1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Olímpiadas 2012 O que esperar do Brasil em 2016?

Tópico em 'Esportes' iniciado por [F*U*S*A*|KåMµ§], 12 Ago 2012.

  1. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    O que acham que dá pra esperar pras olimpíadas de 2016?
    O Brasil já estará qualificado para todos os esportes. Só que não teremos a classe Star no velejamento, que é uma das modalidades olímpicas que mais temos tradição.
    O judô promete ser hegemonico, e eu confio nisso, vide Pan e Mundial que tivemos por aqui.
    Futebol e volei sempre somos um dos favoritos. Basquete masculino teve uma evolução fantástica.


    Mas vejamos a evolução que normalmente os anfitriões mostram:

    Grã-Bretanha:
    China:
    Grécia:
    Austrália:


    Brasil:


    Sou eu ou alguém mais acha que a evolução brasileira aqui no Rio vai ser tipo a da Grécia em 2004?
    E isso porque a Grécia tá em draga há bastante tempo. Mas claramente dá pra ver que o Brasil meio que parou no tempo.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  2. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Concordo contigo sobre o parar no tempo, mas acho que tem o efeito "casa" também. Uma ligeira melhora é esperada. Talvez perto do top 10 (o que é o objetivo).
     
  3. Ainurian

    Ainurian Visitante

    Bom, quanto ao rendimento esportivo, eu realmente espero que o ouro no futebol masculino saia. Se ficar acima do 20° por mim tá bom, com o incentivo que nossos atletas têm, não dá pra pedir muito.

    Mas espero também que a abertura cite pelo menos por dois segundos algum escritor que não seja Jorge Amado em Gabriela.
    O Brasil não é só o país de carnaval, índio, candomblé, mulé gostosa e futebol.
    Temos cultura!
     
  4. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Esse é um erro que todos nós cometemos.
    A cobrança não tem que ser sobre os atletas que recebem bolsa atleta de menos de 2000 reais, ou patrocinadores enxutos. Tem que ser sempre APENAS em cima desses dirigentes preguiçosos e canalhas que pegam boa parte do dinheiro para beneficio próprio, com salários de dezenas de milhares de reais, viajando de primeira classe e mandando os atletas de economica, etc.

    A cobrança que eu faço não será mais em cima de atletas (com excessão de futebol que são todos milionários), mas em cima desses fanfarrões que já receberam um aumento BASTANTE considerável de patrocinio neste ciclo olimpico e não mostraram evolução nenhuma. E agora os patrocinios irão aumentar mais ainda.
     
  5. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Não dá para esperar que só o apoio da torcida faça milagre, nós não damos apoio nenhum nos outros 4 anos e queremos que eles façam milagres, apoio no sentido financeiro, o futebol masculino tinha obrigação de vir com ouro sempre, eles recebem mais do que valem e fazem menos do que é esperado, agora quem faz judô, atletismo, basquete se consegue uma medalha de bronze fez muito mais do que devia, pois o apoio é zero.
     
  6. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

  7. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Eu acredito que o Brasil irá brigar pelo top 10. E estou sendo um pouco otimista nisso.
     
  8. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Eu não acredito em Top 10.

    Ontem eu vi uma entrevista com o José Carlos Brunoro (Ex-Parmalat) muito sensata acreditando que o Brasil só vai começar a brigar por Top 10 somente a partir de 2020 desde que seja iniciado agora sem perder um dia sequer um trabalho de impacto forte que comece em todas as escolas e universidades como fazem os países que já estão várias décadas a frente do Brasil nesse trabalho.

    Nisso concordo com o Fusa que o Brasil será outra Grécia.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  9. Jeff Donizetti

    Jeff Donizetti Quid est veritas?

    Previsão otimista: Entre 9º e 10º no quadro geral de medalhas;

    Previsão pessimista: do 16º ao 20º;

    Previsão realista: Se chegar entre os 15 está mais do que bom.
     
  10. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Por isso que eu disse que é algo bem otimista da minha parte. Por exemplo, caso o Brasil tivesse ganho o Ouro no futebol e vôlei masculino nessa edição, teria terminado em 15º. Seria uma posição bem interessante no quadro de medalhas.

    Eu sei que eu estou usando um "se" ali no meio e não foi o caso, mas eles eram grandes favoritos e em casa talvez o fator torcida tivesse feito a diferença.
     
  11. pelego

    pelego Usuário

    Pra mim vai ser o mesmo fiasco de sempre. E o que mais me apavora é ver a Grã Bretanha, com uma população 4 vezes menor e um pib muito parecido com o brasileiro conseguiu este ano 25 ouros, sendo que pelas informações lidas aqui foi de 9 ouros em 2004 depois 19 e agora 25.

    O Brasil se conseguir 6 ouros será demais. Imagina então sonhar com 10 medalhas douradas? A não ser que até lá surja um grande nome na natação e no atletismo (coisa que nunca tivemos) para sonhar. Só o Ryan Lochte acho que tem mais medalhas que todos os brasileiros da natação, e olha que ele nem chega perto do grande Phelps.

