1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Números no Abismo de Helm

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Elessar Hyarmen, 17 Jan 2009.

  1. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Eu estava lendo As Duas Torres, no capítulo do Abismo de Helms e só agora me dei por conta, pois tinha em mente os números baseados no filme as Duas Torres (quebrei a cara :lol:).

    No filme é dito que no Abismo de Helm dentro do desespero do Legolas que haviam mais ou menos 300 contra os mais de dez mil uruk hai.

    Mas lendo o capítulo percebi que as coisas eram bem diferentes; porquê?

    Após Théoden ser liberto dos feitiços de Saruman, o rei de Rohan vai ao encontro dos exércitos de Isengard com uma força de mais de mil rohirrim.

    Quando Théoden chega ao Abismo, havia ali outra força de mais de mil homens, ou seja, na verdade eram mais de 2.000 mil contra 10.000 e não os 300 com ficou dito por Legolas no filme.

    Se levar em consideração o local da batalha e os números na casa dos dois mil, era uma força até considerável para quem está defendendo uma fortaleza como o Abismo de Helm. Mas claro que no desenrolar da narrativa percebemos que os uruk hai e homens da Terra Parda estavam quase que conquistando o objetivo de Saruman, se não fosse pela chegada dos Huorns e de Gandalf uma outra força de mais de mil homens a pé.

    Valeu!
     
  2. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    Fora q no filme elfos estão no abismo e no livro não!
    Alterações para dramatizar mais... certeza!
     
  3. Faramir

    Faramir Usuário

    Se é para responder o porque eu diria que é porque Peter Jackson quis ter algo mais dramático e bem mais injusto
     
  4. TorUgo

    TorUgo a.k.a. Tortoruguito...

    Sem dúvida que foi para dramatizar mais a batalha, torna-la uma batalha aparentemente tão desesperada quanto a batalha dos campos de pelennor! Os elfos também tiveram a mesma função e Gandalf chegando com cavaleiros também! Mil cavaleiros descendo rapidamente para o abismo é mais interessante e bonito que mil homens a pé a correr por ali abaixo!

    ;D
     
  5. Deriel

    Deriel Administrador

    No Abismo de Helm existiam mais ou menos 1.000 soldados de infantaria sob comando de Gambling o Velho, Théoden e Éomer chegaram com 1.000 cavaleiros. Mais tarde Erkenvrand chega com mais 1.000 infantaria pra resolver o problema, sem contar os Huorns.
     
  6. Vilya

    Vilya Pai curuja, marido apaixonado

    Nada disso, alterações para nosso deleite. Como é que poderíamos sacanear o
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    se Haldir não desse as caras por lá? :rofl:
     
  7. Finwë Fëfalas

    Finwë Fëfalas Nas Echoriath...

    É que assim; no filme a fala de Legolas quis dizer um número "aproximado" e não exato.

    Tipo; "Estamos em 1 contra 1000."

    É um valor nada exato, só para dizer que há uma diferença muito grande em nossos homens para com os deles, entendeu?
     
  8. ALF

    ALF The Proudest Monkey!!

    In Peter Jackson's film of The Two Towers, a few changes were made to increase the dramatic tension of the Battle of Helm's Deep: The number of Rohirrim defending Helm's Deep was reduced to 300; Éomer arrived at dawn with Gandalf; and Haldir led a company of Elves to Helm's Deep, where he and many others were killed. In the book, the only Elf at Helm's Deep was Legolas.

    No filme de Peter Jackson de As Duas Torres, umas mudanças foram feitas para aumentar a tensão dramática da Batalha do Abismo de Helm: O múmero de Rohirrim defendendo o Abismo de Helm foi reduzido para 300; Éomer chegou ao amanhecer com Gandalf; e Haldir liderou uma companhia de Elfos para o Abismo de Helm, onde ele e muitos outros foram mortos. No livro, o único Elfo no Abismo de Helm era Legolas.

    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  9. Cappadocius

    Cappadocius Usuário

    EU ainda acho que tirar os huorns tira toda a graça....ia ser legal ver os rohirrim se cagando deles :lol:
     
  10. ruims

    ruims "Mais uma cerveja!" diz o

    Foi apenas um lapso de Legolas.
    Ele confundiu com a Batalha do desfiladeiro de Termópilas, de 300 Espartanos contra milhares de Persas.
    Legolas, que era baita de distraído, pensava que estava nessa batalha. :lol: :lol: :mrgreen:
     
  11. Almirante Ackbar

    Almirante Ackbar Usuário

    Não da para fazer um cópia fiel do livro para as telas. Há varios outros detalhes no filme que que mudaram: A Andúril só é entrege para Aragorn no RTR, Faramir tenta levar os pirentinhos para Gondor, O exército dos morto nos campos de Pelennor, é Arwen leva frodo no seu cavalo (era para Glorfindel leva-lo, ele só aparece no finalzinho, e feio pra car****), etc.

