1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[L] [Alcarinollo] [Procura-se Ornella]

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Alcarinollo, 20 Dez 2006.

  1. Alcarinollo

    Alcarinollo Usuário

    Procura-se Ornella

    Barbacena. Madrugada. Frio. A rua Sete está vazia e silenciosa, por isso o recepcionista de sono leve acorda de imediato, assustando-se com a figura esguia e pálida á sua frente.
    -[FONT=&quot] [/FONT]Boa noite, o senhor quer um quarto? Olhos vazios fixam-se nos olhos ainda sonolentos do recepcionista e o rosto se contrai, trazendo um pouco de sangue aos lábios que, vagarosos, se abrem.
    -[FONT=&quot] [/FONT]Não, estou à procura de uma moça... – o rosto se ilumina enquanto os lábios pronunciam o nome – Ornella, o nome dela é Ornella...

    A carteira surge na mão como se tivesse se materializado do nada, e os olhos sonolentos do recepcionista são logo atraídos pelo brilho dourado do distintivo.
    -[FONT=&quot] [/FONT]Sou detetive. Procuro por esta moça... – novo instante de hesitação, a centelha no fundo vazio do olhar que busca longe a imagem de um rosto – pele clara, cabelos longos, negros, olhos castanhos...um metro e sessenta e cinco, mãos pequenas e unhas bem cuidadas, lábios grossos... bem, é isso. - A sombra novamente no rosto pálido.
    -[FONT=&quot] [/FONT]Sinto muito, senhor, mas esta moça não se encontra hospedada neste hotel.
    -[FONT=&quot] [/FONT]Posso ver o registro?
    -[FONT=&quot] [/FONT]Claro, claro. – o olhar percorre as páginas auxiliado pelo dedo fino até o último nome; e mais uma vez, e uma terceira.
    -[FONT=&quot] [/FONT]Como vê, senhor, nada. Ela não está hospedada aqui. Mais alguma coisa?

    Os olhos vazios encaram o recepcionista, enquanto a mão enfia-se na jaqueta de couro para tirar um cigarro.
    -[FONT=&quot] [/FONT]Tem fogo?
    -[FONT=&quot] [/FONT]Aqui!

    No instante seguinte ele já está de costas e antes de transpor a porta e sumir na noite, o recepcionista ainda pergunta:
    -[FONT=&quot] [/FONT]Quer deixar um número, senhor... para que possamos avisá-lo se por acaso ela se hospedar aqui? Um instante, um passo antes da saída o homem para, traga profundamente o cigarro e, olhando os círculos de vapor que envolvem a lua nova, no céu límpido da madrugada fria:
    -[FONT=&quot] [/FONT]Não será necessário... eu volto outra noite...

    E já na rua, baixinho, os olhos cobertos pela lágrima gelada:
    -[FONT=&quot] [/FONT]Outra noite e mais outra, até te encontrar... Ornella.



    **** ****



    Bom Natal para todos! Até mais!:cerva:
     

Compartilhar