• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Luz Lanis

Deriel

Administrador
Desta vez eum venho aqui para trazer uma notícia muito triste, mas que não pode passar em branco...

No dia 12 de Julho passado faleceu nossa querida amiga e companheira de lista Alanis Ceriane, de Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Alanis tinha 25 anos e faria 26 no dia 13, faleceu durante uma apresentação de paraquedismo, quando, enquanto estava descendo de um salto, foi atingida por uma bala perdida que se alojou próxima a medula. Morreu durante a operação que retiraria a bala.

Sempre foi uma pessoa incrivel, companheira nas nossas listas de discussão, conheceu Tolkien com o filme, no inicio do ano, comprou todos os livros e os devorou em questão de dias. Além das listas da Valinor, participada da O Ponei Saltitante, onde era moderadora junto comigo, e de uma dedicada ao Legolas, uma de suas paixões.

Foi um período negro esta última semana e, como ainda não tenho palavras, me utilizo de um texto que nosso amigo DuqueDécioZico, um de nossos frequentadores mais assíduos escreveu quando recebemos a notícia....

' Não sei nem como isso surgiu. De repente eu estava lá.
Eu que sempre que fui avesso a bate papos e chats na internet estava fazendo amigos e discutindo 'O Senhor dos Anéis'. Mas tinha uma amiga que estava sempre pronta a dar boas vindas a todos. Tolerante, compreensiva, idealista, agregadora, amiga mesmo sabe. Não podia ver uma desavença que saia em defesa de ambos os lados. Mas preferencialmente em defesa do lado mais fraco.
Tinha uma menina que discutia comigo e eu no alto de minha
arrogancia salpiquei uma série de argumentos eruditíssimos para acabar qualquer discussão. Fui implacavel, intolerante, mas provei meu ponto de vista.
Então surgiu Alanis. Muito mais sutilmente do que jamais fui, ela me mostrou que a menina com quem eu discutia tinha 13 anos. Me mostrou o quanto uma menina daquela idade estava indo longe e o quanto isto era louvavel que nessa idade! Sustentando com tanta firmeza e dignidade uma posição. E graças a Alanis eu enxerguei isso.
Assim era Lanis [era assim que ela assinava na lista].
A melhor das virtudes... Agregadora.Capaz de fazer a gente
enxergar as virtudes das pessoas. Como se diz na mais ingênua e mais sábia sabedoria infantil.. Lanis era do bem.
Por muito tempo foi a pessoa com quem mais me correspondi na lista. Alias pensando melhor, mesmo contando o tempo que ela andava afastada , ela foi a pessoa com quem mais me correspondi.
Eta...olha nem sei...nem podia imaginar...ta batendo uma dor.
Agora lembro das coisas de que ela gostava. Lembro do Legolas o elfo galã, lembro dos trampos de bobeiras e lembro
dos 'filhinhos' pit bulls dela. Do Hunter eu até vi uma foto que
ela me mandou.
Eu nuca vi Alanis e ela tambem nunca me viu.Será que isso pode ser chamado de amizade virtual?
Não, pra mim isso é amizade. Amizade verdadeira.
Hoje me arrependo de não ter compartilhado com ela meus
problemas e dilemas pessoais como ela uma vez chegou a
compartilhar comigo. Lanis sempre mencionava em suas mensagens o valor da amizade e o quanto isso a emocionava em 'O Senhor dos Anéis'. Isso ela disse sobre o sentimento de amizade: 'Por isso eu achei o filme, livro o maximo... pois quem sabe possa resgatar um pouquinho desse sentimento'.
Hoje corri a lista, a uns quatro meses atras para ver suas
antigas mensagens. 'Aiya Décio!!!' dizia ela saldando a gente no idioma dos Elfos. 'Benvindo Fabio','Benvindo Camila'. 'Seja bem vinda a esta lista maravilhosa'.
Essas eram as palavras favoritas de Lanis.
Sim Lanis é uma amiga querida.E me orgulho de ser amigo dela.

Lembro da amiga que sempre terminava uma mensagem dizendo o que desejava a todos do fundo do coração;
Luz
Lanis...

