1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Copa 2014 Fifa fala em R$ 225 milhões para futebol brasileiro. CBF não dá nada

Tópico em 'Esportes' iniciado por Fúria da cidade, 19 Jun 2014.

  1. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    A Fifa garantiu um investimento de US$ 20 milhões (R$ 45 milhões) no desenvolvimento de infraestrutura do futebol brasileiro, valor que deve subir a US$ 100 milhões (R$ 225 milhões). Com receita superiores a R$ 400 milhões, a CBF não tem nenhuma previsão de colocar dinheiro neste projeto, mas participará da gestão dos fundos.

    Há um ano, o presidente da federação internacional, Joseph Blatter, prometeu que daria esse investimento de US$ 100 milhões total no Brasil. Mas só há um programa aprovado de um quinto desse valor pelo Comitê Executivo da federação internacional. A expectativa é de que, com o lucro do Mundial, esse valor seja multiplicado por cinco, segundo a Fifa. O dinheiro será destinado a campos de futebol, divisão de base, e futebol feminino.

    "Somos ativos na implantação do projeto. Temos ainda o projeto Football Hope. O total de US$ 20 milhões será implementado. Ainda não foi aprovado o restante do comitê executivo. A intenção é estar na zona do que disse o presidente Blatter (US$ 100 milhões), mais ou menos. É o primeiro passo", afirmou o diretor de desenvolvimento do futebol da Fifa, Thierry Regenass.

    Na Africa do Sul, foram investido o total de US$ 100 milhões. Questionado quanto a CBF poderia colocar de dinheiro no projeto, o presidente da CBF, José Maria Marin, disse que levaria em conta a sugestão de investir. Não soube lembrar de um centavo dado pela confederação para campos de futebol ou divisão de base, fora as da própria confederação, mencionando apenas passagens e bolas dadas para a Série C e Série D.

    "Desde que nós chegamos a CBF, muitas vezes já foi dito, fomentamos o futebol brasileiro, com Série C e Série D. Pagamos transporte, exame antidoping. Damos14 bolas para cada equipe", explicou Marin. "Vou levar em conta sua sugestão. Vamos estudar. Vamos ver se implementamos ainda este ano."

    Marin ainda citou a construção da sede da CBF, e a Granja Comary como exemplos de investimento na infraestrutura do futebol. E exaltou o fato de ter aumentado a receita da CBF com novos contratos de patrocínio, incluindo uma acordo a ser fechado para dar o nome para o Brasileiro.

    Em relação ao projeto da Fifa, os primeiros campos a serem inaugurados serão no dia 6 de julho, em Belém. A prioridade é atender cidades que não foram sede da Copa-2014. E 70% do total será dado para a implementação de novos gramados. Na Africa do Sul, houve problemas no uso do fundo de desenvolvimento do futebol, com acusações de que teria sido usado em carros para dirigentes.

    A federação internacional promete uma conta separada, gerida em conjunto pela CBF e pela federação internacional, que poderá sofrer auditoria. A entidade máxima do futebol admitiu que, no passado, houve problemas na administração de projetos de desenvolvimento do futebol, com irregularidades, mas que isso está evoluindo.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    ---------------------------------------------------------------------------------------------------

    Por mais que se fale em cifras milionárias, é difícil acreditar que a médio e a longo prazo esse dinheiro será bem usado em prol da melhoria da estrutura. Mais fácil ficar na conta bancária de alguns poucos que todos sabemos quem é.
     
  2. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Mas é vergonhoso a maior entidade do futebol e a entidade da seleção mais importante do futebol darem menos dinheiro de volta para o futebol do que, por exemplo, a Adidas dá pro Flamengo.
    Ou o que o Real Madrid dá pelo Bale.
    Vergonhoso.


    PS: O Marin é divertido demais. "Não temos planos pra investir, mas vamos ajudar a gerenciar (mexer) nesse dinheirinho aí da FIFA".
    :lol:
     

  3. Verdade. Se bem que a própria FIFA já demonstrou que já sabe o quanto a CBF é incompetente.
     
  4. ricardo campos

    ricardo campos Debochado!

    Esse Marin é um fanfarrão.
     

Compartilhar