1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Uma duvida......

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por -Dain-, 6 Jul 2002.

Situação do Tópico:
Fechado para novas mensagens.
  1. -Dain-

    -Dain- Usuário

    to com essa duvida na cabeca pois nao descobri lendo o livro..
    Onde estavam localizadas as palantíri do reino da Arnor na época de Elendil??
     
  2. Galahan

    Galahan Lazy elven artist

    Creio que na cidade de Annúminas, na torre de Amon Sul, e na torre de Elostirion
     
  3. Deriel

    Deriel Administrador

    Piece of cake!!!

    [
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ]



    As sete pedras Palantiri ["As que enxergam longe"] foram feitas por Fëanor em Aldamar, em Aman; é dito: "... e outros cristais também ele fez, onde poder-se-ia ver as coisas de muito longe, de maneira pequena mais clara, como se fosse com os olhos das águias de Manwë". Elendil levou-as de Numenor para a Terra-média durante a Queda de Númenor em 3319 [Segunda Era]. Os Palantiri foram dados aos herdeiros de Elendil como um presente dos Eldar. Os Palantiri pareciam serem feitos de vidro sólido ou cristal de um tom negro bastante escuro, e eram perfeitamente esféricas, sendo o tamanho das menores cerca de 30 cm e das maiores entre 90 e 120 cm e tão poesdas que não podiam ser levantadas por um homem. Elas permaneciam em mesas feitas de mármore negro.

    O uso das pedras: as menores podiam apenas se comunicar com as outras uma a uma, uma terceira não poderia interromper ou interferir, e teria que esperar que a conexão fosse finalizada. Apenas as maiores eram capazes disso [a de Osgiliath e provavelmente a de Amun Sul]. Todas eram alinhadas com os pólos da Terra para serem funcionais, se por acidente fossem removidas não funcionariam até que seus pólos fossem alinhados novamente, tanto na horizontal quanto na vertical. Caso se desejasse enxergar o Leste, deveria se olhar nela do Oeste. As pedras menores era fixas em uma direção, mas estas poderiam ser alteradas. Com as maiores poder-se-ia apenas andar ao redor delas que o ângulo de visão mudava.

    Era necessária uma grande força de vontade para se utilizar os Palantíri com a máxima eficiência. Qualquer um poderia olhar dentro deles e enxergar o que estava em sua linha de visão mas apenas aqueles de vontade forte eram hábeis de enxergar coisas específicas, objetos ou humanos, concentrando-se neles. As sete pedras eram mantidas em:

    1 A cidade de Annuminas.
    2 A torre Elostirion em Emyn Beraid nos Portos Cinzentos.
    3 A torre de Amun Sul [mais tarde Topo do Vento].
    4 A cidade de Osgilliath em Gondor.
    5 A torre de Minas Ithil [mais tarde Minas Morgul].
    6 A torre de Minas Anor [em Minas Tirith] em Gondor.
    7 A torre Orthanc em Nan Curunir / Isengaard.

    O destino conhecido das setes pedras :
    1 e 3: Os Palantiri de Annuminas e o de Amun Sul afundaram na Baía de Forochel com Arvedui em 1975 [Terceira Era] enquanto Arvedui tentava escapar para Mithlond do maligno Re-Bruxo de Angmar. O Palantir de Amon Sul era o mais importante dos Palantiri ocidentais.
    2: O último Palantiri no oeste, deixou a Terra-média no mesmo navio com Elrond, Bilbo, Frodo, Galadriel e Gandalf. Este Palantir não se correspondia com os outros, mas olhava além do oceano, e Elendil podia olhar as Terras Imortais.
    4: O Palantir em Osgilliath, o mais forte deles e chamado Palantir de Anarion foi perdido na guerra civil, com a ruína e incêndio da torre na cidade em 1437 [Terceira Era] durante o reinado de Eldakar.
    5: O Palantir de Minas Ithil foi capturado por Sauron quando a cidade caiu sob a ira dos Nazgul [2002 Terceira Era]. Este Palantir era o de Isildur e desapareceu quando Sauron e seu reino negro foram finalmente destruídos em 3019 [Terceira Era].
    6: Permanecia em Rath Dinen com Denethor II, mas tudo que se podia ver nele, se não se tivesse o poder de mudá-lo de direção, eram as mãos queimadas de Denethor II.
    7: O último Palantir foi para as mão de Aragorn II [3019 da Terceira Era], e após sua passagem não é dito o que foi feito dele. Pode-se assumir que passou para seu filho Eldarion.
     
  4. -Dain-

    -Dain- Usuário

    HMMMM
    vlw ai...
     
  5. Gildor

    Gildor Usuário

Situação do Tópico:
Fechado para novas mensagens.

Compartilhar