Dizem que no mundo de 'O Senhor dos Anéis' tem um lugar chamado Valinor, bem a Oeste, mas fora dos circulos do mundo e aonde ainda brilha uma luz.
No Oeste, em Valinor, fora ou dentro dos circulos daquele e deste mundo, a amiga que dizia luz agora é luz também.

Luz, Décio. '

Aqui fica o meu carinho e o carinho de todos os que conheceram esta pessoa maravilhosa. A ela, que hoje é luz.
Um grande beijo Lanis........

Luz,

Éowyn
 
Bobeiras não.Bombeira.

"Sempre foi uma pessoa incrivel, companheira nas nossas listas de discussão, conheceu Tolkien com o filme"

Acho que esse é o melhor dos argumentos a favor da realização do filme.
Crei ser capaz de combater as mais feroz retorica draconiana.

E só me desculpando pelos erros de digitação, na mensagem acima eu queria dizer "trampos de bombeira" e não "trampos de bobeiras", pois nossa amiga alem de médica era bombeira.´Sente a disposição da Lanis:

"....atendo na UTI no hospital e em PS (pronto socorro) É maior loucura e
tbem faço bico como bombeira... adoro aquela sirene e
sair correndo pra atender chamados... nao q eu goste
de acidentes, mas adoro uma adrenalina, principalmente
qdo tem q fazer uns rapel, ou resgatar gatos q estao
presos nas copas das arvores.... hehehe... por isso q
eu digo, nao tenho hora... pra vc ter uma ideia...
acho q durmo umas 3 horas por dia... mas qdo posso
tiro o atrazo."



Duque DécioZico95
 
:(
Laninha... kerida amiga...
saudades pra sempre amada uruk-hai, a gente se encontra em Mandos

