1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Por falta de dinheiro, eleições de 2016 serão manuais, diz portaria da Justiça

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Fúria da cidade, 30 Nov 2015.

  1. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    • Urna eletrônica usada desde 1996
    Por falta de dinheiro, as eleições municipais de 2016 serão realizadas manualmente. É a primeira vez que isso acontecerá desde 2000, quando todo o eleitorado brasileiro começou a votar eletronicamente. A informação de que o contingenciamento impedirá eleições eletrônicas foi publicada no DOU (Diário Oficial da União) desta segunda-feira, 30.

    "O contingenciamento imposto à Justiça Eleitoral inviabilizará as eleições de 2016 por meio eletrônico", diz o artigo 2.º da Portaria Conjunta 3, de sexta-feira (27). O texto é assinado pelos presidentes dos STF (Supremo Tribunal Federal), TSE (Tribunal Superior Eleitoral), STJ (Superior Tribunal de Justiça), TST (Tribunal Superior do Trabalho), STM (Superior Tribunal Militar), TJDF (Tribunal de Justiça do Distrito Federal) e respectivos conselhos.

    A portaria afirma ainda que ficam indisponíveis para empenho e movimentação financeira um total de R$ 1,7 bilhão para STF (R$ 53,2 milhões), STJ (R$ 73,3 milhões), Justiça Federal (R$ 555 milhões), Justiça Militar da União (R$ 14,9 milhões), Justiça Eleitoral (R$ 428,9 milhões), Justiça do Trabalho (R$ 423 milhões), Justiça do Distrito Federal (R$ 63 milhões) e Conselho Nacional de Justiça (R$ 131 milhões).
    As urnas eletrônicas foram usadas pela primeira vez em 1996. Mas somente nas eleições de 2000 todo o eleitorado votou eletronicamente.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    ------------------------------------------------------------------------------

    De volta ao papel. Não escondo que estava até com uma certa saudade.
     
  2. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Oba! Vou poder votar no Darth Vader...
     
    • LOL LOL x 2
  3. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Que derrota.
     
  4. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

  5. adrieldantas

    adrieldantas Relax and have some winey

    A favor. Prefiro os papéis.
     
  6. fcm

    fcm Visitante

    E eu que sempre imaginei que a tecnologia viria pra derrubar custos.
    Aqui no STJ ocorreu ao contrário... interessante, não?
     
  7. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Só pra constar: Nada impede que isso seja uma briga entre Judiciário e Executivo. O Executivo anuncia cortes de recursos para o Judiciário e o Judiciário responde com uma ameaça (talvez pouco crível) que constrange o governo com o público.

    Faz sentido que os custos sejam menores sem as urnas eletrônicas? Não.
    O anúncio do Judiciário expôs o governo diante da opinião pública? Sim.

    Então é uma possibilidade bem plausível.
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  8. Eriadan

    Eriadan Usuário Usuário Premium

    Isso seria um pesadelo para mim, que trabalho na apuração dos votos no dia da eleição. Na verdade não é bem apuração, a gente só faz conferir se a zerésima e os boletins de urna estão conformes, e é uma maravilha, folgas dobradas adquiridas no mole. :mrgreen: Se passar a ser manual, acho que a CONTAGEM vai sobrar pra gente, vou fugir!
     
    • LOL LOL x 2
  9. Omykron

    Omykron far above

    vai faltar concurseiro para ser mesário?!
    duvido.
     
  10. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Sem dúvida que uma eleição manual nos tempos atuais movimentará muito mais gente, inclusive os fiscais de partidos que dependendo do grau de equilíbrio do pleito, proporcionam um ambiente pra lá de tenso.
     
  11. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Ótimo Ótimo x 4
  12. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Não consigo imaginar a volta do papel para voto. Chega de papel!!
     
  13. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    O único papel que tenho raiva são os famosos "santinhos" distribuídos próximos aos colégios eleitorais. Uma vez cai um tombo feio no chão porque no dia da eleição choveu e todos aqueles papéis acumulados no chão depois de molhados viraram uma gosma e escorreguei nela.
     
    • LOL LOL x 1
  14. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    • Gostei! Gostei! x 2
  15. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Eu que sou mesário, mas nunca trabalhei numa eleição usando papel, eu não consigo imaginar a trabalheira que dá para contar os votos, e depois reconta, que stress deve ser.

    Ainda bem que a votação eletrônica está garantida para o ano que vem.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  16. Clara

    Clara Antifa Usuário Premium

    Idem comigo (sou mesária) já tava sofrendo por antecipação imaginando o caos que deve ser trabalhar com voto de papel.
    E que palhaçada esse negócio hein?
    No fim, conforme a notícia que a Ana postou, parece que foi pra causar mesmo. :tsc:
     

Compartilhar