1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Mais caso de mangás nos tribunais americanos (09/12/2008)

Tópico em 'Anime & Mangá' iniciado por Administração Valinor, 10 Dez 2008.

  1. Administração Valinor

    Administração Valinor Administrador Colaborador

    Eric Chase, o advogado de um homem de Iowa acusado de possuir mangás obscenos, indicou ao blog Splash Page, da MTV, que alguns dos mangás em questão são Yaoi. Christopher Handley foi acusado oficialmente em 8 de maio de 2007 e seu caso foi a julgamento em 2 de dezembro.

    Chase disse ao Splash Page: "Há sexo explícito em mangás yaoi. E os homens desenhados são realmente andróginos, o que tem o efeito de fazê-los parecer mais novos. Há um verdadeiro tabu no Japão sobre mostrar pêlos púbicos, então todos são desenhados sem eles, o que também os faz parecer jovens. Então o que preocupou as autoridades foram as imagens de crianças em situações sexuais explícitas que eles acreditaram ser obscenas. Mas não há crianças. São somente imagens cruas de um mangá."

    O Splash Page também entrevistou o premiado quadrinista e adaptador de Princess Mononoke, Neil Gaiman, sobre seus esforços em arrecadar dinheiro para o Comic Defense Legal Defense Fund (CBLDF - Fundo Legal para Defesa de Quadrinhos). Esta organização não-lucrativa tem providenciado a defesa dos direitos da Primeira Emenda para a comunidade dos quadrinhos desde 1986 e suporta o time legal de Chase no caso Handley.




    Gaiman notou que seu próprio trabalho trata de violência gráfica e sexo explícito com menores ficcionais, mas para fins de história, não de instigação. Ele disse ainda que parte de sua coleção pessoal poderia ser considerada objecionável, como parte da coleção de Handley, e criticou a lógica para a prisão de Handley. "Isto é simplesmente errado. Ninguém se machucou. A única coisa ferida foram os ideais."

    Em julho, a Corte do Distrito de Iowa derrubou algumas das acusações contra Handley e convencionou partes do ato PROTECT, de 2003, inconstitucionais por restringir o direito de expressão. No entanto, Handley ainda encara acusações de obscenidade e até 20 anos de prisão se condenado. A Black Phoenix Alchemy Lab arrecadou mais de US$ 38000 para a CBLDF com a venda de perfumes inspirados nas obras de Neil Gaiman.




    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. alchemistnarutoZ

    alchemistnarutoZ Orzhov Syndicate

    Polêmico, mas também ridículo. Se processam yaoi pois as personagens assemelham-se à crianças, que processem Shotacon, que possui, explicitamente, crianças.
     
  3. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Gostaria muito que não rissem, ou não falassem o óbvio "mas que absurdo", ou pior "só podia ser americano".

    O McCartismo é recente e claro ainda influente, e não acho que um dia possamos estar diferentes dele, considerando-se o avanço de seitas "religiosas" aqui também.

    Ou seja, podemos também ser vítimas dos falsos moralistas no nosso Congresso. E quando isso acontecer, será que agiremos tão prontamente quanto os americanos? (porque não se enganem: mesmo Hommer Simpson age!)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


     
    Última edição: 13 Dez 2008
  4. Deriel

    Deriel Administrador

    Quais mangá o tal cara comprou? Pelo que vi, não falaram.
     
  5. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Pelo que li, eram ilustrações que ele mesmo fez.
     

Compartilhar