1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Por que Blu-ray e não Blue-ray?

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por BeorZenni, 6 Jan 2011.

  1. BeorZenni

    BeorZenni Usuário

    Para começar esse post existe uma pequena duvida que a maioria das pessoas um dia já se perguntou ou ainda perguntará. Escreve-se “Blu-ray” ou “Blue-ray”? ou porque “Blu-ray” e não “Blue-ray”?
    O que acontece é que muitas pessoas (até mesmo eu) tem uma característica de nunca ler uma palavra inteira antes de ler à próxima. Quem sabe seja por conta disso, que eu nunca tinha reparado que a nova tecnologia de mídia digital chama-se “Blu-ray” e não “Blue-ray”.

    Eis que surgiu outra dúvida:
    O leitor realmente utiliza laser (raio) azul, porque Blu e não Blue? Sendo lógico a esse ponto isso nem parece uma questão difícil de solucionar. Mas acontece que a explicação para isso é bem simples, acompanhe…
    É que “Blue” (azul em inglês) é uma palavra muito comum, várias leis de registro d
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e marcas pelo mundo
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    todo não permitem a utilização dessa palavra para registrar um nome/produto.
    A maioria dos que usam computador desde a década de 90, deve se lembrar de que depois dos processadores Intel 286 (lê-se separado: dois-oito-meia) vieram os 386, depois os 486 e depois… Não, não vieram os 586. A Intel, por problemas parecidos de registro de marca, alterou o nome da linha de processadores para “Pentium”.
    Pelo mesmo motivo tiveram que colocar o nome de "Blu-ray" e não "Blue-ray".
     
    Última edição: 6 Jan 2011
  2. dermeister

    dermeister Ent cara-de-pau

    Só para constar, em meados de 1996 eu tinha micro com processador 586 133MHz -- fabricado pela Cyrix =)
     
  3. Allënheisch

    Allënheisch Slavsia!

    Na verdade, é que o correto seria "blù-ray" (blù= azul, em italiano), devido ao patenteador ser italiano mesmo, e também pelo fato de que em alguns países, não se pode usar nomes comuns para registrar uma marca.
     

Compartilhar