1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Os filhos de Anansi - Neil Gaiman

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por imported_Menegroth, 26 Nov 2007.

  1. Resolvi abrir esse tópico porque estou adorando esse livro. É realmente viciante.
    Ainda mais com esse começo:

    E depois de ler isso pensei....Silmarillion.:cerva:

    Ai fechei o livro e fiquei pensando. Anansi é um deus africano. Tolkien, esteve por um bom tempo na África.
    Essa história de criar um mundo por uma canção vem dai?:think:

    A narrativa do livro é muito boa e envolvente. Realmente você se apega aos personagens e começa a sentir muita pena do abobalhado Fat Charlie e sentir raiva do sem coração Spider.

    O legal da narrativa e que de uma hora pra outra ela muda de um personagem para outro de forma que as coisas que estão fazendo ao mesmo tempo se encaixem e realmente mostra ao leitor que elas estão interligadas.
    Não bastasse por isso existe também o que vou chamar de "bons comerciais". Eu não sei o suficiente de literatura para dizer o que exatamente é isso, mas no meio da narrativa há uma pausa (como um comercial de tv). Essa pausa é para começar uma história diferente da que está sendo contada, mas que vai explicar muita coisas osbre um dos personagens. É engraçado que ela acontece em dois casos.
    1- Quando a narrativa da história real está excelente e te prendendo.
    2 - Quando a narrativa da história real está perdendo o interesse.

    Você intercala sentimentos de "Ai, vou pular essa parte" com "Ainda bem que essa interrupção chegou".

    Confesso que só tinha lido uma histórinha da Morte e ela nem falava tanto, e não tinha entendido porque todos diziam que o Gaiman era bom.
    Agora eu sei.
     
  2. Marco

    Marco may the force be with... wait

    Eu a gente fica assim eu te empresto o Belas Maldições e você me empresta os Filhos de Anansi! E esse Tolkien, huh? Que pequeno garotão!
     
  3. Anica

    Anica Usuário

    Uma coisa que me conquistou logo de cara em Os Filhos de Anansi foi a dedicatória. Vou fazer uma tradução livre do original, porque como comentei em algum tópico por aqui, o meu é um paperback importado.

    "VOCÊ SABE COMO É. Você pega um livro, pula para a dedicatória, e descobre que, mais uma vez, o autor dedicou um livro para outra pessoa que não você.

    Não dessa vez.

    Porque nós não nos conhecemos ainda/nos conhecemos só de vista/somos loucos um pelo outro/não nos vemos há muito tempo/somos de alguma forma parentes/nunca nos conheceremos, mas iremos, acredito eu, apesar disso, pensar sempre com carinho um no outro...

    Esse é para você.

    Com você sabe o quê, e provavelmente sabe porquê."

    O livro tem um tom meio Douglas Adams,acho que por isso gostei tanto. Mistura muito bem humor e fantasia e, o que é melhor, não é idiota. Fazia tempo que algo do Gaiman não me agradava tanto, tanto que até me enrolei para ler esse. Foi uma ótima surpresa =D
     
  4. Olha...era exatamente isso que eu fazer agora...falar da dedicatória.

    Pode parecer bobeira, mas no mundo de hoje, qualquer agrado ao cliente, qualquer diferencial, qualquer fidelidade é algo assustadoramente bom.
    Ele foi perfeito. Ganhou o "cliente" logo de cara. Mesmo que você não goste do livro, vai se lembrar da dedicatória para sempre.
     
  5. Luciano R. M.

    Luciano R. M. vira-latas

    O Anansi é muito bom. Ele é um tanto mais ingênuo que o 'American Gods', eu acho. E isso é a principal 'vantagem' dele sobre o American... Não que eu não goste dos dois, hehe
     
  6. Ronzi

    Ronzi Oh, Crap!

    Putz, adoro esse povo chique de Curitiba que manja de inglês, hehe.

    Filhos de Anansi foi o primeiro livro que li de gaiman depois de Sandman, só depois caiu na minha mão Belas maldições e mais recentemente Lugar Nenhum.

    Nesse livro, Filhos de Anansi, percebi que um genial roteirista de quadrinhos pode ser tb um bom escritor, pois admitos que fiquei meio "cabreiro" quando peguei um livro do Gaiman na mão, afinal tem tanto modelo querendo ser ator, não é?
     
  7. Raawwrrrr

    Raawwrrrr Usuário

    Recomendo ler "A Voz do Fogo" do Alan Moore então...
     
  8. Ptah

    Ptah Usuário

    Eu tenho uma relação engraçada com livros do Gaiman. Começo reclamando para mim mesma que esta cansativo de ler, mas não consigo parar. Com o Filhos de Anansi foi a mesma coisa. Comecei pensando "os quadrinhos eram tão melhores" e acabei ficando uma noite quase sem dormir para terminar o livro!!!!
     
