1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Onde vamos parar? O Preço Abusivo das HQs

Tópico em 'Quadrinhos' iniciado por Garth Blackwood, 5 Mar 2006.

  1. Garth Blackwood

    Garth Blackwood Dragon Highlord

    Passei numa banca essa semana para ver as novidades e dei de cara com o último lançamento da Mythos: Camelot 3000. Achei interessante a revista, parece ter sido bem feita. Eu já tenho a série em formatinho, por isso não me interessei em comprar. Mas por curiosidade, olhei o preço, como sempre faço. Foi aí que me assustei: R$ 59,90! O que a Mythos pensa? Que vai ganhar rios de dinheiro vendendo a este preço? Que os colecionadores de HQ vão fazer de tudo só pra adquirir uma famosa série? A primeira vez que pensei nisso foi com Rising Stars. R$ 29,00 numa encadernação apenas do primeiro volume da série. Ou seja, eu pagaria 30 reais numa revista que sabe-se lá quando vou poder ler a continuação, só porque ela tem um acabamento bem feito? Ou porque a série é conhecida lá fora?
    E não é só a Mythos. A Devir também é conhecida por seus preços caros. A Panini vende alguns encadernados a, no mínimo, o dobro do preço das revistas mensais. É, desse jeito fica difícil colecionar hq's hoje em dia.
     
  2. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Aí ninguém compra, então eles dizem que não tem consumidor para esse tipo de trabalho, aí lançam só os títulos comuns de sempre (x-men, batman, homem-aranha, etc.) e aí a culpa é nossa, etc.

    Ô, círculo vicioso mais chato. Eu ando extremamente putiada com essa questão do preço da revista porque tenho certeza que de certa forma esse foi um dos fatores que contribuíram para o cancelamento do Dylan Dog. A Bonelli alega que cancelou o título pq tinha poucos compradores, mas caraca, quem vai gastar 7,90 num formatinho de, sei lá, 34 páginas de papel jornal? :eek:
     
  3. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Essas edições da Mythos são fogo de palha. Segura uns 2 meses que ela aparece por R$ 4,50.
     
  4. Goba

    Goba luszt

    Porque se não aparecer por esse preço, não há como pagar.

    Nem os R$11,90 (ou seriam 12?) que eu vi cobrando de Lobo Solitário, apesar de que acho que vou fazer um esforço pra pagar esse.

    Agora, vejam só. A Ediouro lançou uma mini-série francesa (!!!), com lingüagem estupidamente diferente da dos comics (!!!), com papel de qualidade e em formato grande (!!!) por estupendos, e valendo cada centavo, R$6,90 (da segunda à sétima revista, a primeira foi R$5,90 pois veio em papel jornal) (!!!!!!!!!!!!!!!!!!)!

    Sério. A Mythos e a Panini poderiam começar a vender alguma revista alternativa de jogos (como as palavras-cruzadas da Ediouro) pra ver se não precisa abusar tanto assim dos preços das HQs.
     
  5. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    poucos se espelham no Silvio Santos e no Samuel Klein (e esses poucos seguem o sucesso dos dois) querem ficar ricos usando Daslu como modelo tsc...

    Neste caso, acho que você não tá enxergando direito... tipo, eu teria de desembolsar o triplo deste valor se fosse comprar o original (e tendo de penar para ler em japonês). E lembre-se que os outros mangás mais "baratinhos" saem bem mais caros em termos de preço/número de páginas, mas ninguém percebe pagando 5 reais cada. :roll:
     
  6. Jujuba!

    Jujuba! Habitante de Othrya

    Tem razão! A Ediouro me surpeeendeu com Arthur, Uma Epopéia Celta naquele formato, todo colorido e ainda assim por um preço acessível.


    Bom, eu dificilmente desenbolso mais do que dez reais numa revista de banca. Albuns mais caros eu espero pacientemente um Fest Comics da vida para comprar mais barato, ou mesmo procuro em sebos.
     
  7. Ben Kenobi

    Ben Kenobi Aprendendo com um

    Eu sempre tive vontade de colecionar HQ mas pelo preço ser muito alto nunca começei.
     
  8. Pips

    Pips Old School.

    Acho que eles querem mais assinantes do que compradores de bancas, mas vai saber.
     
  9. TT1

    TT1 Dilbert

    De boa, voces acham o preço alto? 4 revistas num mix por R$ 6,90?
     
  10. Cad

    Cad The punishment is loneliness.

    Aproveitando. Algumas graphic novels estão muito caras sim. As vezes importando sai mais barato.
     
  11. Garth Blackwood

    Garth Blackwood Dragon Highlord

    Não, as mensais, de R$6,90 não são caras. Mas encadernados são. Claro que alguns têm que ser, como Sandman da Conrad ou Monstro do Pântano da Pixel. Essas são edições especialíssimas, com toda a qualidade que merecem. Mas normalmente não é assim.

    Agora vem a Pixel... tudo bem, os lançamentos são ótimos, mas seria melhor se lançassem hqs como Planetary, Fábulas e Authority do início. Tá, eles dizem que a Devir já lançou, mas aí cai no assunto do tópico. A Devir lançou num preço absurdo, e com certeza a maioria dos leitores não comprou. Fora que a qualidade da Devir é meio estranha... alterações de tamanho no formato e tal...

    Por que não fazem como fizeram com 100 Balas? Um arco por edição, preço bom (R$8,90 se não me engano).
     
  12. Alex

    Alex Mugen no Juunin

    Rising Stars da Mythos, além de caro, era de péssima qualidade. Parecia xerox colorido! Mas esses preços deles também acontecem devido a tiragens baixas. Quanto menor a quantidade impressa, maior o preço.

