1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Tolkien já pensou em desistir?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por lisseminte, 3 Out 2010.

  1. lisseminte

    lisseminte Nox!

    Eu estive pensando: É sabido que o intervalo entre o Hobbit e Senhor dos Anéis é de 14 anos, se não me engano (acredito que seja por volta dessa data, enfim, ele demorou bastante tempo, é isso que eu sei) A demora se explica pelo fato do autor ser perfeccionista e revisar muitas vezes os detalhes, não queria publicar nem um lixo,algo incompleto e contaditório. Mas, já pensaram se já não passou na cabeça dele desistir de Arda, de tudo que estava sendo formado?

    Ele não poderia ter se cansado de sua complexidade e do grande trabalho que a obra exigia ("que livro monstro, quanto mais fatos tenho de mudar ou acrescentar?"), principalmente por uma certa apreensão da atenção do público não corresponder ao seu esforço? (" Quem vai querer ler um livro assim? É enorme e fantasioso demais...")

    Certo, podem dizer: "Do que adianta você perguntar isso? E o que importa se ele pensou em desistir ou não? No fim, ele publicou,fez sucesso, conquistou leitores assíduos do mundo inteiro e virou até filme! E todo mundo ficou feliz!"

    É um bom argumento esse, com certeza. No entanto, penso que o meu tópico é menos inútil do que parece ser, pois ajudaria a visualizar, determinar a relação que Tolkien tinha com o mundo que ele próprio criou (e isso faz parte da discussão dessa parte do fórum das obras e pode ajudar no entendimento destas, também). Não tão inútil assim, tá bem?
     
  2. CaiÒ.ó

    CaiÒ.ó Usuário

    Não, seu tópico não foi inútil, admito que nunca tinha pensado nisso de um modo muito profundo, é interessante...

    Eu penso que ele não tenha pensado em desistir, o problema é que as pessoas (não to falando isso para você, mais para todo mundo xD) esquecem de que os grandes gênios, também tem vida... Ele sem dúvida amava sua obra. Acho que amar o que se faz, é umrequisito básico para conseguir criar algo tão 'grande', em muitos sentidos.

    E o que as vezes atrasa não é só falta de tempo, mais o estado de ânimo, a 'fase' que a pessoa está passando... Eu admito que nunca li a biografia, ou As Cartas AINDA, por isso o que eu estou falando pode ser uma grande besteira, mais é isso o que penso! ;D

    Tenken :lily:
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. Pityë Lómelindë

    Pityë Lómelindë numa Gondolin imaginária

    Oi, Caiò,

    Eu concordo com vc. Tolkien era antes de tudo um ser humano e o medo, o receio, a dúvida são caracteristicas intrinsecas da humanidade.
    No prefácio de SdA, ele fala um pouco das críticas que sofreu nos longos anos de escrita. E, como se já não fosse muito criticado por colegas e curiosos, ele se considerava o maior crítico dentre todos.
    Dúvidas? Eu acho que ele teve sim, e muitas. Mas, o grande diferencial do professor é que ele as superou e se tornou imortal através das suas palavras...
     
  4. Luz do leste

    Luz do leste Usuário

    É possível que sim, que a idéia de desistir tenha vindo algumas vezes na cabeça do professo, afinal de contas, foram tantos anos trabalhando na obra... E como vocês mesmo disseram são muitos fatores que acabam influenciando nos nossos projetos de vida; e quem nunca pensou em desistir de algo importante, que acabou dando certo no final?
     
  5. CaiÒ.ó

    CaiÒ.ó Usuário

    Hehehe realmente concordamos Pityë-san ^_^

    Só uma dica... Arruma seu Avatar (imagem)... Tá grandinha para os padrões do fórum ;D

    Tenken :lily:
     
  6. Pityë Lómelindë

    Pityë Lómelindë numa Gondolin imaginária

    oK, Já dei um jeito nesse rouxinol metido que só quer aparecer...rsssss

    Valeu pelo toque!
     
  7. Anwel

    Anwel Nazgûl Cavaleiro

    Na impressão que eu tenho do Professor, ele era determinado demais pra desistir.
    E, o mais importante: ele escrevia pra ele, porque era um prazer, um exercício que lhe agradava.
     
  8. Acho que não se desiste daquilo que se tem prazer em fazer; e Tolkien o tinha em escrever seu mundo.
     
  9. cpm22

    cpm22 Visitante

    Escrever não é algo tão simples, como pegar o livro já pronto e só ler. Escrever requer conhecimento do assunto, tempo, disponibilidade, interesse, e acima de tudo criatividade. Não basta apenas você ser formado em letras, ou algo do tipo. Escrever também cansa, e muito! Sei disso porque conheço pessoas que são escritores natos, e muitos já chegaram a desistir. O fato da desistência não seria apenas por falta de criatividade, mas penso que, pelo cansaço físico e mental, vivemos em um mundo tão corrido, e temos tantos problemas que muitas vezes não conseguimos nós concentrar. Isso é fato! e escritores podem sim desistir, como disse pelo cansaço, pela fadiga mental que realmente é crucial. Não posso afirmar que Tolkien já tentou desistir, pois ele ficou praticamente sua vida inteira escrevendo tuas obras, ele queria criar uma nova mitologia, e sua perfeição na leitura era admirável! Tolkien, passou metade de sua vida com lápis e papéis nas mãos (Lembrando-lhes que em vida ele publicou somente ''' O Hobbit'') Poderia não ter publicado o restante por, ainda não estar em sua plena perfeição (Pois ele revisava várias e várias vezes teus manuscrito). Penso que Tolkien por sua vez não tenha pensando em desistir, mas como um toc (transtorno obsessivo compulsivo) o dele poderia ser de perfeição, ele passou a vida inteira escrevendo e tentando criar um mundo mais perfeito, que nosso mundo real.
     

Compartilhar