  9. Marco

    Marco may the force be with... wait

    Eu terminei de ler semana passada. E foi bem o que a Ptah falou. No começo a leitura não andava. larguei o livro várias vezes, e reli vários trechos porque simplesmente não conseguia me concentrar.

    O legal do Gaiman é que ele vai jogando personagens e fatos a princípio desconexos, mas conforme vamos chegando ao clímax do livro a história vai formando uma teia tão bem amarrada(metáfora bem apropriada aliás) que é impossível não gostar!

    Adorei na minha lista em primeiro lugar preciso ler Deuses Americanos e depois Lugar Nenhum.
     
  10. Anica

    Anica Usuário

    Vai por mim, Marco, inverte a ordem e vai de Lugar Nenhum antes. O Deuses Americanos é meio que aquele livro que é só para dizer que você já leu tudo de Gaiman, não é muito bom, não.
     
  11. Clara

    Clara Antifa Usuário Premium

    Que história bacana!
    Bem que a Anica falou (em outro tópico e agora leio aqui também) que é muito melhor que "Deuses Americanos".
    A leitura flui que é uma delícia, li em três dias (só à noite e no transporte pro trabalho e pra casa) e o livro é principalmente muito engraçado (sem ser bobo, como a Anica escreveu).
    No início do livro, como o Menegroth, eu também lembrei do Silmarilion do Tolkien.
    E adorei a dedicatória do Gaiman "pra mim"! :lol:
     
  12. imported_Nanda

    imported_Nanda Usuário

    Vou comprar, mas to na dúvida se compro em inglês ou em português. Alguém da uma dica? A escrita em inglês do Gaiman é tranquila ou terei um cadim de trabalho como qdo leio algum clássico?
     
  13. Anica

    Anica Usuário

    É tranquila, ele tem um jeito bem simples de escrever - especialmente nos romances que têm um tom mais cômico, tipo o anansi =]
     
  14. ClaudiaCharao

    ClaudiaCharao Usuário

    Eu quero muito ler esse dele - pedi no Trocando Livros (não chegou ainda), dele só li Lugar Nenhum e alguns contos, gostei muito.
     
  15. imported_Nanda

    imported_Nanda Usuário

    Eu ainda não consegui comprar, acho que vou esperar a época da Bienal, onde me endividarei horrores pra comprar livros. E vou pegar o inglês mesmo então, já que é tranquilão. Talvez pegue antes, preciso ver o preço no Amazon.
    Impressionante como eu gostei da escrita do Gaiman. To surpresa.
     
  16. Anica

    Anica Usuário

    o estilo dele é uma delícia, ele mexe com as palavras como poucos. não digo nem tanto pelos jogos de palavras, mas a forma como conta história também. tem qualquer quê de oralidade ali que parece que ele está na sua frente contando as histórias para você, é muito legal.

    aproveitando o tópico para colocar um video do mr. gaiman falando sobre anansi boys:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
  17. .Penny Lane.

    .Penny Lane. Usuário

    Eu comprei esse livro, mas parei no começo - não porque não estava gostando, mas sim porque uma pessoa me viu lendo e me ofereceu o Deuses Americanos(que não se acha em lugar nenhum mais), aí pra não ficar muito tempo com ele resolvi deixar o Anansi pra depois. Mas estava gostando bastante... uma coisa que me deixou curiosa é que Anansi aparece nos dois livros, mas pelo que eu li até agora parecem ser personagens completamente diferentes. oO
     
  18. Ramalokion

    Ramalokion Mecha-de-Folha

    São o mesmo personagem em ambos os livros; talvez vc tenha estranhado pq no coemcinho de FdA fale-se mais dos filhos mesmo, ams depois vc vai ver que é o bom e velho Aranha!
     
  19. Dwarf

    Dwarf Usuário

    Serio Srta. Joy q vc prefere o "filhos de anansi" ao "deuses americanos"? Eu gosto tanto do Deuses americanos q reli faz uns 2 meses e eu nao sou muito de reler livros.

    Amei o neverwhere, na Campus Party consegui baixar todos os episodios do seriado, mas ate hoje nao parei pra ler.

    Sei la, acho q historia do Deuses americanos mais profunda mais encorpada..... o filhos de anansi é legal, mas nao consegui embarcar tanto, prefiro o Belas maldiçoes no quesito literatura fantastica de humor ,o Terry Pratchett (q por sinal cabei descobrir virou SIR Terry Pratchet) pra mim ainda é mestre^^
     
  20. Anica

    Anica Usuário

    Uhum, sério mesmo =]

    Cheguei à conclusão que o American Gods no final das contas é ainda muito Sandman (é como se ele pegasse uma fatia daquilo, como por exemplo a reunião dos deuses pedindo as chaves do inferno para Sonho, e desenvolvesse). Anansi boys, apesar de tudo, me parece mais original, mais livre dessa coisa de Sandman (embora ainda lide com a premissa de deuses caminhando entre humanos e blablabla).
     

Compartilhar