Abaixo meu texto de despedida
Chegada em Mandos

Mandos estava a vagar por sua mansão. Havia muitos elfos
por lá, alguns que haviam sido reis quando moravam em
Eä, outros que os haviam servido.
Em determinado momento Mandos escuta algum tipo de
confusão a sua porta . Ele vai até lá e perplexo vê
encaminhando-se para sua entrada um ser que, no seu
entendimento, era conhecido como perverso e não
merecedor de estar ali em sua casa, pois aos salões de
Mandos só podiam entrar os Elfos.
Mandos vê uma Uruk-Hai, enorme e com trancinhas que
formavam-lhe o cabelo, os Uruk-hai eram uma raça
conhecida como raça guerreira.A Uruk encaminhava-se
rosnando e dando mordidas no ar na direção dos que
ousavam encara-la. Quando estava na ponta da escada que
leva a porta da mansão é impedida de continuar por uma
voz possante que fala.
-Pare! - Falou Mandos a Uruk - Quem é você que ousa
chegar a minha casa e como afinal conseguiu chegar em
Valinor?
A Uruk olhava desconfiada para o Vala.
-Sou Lanis, guerreira Uruk -Hai, como vim parar aqui eu
não sei, mas com certeza vou entrar aí!
-Você não pode entrar, não está predestinada a este
lugar!
Lanis deu um meio sorriso
-Quero ver quem vai me impedir- De um salto a Uruk subiu
as escadas e quando estava quase para alcaçar a porta,
foi impedida de tocar-lhe por um poder que não
compreendia.
-ORCS!!! deixe-me entrar!!- debatia-se Lanis.
-Você tentou violar a mansão de Mandos, por isso levarei-
te a presença de Manwë e ele decidirá o seu destino.
Mandos e Lanis vão a presença de Manwë, este está
sentado em seu trono, e observa os dois seres vindo em
sua direção. Mandos tras Lanis junto a si, ela parece
estremamente contrariada.
-Mandos- fala Manwe- qual o problema?
-Olhe para este ser, eu não posso imaginar como ela veio
parar aqui, mas o que mais importa é que ela quer entrar
em minha mansão, o que a ela não é permitido.
-ORCS!! quando me soltar vou morder você seu metido!
-Acalme-se Lanis- Falou Manwë- Se está aqui, algo Eru
tinha pra você.
-Como assim pra mim?
-Bem deixe-me chamar Varda, talvez ela consigua me
esclarecer
Varda, a vala chega a presença de Manwe, sua roupa
brilhava como uma noite estrelada e sua presença
acalmava os presentes.
-Varda- falou Manwë- Diga-me, o que será feito desta
Uruk-Hai?
Varda olha serenamente para Lanis, que esta meio
amedrontada diante da Vala.
-Ela não poderá entrar em Mandos, pelo menos não agora.
-ORCS!!! ORCS!!!, Eu também não queria ficar aqui.
Aquela mansão é cheia de gente estranha, todos ficam
cantando pelos cantos, musicas elficas, BAH!! que saco!!
-Olhe a lingua Lanis!- Mandos repreendeu, porém Varda e
Manwë entreolharam-se e disfarçaram o riso.
-grrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr...orcs!!orcs!! Definitivamente
aquele lugar não é pra mim! Não tem festa, não tem dança
e também não tem, não tem ....meus amigos....
-Sim Lanis- disse Varda carinhosamente- para lá muitos
dos seus amigos não irão.
-orcs!! então me leve de volta, afinal esse lugar é
muito bonito, mas sem aqueles nojentos daqueles hobbits,
anões, elfos, dragões, sombras,
pedras,pães,criaturas.... não tem a menor graça-
enquanto falava, Lanis ia abaixando a voz até que chegou
apenas a um sussurro.
-Agora eu compreendo- Manwë falou levantando-se e
caminhando em volta de seu trono. - A amizade que
cresceu no coração dela foi que a trouxe para cá.
-Não somente isso Manwë - Varda respondeu- Lanis nasceu
com algo diferente, ela não nega sua raça guerreira. É
forte e destemida, porém é capaz de amar. O coração
dessa Uruk é precioso.
-Se é assim, então a levarei para minha mansão novamente-
falou Mandos.
-Não, não, orcs!!! lá eu não poderei ver meus amigos,
nem eles podem me ver!!
-Lanis- falou Manwë- se seus amigos a acompanhassem você
iria?
-Bem...Todos eles???
-Hum...os elfos poderao entrar sem problemas, mas quanto
aos homens...nem mesmo Beren pôde entrar.
-Não??Mas....como eu poderia ficar sem os outros?
Manwë parece estar pensando por um longo tempo e enfim
fala:
-Certo Lanis, você não foi merecedora de chegar em
Valinor a toa. Todos os seus amigos serão bem vindos a
Valinor.
-Sério!!- Lanis estava exultante- aqueles dragões não
vão nem acreditar quando chegarem aqui!
Mandos arregalou os olhos.
- Dragões??? mais isso será uma loucura!
-Acalme-se Mandos- falou Varda - os Dragões também
merecem vir ver sua amiga.
-Isso mesmo- Lanis dava saltinhos enquanto falava- Chame-
os agora, mande-os vir já!
Manwe falou sorrindo:
-Lanis, todos tem seu tempo certo. O tempo de seus
amigos ainda não chegou, talvez demore para você ve-los
novamente.
-AAAAAAAAAAAAAAAAaaaaaaaaaaaaaaaa....mas..mas..-Lanis
parou de saltar e novamente abaixou a cabeça como uma
criança contrariada-Eu sinto saudades..
-E eles também vão sentir muita saudade de vc, mas você
ainda não vai entrar em mandos- Disse Varda- Venha
comigo, tenho algo preparado pra você.
No pátio de uma estalagem na Terra Média pode-se ver um
galpão imenso. De dentro do galpão emerge uma cabeça
enorme de dragão. Ele está deitado com a cabeça
encostando no chão, a sua volta estão 2 outros dragões
alados, porém estes também estão deitados encostando a
cabeça no chão de frente um para o outro formando um
triângulo, nos olhos dos dragões pode-se ver lágrimas.
No interior da estalgem não há música tão comum ao
lugar, nem canto, nem riso, nem conversas. A cozinha
parece abandonada, não há fogo no fogão a lenha, nem
panelas com comidas fumegantes e cheirosas.
Sentados próximos ao bar, estão todos os hóspedes,
calados e cabisbaixos, alguns choram baixinho, outros
olham perdidos para o vazio, alguns soluçam e são
consolados por outros com abraços e tapinhas nas costas.
Alguém suspira:
-Lanis...eu não acredito...
-Vou sentir tanta saudade... como será difícil..
Outros suspiros semelhantes formam os únicos ruídos
desta noite tão triste. Porém um vento súbito abre as
portas e janelas num estrondo. Os hóspedes se assustam
com o barulho e alguém se levanta para fechar a porta,
este olha e vê que os dragões estão como que
hipnotizados olhando para o céu com uma espressão nunca
vista antes. O hóspede acompanha o olhar do dragão e
solta um suspiro de surpresa.
-Olha aquilo!, eu nunca vi antes- e vai correndo para
fora.
Alguns outros hóspedes curiosos vão para a janela e
porta ver o que estava acontecendo. Eles assustam-se e
saem correndo, fazendo com que todos os outros hóspedes
acabem indo também para fora.
Eles já haviam visto aquilo antes, e conheciam as
histórias antigas contadas pelos elfos, histórias de
quando um ser poderoso, conhecido pelos elfos pelo nome
de Elbereth, havia colocado no céu algo parecido com uma
foice para proteger Eä de um mal que muitos deles não
conheciam. Mas algo de diferente existia naquela
constelaçao. Uma estrela nova brilhava no local que
agora seria como a ponta mais afiada da foice, a estrela
brilhava forte, parecendo querer se comunicar enviando
um sinal. Novamente um vento forte passou por entre os
hóspedes que estavam todos juntos no pátio, balançando
seus cabelos e esfriando seus rostos molhados pelas
lágrimas. Então escutaram algo que parecia vir direto da
estrela, algo que nunca iriam esquecer nem no mais
distante momento de suas vidas:
-ORCS!!
As lágrimas corriam sem impedimento e eles se
abraçavam, só que desta vez estavam sorrindo.