    Acho muito dificil mesmo, vai ser como a Grécia, um fiasco em termos de medalha.
     
  12. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Na verdade você deveria dizer assim

    A não ser que o Brasil pegue algum jamaicano frustrado bem veloz, mas que não conseguiu indice olimpico na eliminatória de atletismo do seu pais pelo número limitado de vagas, idem pra um queniano pra provas de fundo e um chinês no tênis de mesa já que é muito mais dificil ser campeão chinês que olimpico.

    Pronto o Brasil emprestando sua nacionalidade pra esses três e com um pouco de sorte se forem muito bons o Brasil consegue no mínimo dobrar o numero de ouros sem investir em absolutamente nada na base e passar a falsa imagem ao mundo que evoluiu.
     
  13. General Artigas

    General Artigas Não tá morto quem peleia

    Acredito que consiga uns 7/8 ouros.

    Um dos problemas atuais é que competidores de esportes menos famosos têm maior dificuldade em irem até uma Olimpíada lá no c* do mundo. Sendo no Brasil fica muito mais fácil pra eles (apesar de que um competidor lá da Amazônia possa ter tanta dificuldade em ir até o Rio de Janeiro quanto ir até Londres...).
     
  14. pelego

    pelego Usuário


    Mas pra mim isso é tão absurdo e eu sou tão contra como sou por exemplo nas naturalizações do futebol. Ver o Cacau na seleção alemã (nao por ser negro, pelo amor de Deus) pra mim é errado ou aquele brasileiro q jogava pela seleção espanhola.. Imagina se esse chines q ta la no corinthians joga muita bola e naturalizam ele.. eu sou totalmente contra isto. Tira o brilho das conquistas a meu ver.

    Tem é que investir em novos talentos. Começando agora, como disseram aqui mesmo, quem sabe lá por 2020 começa-se a colher os frutos. 2016 pra mim é utopia achar que o país estará preparado, assim como é achar que as obras da copa estarão prontas em sua totalidade seguindo integralmente o calendário.
     
  15. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Nada, não espero grandes coisas.

    O esporte na China, EUA e Grã-Bretanha começa no berço, tá explicado porque de tanta medalhas. Aqui no Brasil é tudo uma farsa. A cultura da nossa sociedade com relação ao esporte ainda é precária e o reflexo disso está nas políticas públicas destinadas ao esporte, ou seja: NADA.

    Vai ganhar medalhas: Vai sim, mas uns gatos pingados de medalhas. Acho que vai ser até menos justamente pela pressão. Brasileiro não sabe lidar sob pressão em competições esportivas.
     
  16. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    É como eu li na IstoÉ, a China cresceu muito nas últimas Olimpíadas por ter investido na base, já em 1998 ela investiu em escolas escolhendo os melhores e treinando intensivamente para quando chegasse em 2008 eles se dessem tão bem, mas o Brasil teve alguns acertos, na mesma reportage4m diz que contratamos um técnico cubano para treinamento de boxeadores, é assim que se conquista alguma coisa, contratando os melhores treinadores e à longo prazo, é como o Fúria disse, investindo agora é muito otimismo querer que em 2016 tenhamos ótimos resultados, o Brasil tem sorte, as nossas medalhas vêm de talentos isolados, não é mérito do país, mas dos próprios atletas.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  17. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    No dia que vermos piscinas, tatames, ginásios, academias, pista de atletismo de boa qualidade nas maiores universidades e em espaços públicos mantidos decentemente (sem nunca haver desvio de verba) pelas prefeituras aí realmente dá pra começar a sonhar.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  18. Jeff Donizetti

    Jeff Donizetti Quid est veritas?

    Falando nisso, alguém conhece o estado atual da pista de atletismo da USP? Pelo menos há uns 3-4 anos, era simplesmente L-A-M-E-N-T-Á-V-E-L, com pouquíssimo pedaços emborrachados (pouquíssimos é exagero, era quase nenhum, mesmo). Não sei se a reformaram depois disso, espero que sim...
     
  19. Knolex

    Knolex Well-Known Member In Memoriam

    OI?! Falta de cultura é foda...

    Qualquer dia faz uma pesquisinha sobre um tal de Adhemar Ferreira da Silva.
     
  20. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Alguma posição abaixo dos vinte primeiros e bem acima da 52ª que obteve em Sydney em 2000. A não ser que façam alguma mutreta para tentar colocar o Brasil entre os 10.

    Fala sério, sem investir em CT's, escolas e Universidades para que incluam o esporte como prioridade junto da educação é puro delírio. Basta ver o número de crianças que se jogam nas peneiras de futebol, sendo que de 10, vinte querem ser atacantes. Judô, ciclismo, volei, vela e tênis só aparecem na mídia quando os atletas ganham. Aí, fazem desfile em carro de bombeiro, chamam para o Mais Você e tal, e no ano seguinte tá lá o atleta correndo atrás de patrocínio (eu me divirto quando a BR e o BB dizem nos comerciais são grandes incentivadores... do esporte de elite).
     
    • Gostei! Gostei! x 2

Compartilhar