece ser bons...
     
  3. Malaman

    Malaman Passion, what else?

    Eu por acaso nunca pensei nisso...
    E tambem nunca pesquisei sobre o assunto, mas ja que voçe tocou nele vou fazer uma pequena pesquisa para tentar ver o que descobro.
    Mas uma coisa que sempre penso quando ouço falar em tolkien e na terra media...
     
  4. Tarik Khalil

    Tarik Khalil Usuário

    Eu pretendo ler o Roverandom e o Mestre Gil de Ham logo assim que consequir os 2...
    Saindo em lingua portuguesa eu estou lendo... acho que o Histórias de Fadas também foi publicado em português... quanto a outros eu não sei.
     
  5. Tis

    Tis There and back again...

    Aí está.
    Sempre tive interesse em saber sobre o que mais Tolkien escrevia, mas nunca tive nenhuma referência, nunca conheci alguém que tenha "atravessado os limites de Arda".
    Vou aproveitar e perguntar: Quem já leu algum livro extra Arda, recomenda?
     
  6. Foxwulf

    Foxwulf Banned

    Dos livros do Tolkien, que não têm relação com o universo de O Senhor dos anéis, só li Roverandom e Mestre Gil de Ham.

    Achei Roverandom divertido, é um tipo de história que te faz viajar. Não se preocupa em colocar cada coisa em seu lugar, parece que Tolkien afrouxou a gravata, parou de descrever tudo em seus mínimos detalhes e resolveu apenas escrever uma história divertida.

    As referências ao universo de O Senhor dos Anéis são bem legais, como a passagem da baleia e o Homem da Lua (citado por Frodo em uma canção n'O Pônei Saltitante).

    Já, Mestre Gil de Ham... Tem uma história curta demais, que se arrasta. Não gostei, pouco interessante.
     
  7. Marco

    Marco may the force be with... wait

    Eu só li Roverandom e não gostei. E não é que o livro seja ruim, acho que só passei fa faixa etária foco. Depois disso não me preocupei em procurar mais nada dele, mais por nunca ter visto ninguém comentar nada das demais obras.
     
  8. Imrahil

    Imrahil Kyknos kyknón

    Tarik, a minha tradução comentada de "Sobre Estórias de Fadas" e "Leaf by Niggle" (Folha de Cisco) está disponível de grátis aqui na Valinor, ó:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Dê um scroll até "Tree and Leaf". É um PDF do meu mestrado.

    Mestre Gil (porcaria de tradução...) é MUITO engraçado. É um dos livros mais sofisticados do Tolkien, na verdade, porque é uma espécie de história fictícia da Inglaterra antes dos ingleses, com um monte de referências à época do rei Arthur, com brincadeiras etimológicas nos nomes dos personagens. O problema é que é preciso ser um gênio na tradução, e quebrar muito a cabeça, pra reproduzir tudo isso, coisa que a galera da MF, pra variar, não fez.

    Depois eu falo um pouco mais sobre os outros. Abraço,
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  9. Bárbara Teixeira

    Bárbara Teixeira Eu não quero mais ser um

    Realmente não sabia que elas existiam!!! Engraçado... a cada dia que passa descobro mais coisas por aqui!

    :abraco:
     
  10. Mírëloth

    Mírëloth Ex Eleri

    Eu só li Roverandon e Mestre Gil de Ham, os dois muito bons :yep:
     
  11. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    Li Mestre Gil de Ham e a Folha de Niggle e adorei os dois, principalmente Gil de Ham. Alguém que não esteja familiarizado com a escrita e temas do autor não vai perceber os livros à primeira, mas sempre pode procurar muitos textos de apoio e ensaios escritos sobre os livros que há pela Net - o mestrado do Imrahil é um excelente exemplo.

    Roverandom não foi publicado em Portugal, mas eu vou ver se encomendo uma edição do estrangeiro assim que puder.

    Em Portugal optaram por não traduzir expressões mais complicadas, colocando notas com o seu significado mais aproximado. Bom, não é o mais bem feito dos trabalhos mas sempre prefiro assim a traduções mais toscas que não nos permitam apreciar a profundidade da obra; em todo o caso o melhor é mesmo ler o original, se conseguirem.