Lanis ... esta é minha homenagem a você

PAt Lissëvendë
 

Hob_Boffin

Usuário
:arrow: Poxa vida.....Mesmo mesmo sem conhecer, sinto/sentimos que "Lanis " foi uma grande perda; assim como nessa grande e alta escada faltará um degrau e esse mesmo degrau fará de um simples passo , uma imensa fenda, da qual muitos sentiram saudades....
E essa perda e tantas outras , nos chamam à atenção que: Mais e mais pessoas inocentes, estão sendo julgadas por subjuízes! Enquanto, muitos ganham dinheiro com armas / outros perdem muitos por elas !

" Mesmo sem conhecer ; que "Lanis" fique com muita paz....
Parabéns pelo seu belo trabalho ....
(Volto à dizer....) :!:
 

DARKSHIANGEL

Usuário
Eu tbm, nem a conhecia...mas, mesmo assim, puxa....

:( Bateu um negocio aqui, pois assim como Lanis <nao sei se posso chamá-la assim, se tenho esse direito> eu conheci SDA neste ano de 2002, pelo filme, e assim como Lanis, eu tbm sou apaixonada pelo Legolas.... Puxa vida... que injusto isso! Temos quase a mesma idade, mas que coisa! Poxa! O texto q estava na mensagem de Deriel, conseguiu me tirar lágrimas dos olhos, e isso pq eu nem a conhecia, imagino como devem ter ficado as pessoas q a conheceram mais....puxa....Sei lá, o que posso fazer, o que posso dizer,,,, nada...mais nada, a não ser:

Fique bem, um dia, se eu tiver sorte, poderei conhecê-la.....
Sinceramente,
Dark Shi Angel
 

Endorel

lerodnE
po, naum conhecia, mas fikei triste :(
pior devem tar os parentes dela, v6 sabem o endereço dela ou dos parentes? podiamos fazer alguma carta ou algo parecido....
 

Primula

Moda, mediana, média...
Odeio isso! Por que gente boa morre cedo? Por que vaso ruim não quebra?

Por que os anjos tem de voltar rápido para junto de Deus?

São perguntas que me deixam muito... muito frustrada... mas eu sei que a culpa não é de Deus...

Pessoas como a Lanis (que eu nunca conheci, e por isso choro, por que nunca vou conhecê-la!) se doam. Dão suas vidas o tempo todo para nós. Não são mesquinhas, querem o melhor para o resto do mundo, que o mundo seja mais feliz.

