1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Informatica: FBI prende jovem acusado de propagar Blaster

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Gothic Legolas, 30 Ago 2003.

  1. Gothic Legolas

    Gothic Legolas Usuário

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Jeffrey Lee Parson é estudante e tem 18 anos.


    Um adolescente de 18 anos foi detido hoje como possível autor da variante do temível vírus Blaster, que em poucos dias infectou centenas de milhares de computadores de todo o mundo aproveitando-se de uma falha do sistema operacional Windows. Por trás do vírus, também conhecido como MSBlaster ou LoveSan, pode estar Jeffrey Lee Parson, um estudante de 18 anos que utiliza o nick (apelido na internet) de teekid, conforme anunciou o FBI.
    Segundo informações do FBI citadas pela agência espanhola de notícias EFE, vários agentes revistaram esta semana a casa de Parson e apreenderam sete computadores. John Hartingh, porta-voz do escritório do Departamento de Justiça dos Estados Unidos em Seattle, disse que uma testemunha viu o adolescente fazendo testes com o vírus cibernético.

    Por enquanto, não está claro se Parson é o autor do Blaster original ou das versões mais sofisticadas e daninhas, como Blaster.B, que foram criadas depois. Os investigadores não acreditam que o jovem seja o criador do worm original, acrescentou o Seattle Times. A suspeita é que ele tenha alterado a praga e criado então a variante que atacou computadores em todo o mundo usando uma falha do sistema operacional da Microsoft, o Windows.

    Uma entrevista coletiva do escritório do FBI em Seattle, prevista para as 20h30 GMT (17h de Brasília), poderá esclarecer esta e outras dúvidas.

    As diferentes versões do vírus causaram o colapso de grandes redes, como o Escritório de Veículos Motorizados do estado de Maryland, que teve que fechar seus escritórios durante um dia inteiro, a rede de informática da prefeitura da Filadélfia e vários departamentos da Universidade de Stanford, na Califórnia.

    O vírus afetou mais de meio milhão de computadores em todo o mundo, conforme a companhia antivírus Symantec, e seu efeito foi tal que algumas informações inclusive o relacionaram inicialmente com os recentes blecautes no noroeste dos Estados Unidos e no Canadá, uma possibilidade que os especialistas descartaram posteriormente.

    O vírus, que se aproveita de um "buraco" nos sistemas operacionais Windows XP e Windows 2000 da Microsoft, contém duas mensagens em seu código-fonte que chamaram a atenção dos especialistas: "Billy Gates, por que você permite que isto aconteça? Deixa de fazer dinheiro e conserte seus programas", em referência ao fundador da Microsoft, Bill Gates. A outra, de caráter pessoal: "Só quero dizer que te quero, San", um dos nomes do vírus.

    O vírus tinha como objetivo saturar com mensagens a página da Microsoft em 16 de agosto num ataque conhecido tecnicamente como de "negação de serviço" ou DDoS. Este ataque transforma os computadores infectados, que não tenham limpado seus sistemas operacionais, numa espécie de "zumbis", que na hora programada começam a saturar com mensagens o mencionado site. No entanto, o gigante da informática, com sede em Seattle, evitou o ataque do vírus eliminando o endereço da Internet que seria alvo da ação do vírus.

    A Microsoft pôs à disposição dos usuários os correspondentes remédios em seu site em meados de julho. Mas muitas pessoas, particularmente os usuários individuais - os mais afetados por este ataque -, não protegeram seus computadores e deixaram uma porta aberta ao vírus, que impede ou dificulta a execução simultânea de muitas tarefas.

    Depois do Blaster vieram, em meados de agosto, dois novos vírus, uma variante mais daninha do verme Sobig e uma variação do próprio Blaster, chamada Nachi, que atacou as redes de corporações como o gigante da aeronáutica Lockheed Martin e a Air Canada.

    Todos estes vírus criaram um colossal congestionamento no tráfego da rede, tanto que a companhia de segurança F-Secure disse que se tratava da pior semana quanto a vírus na história da Internet.


    Terra
     
  2. Sir Devil

    Sir Devil Usuário

    c ferro ngm mando fik espalhando virus pelo mundo
     
  3. Riff

    Riff Usuário

    Bem feito, podia procurar mais coisa pra fazer
     
  4. Finrod

    Finrod Visitante

    Se ferrou, e eu atei avisei o vírus para todos do fórum da Valinor... :mrgreen:
     
  5. Yoru

    Yoru Usuário

    Aquela foto é mesmo do cara? Ele tem mesmo 18 anos? Qual marca de champo redutor de cabelos que ele usa?
     