    Mesma coisa vai rolar com a Bonelli (que, se não me engano, sai pela Mythos também). A tiragem não é das maiores, e realmente o preço tá alto. Mas mesmo antes de encarecer, não era algo que vendia tanto (pelo menos na comic shop onde compro, de acordo com os donos).

    Mas não vi ninguém reclamar dos 6,90 quinzenais por 100 páginas (que descolam da capa) do Fullmetal Alchemist da JBC... isso soma 13,80 mensais, quando um volume de mangá com mais de 200 páginas da Panini (como Bleach, Gantz, Fullmetal Panic e outros) custa entre 9,50 e 9,90. Pior ainda, os fãs reclamam mas compram - só que esse eu to fazendo questão de boicotar.


    Com certeza é melhor garantir um ano de compras com uma assinatura do que contar com o comprador de bancas, mas este segundo ainda é o que ganha em número. Mesmo porque, grande parte não compra todos os títulos da marvel, por exemplo, pra assinar o pacote com 6 revistas.

    Concordo, esse preço tá muito em conta. Uma história isolada custa o que, 3 dólares? Seriam U$ 12,00 pra ler esse mix de R$ 6,90...
     
    Última edição: 27 Ago 2007
  13. Lord Ashram

    Lord Ashram Denny Crane

    Eles não podem lançar essas edições que já sairam pela Devir por contrato.
    Na verdade, não podem lançar até completar 1 ano de lançamento pela Devir.
    Mas se me lembro bem, eles já falaram que devem republicar isso tudo seguindo os padrões Pixel assim que essa clausula contratial vencer.
     
  14. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    O que posso dizer...comprem as revistas antes que retornem em edições di catigoria! Eu to sangrando com R$ 29,90 pelos volumes relançados de Nausicaä, é foda. E nem vou citar Sandman... é melhor procurar em sebos.
     
  15. Alex

    Alex Mugen no Juunin

    Não são volumes relançados, estão sendo lançados pela primeira vez. Direto igual o japonês, em formato grande e com mesmo número de páginas que o original.

    Sandman em sebos, se achar completo, duvido que encontre num estado decente a essas alturas (o Sandman da editora Globo, que foi a única a terminar a série aqui). Pra quem quer as edições "mais baratas", parece que a Pixel vai lançar quando a Conrad terminar os encadernados (faltam os últimos dois apenas - Entes Queridos e Despertar).

    A questão aí é que fica uma escolha: querem uma edição barata apenas pra ler e jogar fora ou um encadernado pra ler, guardar e colecionar? Pra cada uma das opções, existe um preço a pagar e um nível de qualidade do material usado.

    Querer um encadernado do Sandman com a qualidade que a Conrad tá lançando por menos de 50 reais já é demais...
     
    Última edição: 6 Set 2007
  16. DiegoFerrite

    DiegoFerrite Usuário

    Alex, não leio sandman e nem sei como são esses encadernados ( que sem dúvidas devem ter uma qualidade mto boa)..mas 50 contos não é muito caro não?

    Levando em consideração que sin city é mais barato, alguns capa duras são mais baratos, e livros em geral são mais baratos...

    sei não, posso estar falando besteira porque nunca vi o encadernado, mas achei caro demais.
     
  17. Alex

    Alex Mugen no Juunin

    Então.. esses do Sandman têm um formato maior que o americano, papel couché com impressão colorida, capa dura e geralmente umas duzentas páginas. Sin City é mais barato, com certeza: papel sulfite, formato americano, capa mole, impressão P&B (salvo excessões, aquelas páginas com desenhos em vermelho, azul ou amarelo que se destacam). Mas nem é tão mais barato assim, você não encontra um volume de Sin City por menos de 35 reais, e o mais caro (De Volta Para o Inferno) custa mais de 50.

    Livros em geral não são mais baratos. Por que o Contos Inacabados, por exemplo, custa mais de 50 reais? Mesmo livros bem menores, como Roverandom, custam em torno de 30...

    Muitos leitores acham que existem só os custos de produção e esquecem que a editora é uma empresa, e como qualquer uma, se mantém com lucro.
     
    Última edição: 6 Set 2007
  18. TT1

    TT1 Dilbert

    Falando nisso comprei numa tacada só, no submarino as três Biblioteca Histórica lançados até agora: Homem Aranha, Quarteto Fantástico e Vingadores.

    Ainda meti cupom de 20 reais de desconto e frete grátis. No final das contas os três juntos sairam por 109 reais. Uma PE-CHIN-CHA
     
  19. Alex

    Alex Mugen no Juunin

    Comprei só a que me interessava mais, a do Homem-Aranha =]
    Esse mês sai a dos X-Men...

    Essas edições, por exemplo (aproveitando pra voltar ao tópico) custam 50 reais cada. Mas é material de primeira: tudo que usam no sandman (menos o formato, que é americano), e ainda com verniz na capa... não tem como produzir um troço desses por menos que isso.
     
  20. Sem nome ainda

    Sem nome ainda Oh, Crap!

    Não acho caro, lá fora HQ também não é barato, pelo menos não tão barato assim.

    Para que gosta de quadrinhos e não se importa deles serem usados, em SP na esquina da Paulista com a Consolação, existe no subsolo a Galeria dos Livros, onde além de livros bacanérrimos com edição esgotada, autores malditos, etc, é possível encontrar quadrinhos em ótimo estado de conservação pela metade do preço. Só para ter uma idéia, já que citaram Sandman, Prelúdios e Noturnos lá saia por trintão.
     

Compartilhar