E por isso morrem cedo... porque elas se doam tão completamente que a chama se apaga.

A gente vê o tempo todo, mas não percebe. Só percebe quando a chama se acaba, infelizmente.

Ultimamente tento me lembrar de contribuir um pouco de mim mesma, pra que a chama de pessoas como Lanis não se apague. Para que essas pessoas especiais não sucumbam tão cedo. Pra que eu tenha a chance de conhecer gente como Lanis. Fico feliz que ela tenha sucumbido aos 25 e não aos 17 como uma Joana D'arc. Mas ainda assim... era muito cedo! Eu ainda não tive chance de conhecê-la!!!

Fico com raiva... queria tê-la conhecido. Queria poder abraçá-la, sentir o calor que emanava da alma dela.

Foi de bobeira... algum energúmeno que se acha o máximo ficou atirando para o céu "oh eu sou o macho, sou o bom!". Gente egoísta que pensa primeiro em si, e não pensa que gente como Lanis podia ter salvo a vida dele um dia.

Será que é por isso que gente como Lanis é levada por Deus cedo? Pra que os egoístas que ficam se fudam todos aqui na Terra?

Não sei... acho que isso é consequência de nossas ações. Depois os imbecis reclamam que a vida é uma porcaria! Também, pudera! Só é uma porcaria porque os imbecis destroem tudo que valia a pena manter.

Uma coisa é certa. Lanis (seja lá quem você for) viveu conforme suas crenças. Poucos fazem isso: dizer é fácil, fazer é difícil.. Eu a admiro por (apesar da porcaria desse mundo!) tentar fazer ao invés de esperar acontecer. Eu a admiro pela coragem por pegar nas próprias mãos o destino de toda a curta vida dela.

Eu a admiro, porque mesmo vivendo por apenas 25 anos... ela viveu e ajudou mais do que muita gente com 80 anos, muita gente que tem dinheiro e não move uma palha para ajudar os outros, muita gente que só reclama que a vida tá uma droga.

Eu queria ter conhecido ela...

Mas talvez... no fundo... eu a conheça.

Pelo menos a parte que realmente interessa.

Até logo, Lanis! Um dia a gente se vê! Dá um abraço no meu pai e cuida pro besta não ficar bebendo cerveja demais.
 

Linda Sacola

Usuário
Olá... Fiquei muito triste com essa noticia e confesso enquanto lia a menssagem lagrimas desceram do meu rosto e meu coração ficou pesado, não por ela, q está onde ela pertence agora, mas por nos q não teremos ela mais aqui conosco. E infelizmente para alguns, com eu, não tivemos a oportunidade de conhecer uma coisa tão bela. Mas temos q agradecer q Deus deixe-nos precenciar mesmo q por pouco tempo seus anjos que descem para nos dar esperanças e para olharmos em volta e ver o que podemos fazer para melhor onde estamos, para que abra nossos olhos e possamos ver o melhor da vida e o melhor das outras pessoas, mesmo q seja dificil as vezes. Agradeço a Deus por nos proporcionar esse grande milagre.

Lanis... fique em paz e descance e nos aqui rezaremos por vc pois era muito querida por todos...

"Namárië! Nai hiruvalyë Valinar.
Nai elyë hiruva. Namárië"
 

lala_theOld

Usuário
Eu ñ conheci ela, mas mesmo assim fiquei triste. Infelizmente a vida é assim, pena q sempre vão as pessoas boas e as más ficam, mas como já disse é a vida.
lala :(
 

black_pilot

Usuário
Meu pesames

Bom, o que dizer? Nao conhecia ela, mas se ela gostava de Tolkien era minha amiga!

Vá em paz!

Prefiro o silêncio ok, eh meus pesames a familia...
 
Estava lendo as msgs de vcs, e percebi que muitos se comoveram sem ao menos tê-la conhecido... Então podem ter uma idéia de como ficamos nós, que não a conhecíamos pessoalmente, apenas através da lista, mas que, mesmo assim, nutríamos por ela uma amizade muito além da virtual...
A Lanis era nossa Urukzinha, sempre faminta por dedinhos de hobbits, mas que tinha um enorme coração, para dizer pouco...
Foi um choque... Todos passamos muito mal. Felizmente a msg da Pat (que já foi postada aqui no tópico) conseguiu nos acalmar...
Sentimos saudades, Lanis... :(
 

Washu_Hakubi

Usuário
poxa
eu não conhecia tb...mas isso não me impediu de chorar nessas mensagens
sei lá..dá um negócio aqui dentro
pensar que poderia ser com qualquer um
bom nem pensar nisso...
 