  6. Riff

    Riff Usuário

    Po, o kra é mó bizarro, deve ser mó nerd q gasta o tempo fazendo virus :lol:
     
  7. #_Slash_#

    #_Slash_# Philip Marlowe Follower

    Ahhh .. po eu quero morre amigo dele !! :mrgreen:
     
  8. Barbárvore.

    Barbárvore. Beatlemaniac

    Tem gente que não tem o que fazer mesmo. Esse deve ser um daqueles caras que passa o dia na frente do pc comendo e nao levanta a cadeira do pc pra nada, soh pra ir ao banheiro (isso se ele nao tiver um penico do lado). Nerds são mt melhores que esse cara :P
     
  9. Eru- o Ilúvatar

    Eru- o Ilúvatar Usuário

    Esse balofo vai morrer de infarto na cadeia, antes dos 30 anos... :assobio:

    Ou vai ser morto por algum vírus de internet q vai entrar nele pelo plug-and -play.

    Desculpem a grosseria, mas desprezo profundamente esse tipo de criatura... Já tive muita dor de cabeça por causa disso.
     
  10. Gothic Legolas

    Gothic Legolas Usuário

    Eu acho que nao! uahauhuah

    Criador de Blaster.B paga fiança e sai da prisão

    O jovem norte-americano acusado de espalhar a praga Blaster.B foi solto sob pagamento de uma fiança de US$ 25 mil, depois de audiência realizada na Corte Federal dos Estados Unidos, na sexta-feira passada, informou o site Idg Now. Jeffrey Lee Parson, de 18 anos, morador da cidade de Hopkins, em Minnesota (EUA), havia sido preso na manhã de sexta-feira sob suspeita de ter ligações com a origem da variante B do vírus Blaster, que começou a se espalhar pela Internet no dia 13 de agosto.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Parson cobre o rosto com um papel depois de sair da prisão.

    A prisão resulta de um trabalho de investigação do US Federal Bureau of Investigation (FBI) em parceria com o Serviço Secreto norte-americano, informa o porta-voz do FBI, Bill Murray. Apesar de ter saído da prisão, a liberdade do jovem está vigiada. A juíza Susan Richard Nelson proibiu Parson de acessar a Internet e só o deixou sair de casa para ir ao médico e ao colégio, onde também não poderá acessar os computadores. De acordo com informações da agência EFE, a magistrada também fixou a data de 17 de setembro para a realização de uma audiência em Seattle (estado de Washington), onde o caso é investigado.

    Como agiu Parson

    Definido por seus vizinhos como um solitário e um gênio da informática, o jovem de 18 anos - que mede quase de dois metros e pesa quase 150 quilos, conforme as autoridades - ia começar no mês que vem o último ano de colégio.

    O assistente do procurador Paul Luehr assinalou que o worm que teria sido criado pelo jovem, junto com outras variantes do vírus Blaster, causaram danos econômicos de US$ 5 milhões a US$ 10 milhões só à Microsoft. O procurador de Seattle, John McKay, assinalou que Parson é uma peça fundamental na investigação sobre o vírus Blaster. Os investigadores assinalaram que a praga permitiu a Parson acessar computadores individuais e dados de contas financeiras.

    O jovem tomou poucas precauções para encobrir sua identidade, visto que cada computador infectado enviava uma mensagem para seu site na Web, registrado em seu próprio nome, de acordo com especialistas em informática. A variante do Blaster ou MSBlast que teria sido criada por Parson começou a se propagar em 13 de agosto, dois dias depois da primeira versão, e difere do original pelas informações e por um par de frases que insultam a Microsoft. O Blaster.B obteve pouco êxito em comparação com o original, que conforme a empresa de segurança informática Symantec alcançou meio milhão de computadores de todo o mundo.

    O vírus Blaster, que se aproveita de um "buraco" nos Windows XP e Windows 2000 da Microsoft, contém duas mensagens em seu código que chamaram a atenção dos especialistas: "Bill Gates, por que permite que isto aconteça? Deixe de fazer dinheiro e acerte seus programas" e "Só quero dizer que te amo, San".


    Redação Terra
     
  11. Eru- o Ilúvatar

    Eru- o Ilúvatar Usuário

    Ah, mas ele volta pro xilindró... Só que da próxima vez não vai adiantar advogado.. Ele vai ficar entalado nas grades...
     
  12. Gogumelo

    Gogumelo Usuário

    eh se ferrou...
    mas eu pago pau pros kras q criam virus :P
     
  13. Riff

    Riff Usuário

    Ele nem precisa de cadeia, já deve ficar preso em casa :roll:
     
  14. Omykron

    Omykron far above

    gordo inutil
    vai passar tanto tempo comendo comida de cadeia q vai voltar magro
     

Compartilhar