    EDIT:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição: 17 Jan 2009
  12. Skulz

    Skulz O Mago Branco

    Eu odeio quando eles fazem alterações nos livros para fazer o filme, deviam ter botado tudo do jeito que estava no livro.
     
  13. Almirante Ackbar

    Almirante Ackbar Usuário

    É preciso fazer alterações para chamar atenção, e ninguém que saber (tirando os fãs) se vão fazer tudo como está no livro, o que ele querem é ganhar dinheiro.

    EDIT: Sem falar que seria necessário uns 20 filmes para fazer como tudo esta no livro.
     
  14. Deriel

    Deriel Administrador

    Algumas das alterações são justificáveis: a mudança de mídia as exige. Algumas são "regras" de Hollywood, como a redução do número de personagens de forma a não alienar a pessoa comum que está assistindo ao filme.

    Mas alguns coisas são injustifícáveis.
     
  15. Thalion

    Thalion Mas que puxa!

    Realmente a batalha no Abismo de Helm ficou muito surreal nos cinemas, com os elfos de Haldir, Legolas inventando o skate e coisa e tal. E os huorns de fora dão ao telespectador uma imperssão surreal (mais uma) de que os homens do lado do bem são superpoderosos (ou seria super-poderosos?).
    Agora, quanto ao múmero real, atenha-se ao que foi dito acima (até porque eu tô meio enferrujado nas obras de Tolkien).

    Poderia dar algum exemplo porfa?
     
  16. Duas situaçoes que eu naum gostei no filme que naum estão no livro..
    Colocarem a Arwen ao inves do Glorfindel.. eu entendo que pra fazer sucesso eh sempre bom um par romantico e talz.. mas eu amo o glorfindel...
    E a alteraçao que fizeram com o Faramir.. um dos meus personagens preferidos no livro..
    Quanto a batalha do abismo de helm eu axo que ficou muito bem nas telas! e ate gostei dos elfos terem ido ajudar.. apesar de ter odiado a morte do haldir..
     
  17. Vilya

    Vilya Pai curuja, marido apaixonado

    Encaro os filmes como a melhor "fan fic" já realizada, ou seja, P.J. tem licença poética para fazer o que quiser sob a pena de ser criticado depois (e assim o foi), e no fim seu trabalho foi fantástico. Sob o ponto de vista da mitologia temos que encarar P.J. como alguém que tomou ciência da história e a contou do seu jeito, e quem conta uma história tem todo o direito de omitir ou acrescentar fatos (novamente sob a pena de futuras críticas). Que fique claro que ele não alterou nada dos livros (pelo menos os meus exemplares continuam com a versão original), ele apenas conta a história a sua própria maneira.

    Qual o sentido daquela "portinhola" por onde saem Aragorn e Gimli na muralha da fortaleza de Helm's Deep? Ao mesmo tempo que ele leva elfos para aquela batalha com a justificativa de aumentar a dramaticidade, vem colocando uma seqüência (agora é sem trema e sem acento?) totalmente pastelão. Qual a justificativa? Diminuir o excesso de tensão e dramaticidade?
     
  18. TorUgo

    TorUgo a.k.a. Tortoruguito...

    Não percebi... Qual é o problema com a portinhola?

    ;D
     
  19. EduardLopes

    EduardLopes Usuário

    por isso que digo que não se deve usar o conhecimento dos filmes para se debater assuntos da terra-mêdia,e sim no minimo ter lido os livros,nos filmes há muitas mudanças que são necessarios para o desenrolar dos fatos ou p/ melhorar entre(aspas)os fatos dos livros que tambem acho erradissimo para poder melhora-lás,como a ajuda dos elfos ao abismo de Helm ou quando os trés(legolas,gimli e o futuro rei) entraran na fenda dos mortos,buscar ajuda e no filme é de um jeito e no livro totalmente diferente,falo isso porque tem pessoas que só assistem o filme e já pensan que saben tudo sobre Tolkien,e acaban falando o que não tem nada a ver...daí vc fala que tá errado mesmo assim a pessoa não dá o braço a torcer...dizendo que o filme que tá certo...8-O,fazer o que,o raiva que dá...
     
  20. Elendil

    Elendil Equipe Valinor

    Concordo. Eu disse algo parecido outro dia no tópico sobre o "
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    " no filme SdA As Duas Torres.



    E sobre os Elfos no Abismo de Helm, como o pessoal tem falado aqui, acho que o Peter Jackson usou de liberdade poética para, digamos, atender a um desejo ou anseio de um personagem num momento crítico da história. O personagem é o Legolas, que no Forte da Trombeta diz isso ao Gimli (As Duas Torres, "O Abismo de Helm"):

    Claro que os arqueiros não eram da Floresta das Trevas, mas sim de Valfenda. Mas quem mandou o Legolas (Tolkien na verdade) dar a idéia?!:mrgreen:
     

Compartilhar