    PS: Acabei de descobrir que tenho aqui um conto de Tolkien que não li, Smith of Wootton Major. Conhecem?
     
  12. Imrahil

    Imrahil Kyknos kyknón

    É, a impressão que dá é que os tradutores de Portugal têm uma tendência muito maior ao play-it-safe nesse sentido. Ao menos evita-se o risco, concordo contigo.

    Smith of Wooton Major é bonito, delicado e assustador ao mesmo tempo. Se eu fosse traduzir em termos "Terra-média" seria algo do tipo "o que aconteceria se um camponês da Inglaterra medieval visitasse Lothlórien e tivesse um confronto com Fëanor" ;-)

    Abraços,
     
  13. Imrahil

    Imrahil Kyknos kyknón

    Outros que eu recomendo muito:

    The Homecoming of Beorhtnoth Beorhthelm's Son: o nome não ajuda. Mas, entre outras coisas, é a única peça de teatro escrita pelo Tolkien; é um poema incrivelmente bem escrito, daqueles de ler em voz alta mesmo; e é uma ótima oportunidade de ver como o Tolkien se sai tratando de um tema da história medieval verdadeira -- no caso, a briga entre anglo-saxões e vikings no século X.

    The Monsters and the Critics: pra entender Beowulf de verdade (e apagar da mente as partes trash do filme); e pra entender que diabos se passava na cabeça do Tolkien quando ele inventava uma língua. É um livro de ensaios infinitamente melhor do que o desses intelectuais imbecis franceses estruturalistas que a gente tem de ler na faculdade.

    Abraços,
     
  14. Danee

    Danee Demônio angelical

    Eu tenho interesse pelas obras 'não-terra-média" sim.

    Já li Mestre Gil e é legal até. Eu fiquei beeem decepcionada pela história ser muito pequena e a edição que eu peguei tinha a história duas vezes: uma reformulada e a versão original, então eu estava com a impressão da história ser bem maior.

    Queria ler Roverandom, mas achar esses livros nas bibliotecas daqui é difícil.
     
  15. Com certeza!

    Amei todos que li anteriormente, mas Folha por Nigle é meu xodó!
    Alguém perguntou quais são as obras:

    Roverandom
    Mestre Gil de Ham
    Sobre contos de fadas
    (pelo menos os traduzidos aqui no Brasil)

    Vale a pena ler, são divertidos e mostram toda a sensibilidade latente do escritor.

    As cartas de J.R.R.Tolkien
    São ótimas principalmente uma que ele fala sobre sexo com seu filho Christopher, e acaba contando sobre seu casamento e sua idéia da sexualidade (Show, vale a pena!)
     
  16. Duilin

    Duilin Eruhín Alcarohtar

    Dos extra eu li o Roverandom e o Mestre Gil de Ham.

    Eu gostei dos dois.
    O Mestre Gil é muito mais simples e aparentemente mais curta que à do cão.

    Mas ainda assim gostei das duas. Muito infantis e um tanto "fantásticas".
    Recomendo.
     
  17. Ben Kenobi

    Ben Kenobi Aprendendo com um

    Acho que não tem muito a ver se o escritor for bom vai ser dificil ele escrever um ruim,apenas por mudar de genero ou a linha de história que ele tava seguindo.
     
  18. Imrahil

    Imrahil Kyknos kyknón

    Eu acho o Mestre Gil apenas aparentemente infantil.

    Tipo, é como O Hobbit: diverte fácil as crianças, mas tem sutilezas que só adultos pegam.

    Abraços,
     
  19. apenas comecei o Sobre Histórias de Fadas... sem tempo pra ler agora, sabe....
     
  20. Imrahil

    Imrahil Kyknos kyknón

    Pô, em vez de darem uma mão pros arquiinimigos, vcs podiam ler o Sobre Estórias de Fadas versão Valinor, né?

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Abraços marqueteiros,
     

Compartilhar