"LOVE IN THE AFTERNOON->Renato Russo

É tão estranho
os bons morrem jovens
assim parece ser
qdo me lembro de vc
que acabou indo embora
cedo demais

Qdo eu lhe dizia:
-me apaixono todo dia
e é sempre a pessoa errada
vc sorriu e disse:
-eu gosto de vc tbm

Só que vc foi embora cedo demais
eu continuo aqui com meu trbalho e meus amigos
e me lembro de vc em dias assim
um dia de chuva em dia de sol
e o que sinto não sei dizer

-vai com as anjos vá em paz
era assim todo dia de tarde
a descoberta da amizade até a proxima vez

é tão estranho os bons morrem antes
me lembro de vc
e de tanta gente que se foi
cedo demais

Lembro das tardes que passamos juntos
não é sempre, mas eu sei
que vc está bem agora
só que este ano
o verão acabou
cedo demais"

Se mesmo sem nunca ter conhecido eu fiquei triste, imagine se ela fosse minha amiga...

:(
 

Yavannilde

Usuário
ORRRRCSSSSSSSSS!!!!!!!!!!!!!!!!
Que ela possa estar acompanhando e se deliciando com as aventuras nossas lá no Ponei!
Yaya[/img]
 

Lembas

Usuário
Almarë, Terra Média
A equipe da moderação da lista O Pônei Saltitante http://br.groups.yahoo.com/group/O_Ponei_Saltitante
Ainda está sentida com a perda de um de nosso membros mais queridos....
Aqui deixamos registrada a nossa mensagem de apoio a seus familiares e toda comunidade Tolkieniana. E tb nossa indignação com o acontecido.
Bem, estamos de luto, mas a vida continua. E pelo que conheci dela, mesmo que brevemente, ela gostaria que fosse deste jeito.
Então sugerimos um brinde, em homenagem a nossa Uruk-Hai, nossa hóspede, enfim, nossa amiga...
Abraços a todos
Lembas, o bolo élfico psicótico :twisted:
Galadriel Mumn-Rá, que pisou num fio desencapado :obigeek:
Cevado Carrapicho, o homem/elfo/anão com fome de hobbit 8) [/img]
 
Poxa....
Eu não conhecia ela, pois sou novato aqui no Forúm.Mas é realemnte uma pena.Nunca se deve tirar uma vida de uma pessoa, ainda mais de uma pessoa como ela...
"Com os poderes que me foram concedidos, eu amaldiçoo a arma que essa bala atirou, e no desuso ela vai cair, até que abandonada, aprodeça nas raizes da terra"
Estilo Silmarillion :twisted:
(Desculpem, mas eu não resisti :cry: )
Voltando ao assunto, é mesmo uma pena.
Que ela vá para um lugar muito melhor que a terra
 
Uma ves um grande amigo meu me disse :

Não chore por quem foi
Chore por não ter ido ,
Pois o lugar para onde a pesçoa amada foi,
é um lugar onde o amor e a paz reinão
onde ninquem é triste
e todos tem os sonhos realizados,
e são recebidos pela mão acolhedora
a mão de Deus oq todos ama,
sejão eles bons ou ruins.



Sabemos que a Alanis era uma ohtima pesçoa, que opinava pelos fracos, não tive o prasr de conhece-la , mas conheso seu tipo de personalidade !
:roll: :( :cry:
 

Coiote

Fallin´
q triste!nunca ouvi falar dessa garota,mas eu fiquei emocionado de ver a notícia,como disse a Primula " Por que gente boa morre cedo? "
 

Tia Danny

Usuário
Não conheci a Lanis, mas as lágrimas brotaram ao ler tantas homenagens e ver tanta saudade de todos.
Com certeza, uma pessoa muito especial, verdadeiramente cheia de luz.
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$200,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo