1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI

Jornada nas Estrelas: A Nova Geração (Star Trek: The Next Generation) 1987-1994

Tópico em 'Clube Star Trek' iniciado por Bilbo Bolseiro, 7 Fev 2017.

  1. Bilbo Bolseiro

    Bilbo Bolseiro Bread and butter

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Cem anos depois da Série Clássica, uma nova nave, uma nova tripulação e uma nova realidade política enfrentam novas ameaças à Federação, como os Ferengi, os Borg, os Cardassianos, os Dominion, sem esquecer os velhos Romulanos, Klingons e humanos renegados. Diferente da série original, agora a Enterprise tem como missão a patrulha e a defesa do espaço da Federação e não mais a exploração do espaço profundo.

    Sinopse retirada do site
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Finalmente criei vergonha na cara e comecei a assistir essa fase da franquia. Mesmo tendo assistido apenas até a segunda temporada até agora estou maravilhado, é tão boa quanto a série clássica. Os diálogs dos episódios são espetaculares, levantando e tratando de questões filsóficas, humanitárias, o que fez e continua a fazer a fama de Star Trek.
     

    Arquivos Anexados:

    Última edição: 7 Fev 2017
    • Gostei! Gostei! x 3
    • Ótimo Ótimo x 1
  2. abylos

    abylos Usuário

    Eu assisti até a sexta temporada e parei...
    Agora que tá no netflix, vou ver tudo de novo :)
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. Bilbo Bolseiro

    Bilbo Bolseiro Bread and butter

    Eu fico me segurando aqui pra não ver uma temporada por dia, pra não terminar de ver em uma semana, hehe.
     
  4. Fúria da cidade

    Fúria da cidade Jovem Pan AM, a melhor do Brasil.

    Eu também até hoje ainda não vi todos os episódios dessa "segunda fase" (vi mais ou menos uns 60%), mas graças ao Netflix como informou bem o abylos, agora conseguirei finalmente completar o que me faltava.
     
  5. abylos

    abylos Usuário

    Comecei a rever domingo :)

    Tava terminando a série clássica primeiro...
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  6. Bilbo Bolseiro

    Bilbo Bolseiro Bread and butter

    Eu estou na metade, no meio da 3ª temporada!
    Falando em esperar pra ver, eu tinha começado a assistir a clássica, tinha visto só aquele piloto que não foi ao ar, aí fiquei sabendo que a Enterprise se passa antes dela, aí parei e só voltei a ver a clássica depois de ter assistido ela, hehe.
     
  7. Tilion

    Tilion Administrador

    To assistindo Enterprise também (a única que ainda não tinha assistido de fato), e apesar de ter momentos interessantes, tenho notado várias histórias "requentadas" das outras séries e filmes da franquia, em maior ou menor grau, mudando só a equipe, naturalmente.

    Um exemplo é o episódio "Judgement" da 2ª temporada, em que o Archer é acusado injustamente num caso envolvendo um nave klingon, é julgado pelos klingons, condenado a ir pra colônia penal Rura Penthe e depois é resgatado de lá. Basicamente o que acontece com o Kirk e o McCoy em STVI.

    O fato também de haver algum relacionamento amoroso em praticamente todos os episódios, com no mínimo dos mínimos um beijo (em geral por personagens que acabaram de se conhecer) é outra coisa cansativa e ridícula, e que ocorre com frequência também nas outras séries, em particular na TNG. Incrível como tripulantes de naves espaciais não podem ver nenhum alienígena sem se apaixonar de imediato. Espero que esse tipo de abordagem mude na nova série, mas não me surpreenderia em nada se a "tradição" de hormônios em polvorosa continuasse.

    No mais, DS9 continua sendo a melhor da franquia, de longe, com essencialmente uma história principal desenvolvida ao longo de sete temporadas.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  8. abylos

    abylos Usuário

    Creio que ter ou não uma história principal é uma questão de abordagem e não necessariamente, uma série é melhor ou pior apenas por isso...

    O próprio Gene Rodenberry não queria que star trek fosse um show seriado, mas que as histórias pudessem ser vistas em qualquer ordem sem problemas.
     
  9. Tilion

    Tilion Administrador

    Não disse que é esse o motivo para eu achar que ela é a melhor, mas é um dos vários fatores que contribuem pra isso, os outros sendo o desenvolvimento dos personagens, atuações, temas abordados e caracterização de forma geral.
     
  10. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Só assisti as duas primeiras temporadas da série original, mas isso que o Tilion falou enche o saco na série original. Kirk se apaixona, ou só fica com tesão mesmo, em quase todo episódio.
     
  11. Bilbo Bolseiro

    Bilbo Bolseiro Bread and butter

    Tem razão, Tilion, infelizmente é costume da série reaproveitar enredos, na série clássica mesmo existem episódios cujas estórias são muito parecidas, apenas com leves modificações. E esse outro detalhe que você destacou, dos relacionamentos amorosos, eu concordo que também são desnecessários e pouco ou praticamente nada acrescentam ao andamento das séries. Na TNG chega a ser risível como faziam o Ryker se envolver tão rapidamente com qualquer estranha que ele tinha acabado de conhecer.
     
  12. Tilion

    Tilion Administrador

    Também não digo que não possa ter episódios focados nisso, mas a frequência com que eram feitos ia além de qualquer limite de suspensão de descrença.

    Nos episódios em que isso acontecia com o Picard (poucos, felizmente), por exemplo, a coisa costumava ser mais interessante (muito provavelmente devido ao próprio personagem, mais sério e centrado que a tripulação em volta dele), e pelo menos dois deles eu considero ótimos, sendo que um, "The Inner Light" (ep. 25 da 5ª temporada), provavelmente é um dos melhores episódios de toda a franquia, se não o melhor.
     
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar