1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Maria Heloísa Penteado

Tópico em 'Autores Nacionais' iniciado por Katrina, 14 Jul 2010.

  1. Katrina

    Katrina Usuário

    [align=center]
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    [/align]

    Maria Heloísa Penteado, nasceu em Araraquara, São Paulo. Fez o magistério em Campinas, onde, por alguns anos, lecionou em escolas públicas. Mudou-se para São Paulo em 1944.

    Em 1949 começou a colaborar na Página Feminina do jornal O Estado de S. Paulo, com contos e ilustrações para crianças. Anos depois, com a criação do Suplemento Feminino desse jornal, teve sob sua responsabilidade duas páginas para crianças, que dirigiu até 1967, escrevendo, ilustrando, criando passatempos e mantendo correspondência com elas.

    Na década de 1970, com a explosão da literatura infantil no Brasil, começou a publicar suas histórias em livros.

    Participou, como escritora e ilustradora, da Feira de Bolonha em 1979 e nas que se seguiram; da exposição de ilustradores “Era Uma Vez”, em São Paulo, promovida pela Fundação Roberto Marinho em 1979; da exposição “O Livro Infantil e sua Produção” promovida pelo Centro de Estudos de Literatura Infantil e Juvenil, Celiju, em 1980, em São Paulo; da “2ª Mostra Itinerante de Ilustradores”, que percorreu as Américas em 1980, organizada pelo Centro de Capacitación El Macaro, na Venezuela; da “Mostra Comemorativa do Bicentenário dos Irmãos Grimm”, em 1985, em São Paulo, com uma série de contos desses autores, adaptados e ilustrados por ela, para a Página Infantil de O Estado de S. Paulo; da exposição “Ilustradores de Livros Infantis”, em 1985, promovida pelo SESC em São Paulo; da “1ª Mostra Nacional de Ilustradores de Livros Infantis”, na Bienal de 1986, pela Câmara Brasileira do Livro.

    Tem hoje cerca de quarenta livros publicados. O rei Caracolinho e a rainha Pernafina ficou finalista no Prêmio Bienal da Câmara do Livro, em 1986, e A velha Fridélia ganhou o Prêmio Jabuti, em 1987.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    O Rei Caracolinho e a Rainha Perna Fina

    [attachment=2407]

    No Reino Perdido do Beleléu

    [attachment=2409]

    A Velha Fridelia

    [attachment=2408]

    Excelentes livros infantis, todos ricos em ilustrações (feitas pela própria autora). Bom para presentear leitores neófitos.
     

Compartilhar