1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Notícias Gamer joga Civilization por 10 anos para prever o futuro da humanidade

Tópico em 'Jogos Eletrônicos' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 15 Jun 2012.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    [h=2]A ideia é descobrir como estaremos em um futuro distante[/h]

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    A divisão entre as nações que restaram no game // Crédito: Divulgação Lycerius​

    Você já jogou Civilization? É um game que simula a criação de uma civilização (como seu nome diz). Você deve escolher uma tribo (egípcios, vikings, romanos, etc.) criar edifícios, controlar a produção de recursos e fazer guerras para que sua tribo prospere durante séculos e séculos e se torne uma verdadeira potência no futuro. Baseado nessa ideia, um gamer conhecido apenas como Lycerius resolveu levar o jogo mais a sério: durante 10 anos (com intervalos para a vida, é claro), ele levou sua civilização para o futuro, tentando prever o que aconteceria com a humanidade daqui a um milênio.

    Obviamente, os resultados não são exatos, mas existe uma similaridade entre o que aconteceu no jogo de Lycerius e o que pode acontecer conosco. Ele conta que, na época em que está no jogo (3391 d.C), o mundo é um pesadelo, completamente devastado. As calotas polares derreteram 20 vezes (de alguma forma) devido às guerras nucleares. Como resultado, existem pouquíssimas terras não estão inundadas e, a maior parte do que está descoberto, está contaminada por radiação.

    Por causa disso, cidades grandes não existem mais. 90% da população mundial morreu por conta das guerras nucleares ou de fome.

    Apenas três nações sobraram – os celtas, controlados por Lycerius, os Vikings e os Americanos. Todas as outras foram assimiladas ou então extintas em guerras anteriores. E, estas três gigantes, vivem em uma eterna guerra pelos recursos que sobraram no planeta. Mesmo quando a ONU do jogo tenta intervir para impedir ataques nucleares, alguém quebra o tratado de paz.

    As formas de governo que sobraram são surpreendentes. Os Celtas de Lycerius são comunistas, mas os Vikings e os Americanos são nações teocráticas. E mesmo com uma forma mais organizada de governo, o jogador precisa lidar com a população extremamente descontente com ele e controlar revoltas que pipocam no coração de suas cidades.

    O objetivo de Lycerus agora é reconstruir o mundo. Acabar a guerra para gastar seus recursos nessa reconstrução é o primeiro passo, embora ele não saiba como. Mas, a partir de um post no fórum Reddit, ele conseguiu ajuda de vários jogadores
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , dedicado apenas a acabar com a guerra no mundo de Civilization.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 16 Jun 2012
    • LOL LOL x 2
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Pim

    Pim God, I love how sexy I am!

    Como exatamente isso funciona? Alguém que joga saberia explicar?

    E esse cara manteve um "diário" do que aconteceu em cada ano?
     
  3. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Achei um pouco exagerado para ter como verdade isso. Enfim.
     
  4. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Hahahahaha


    Merda.

    Porque o Flamengo então não foi octacampeão (real) brasileiro e tetra da Libertadores/Mundial como preveu o meu CM?
     
  5. Oakenshield

    Oakenshield Usuário

    Pimpa, o jogo é similar a Age of Empires, só que mais voltado para política e gerenciamento os rumos que a sua civilização irá tomar com o passar do tempo, que neste caso acontece em turnos ^^
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  6. Então quer dizer que isso fornece bases suficientemente confiáveis para uma crença geral que iremos nos tornar comunistas ou teocrátas?
     
  7. Amon_Gwareth

    Amon_Gwareth Paragon

    marx já dizia que o capitalismo tende a crise :)
     
  8. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    A psicohistória já foi idealizada.
    E já tem uma empresa que tenta fazer isso com supercomputadores.
     
    • LOL LOL x 1
  9. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Eu joguei Civilization quando eu era bem mais novo, mas joguei muito pouco... O jogo realmente é muito complexo na questão de política e economia, e na época eu queria só aniquilar os meus inimigos. :lol:

    Mas achei bem interessante essa matéria. No jogo dele, os recursos do mundo se tornaram escassos no 4º milênio, e as civilizações entraram em guerra nuclear pela sobrevivência. Isso é interessante analisar, já que esse jogo provavelmente utiliza equações muito lógicas relativas a matérias primas disponíveis no planeta e aumento populacional com o passar do tempo. Obviamente que, no início do jogo, foi sorteado aleatoriamente a forma dos continentes e a localização das civilizações... mas a análise ainda é considerável, já que o foco é a relação entre diversas civilizações.
     
    Última edição: 29 Out 2012

Compartilhar