1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Exterminador do Futuro: A Salvação (Terminator: Salvation)

Tópico em 'Cinema' iniciado por JLM, 16 Dez 2008.

  1. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    O filme q fez a minha adolescência, Exterminador do Futuro II, parece q vai ter uma sequência decente:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    E deve ser também a Salvação da série. Também, só chamando o Batman pra ser John Connor pra tirar aquela péssima atuação do governador da Califórnia no Terminator III.
     
  2. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Puts! Tava sabendo dessa parada já.
    Deprimente! Hollywood quer ganhar dinheiro encima de qualquer coisa, não importa o quanto isso vá destruir as coisas boas já feitas.
     
  3. Excluído01

    Excluído01 Banned

    Ah tipo , eu acho que não vi os outros filmes inteiros ainda ... nunca fui afim de assistir tudo .










    :tchauzim:
     
  4. joao p.

    joao p. Guardião da Luz de Arinium

    quantas versões deve ter??

    daqui a pouco estão lançando o décimo ai, quando um filme ganha mtas continuações ele fica desmerecido
     
  5. Galvão

    Galvão Usuário

    Como diria Schwazinêguêr (nunca aprendí escrever o nome desse maldito): "WHY?"
     
  6. Vail Martins

    Vail Martins Usuário

    Desde o primeiro filme parecia que teria continuações a perder de vista. Tomara que seja legal.

    Tô com um DVD da série "Cronicas de Sarah Connor" , só assisti o primeiro capitulo. Não deu para saber ainda se é bom.
     
  7. Ramalokion

    Ramalokion Mecha-de-Folha

    Nesse ritmo o Exterminador 11 vai se passar no presente com as maquinas tomando conta de tudo! :sacou:
     
  8. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    fora a versão brasileira com o lula se reelegendo pela 3ªa vez. isso é q é exterminador do futuro!
     
  9. duquesa

    duquesa Usuário

    Pelo trailer,esse filme é exelente pra testar um home theater e só. :poop:
     
  10. Lana Lane

    Lana Lane Usuário

    Tem um monte de gente falando mal do filme, mas eu ADOREI!
    Achei tudo perfeito, os robôs ainda muito com cara de máquinas toscas mesmo, o Schwartzenegger aparecendo igualzinho ele era lá em 1984 ficou sensacional! O Christian Bale fez um John Connor como tinha que ser! (isso na minha humilde opinião) Eu sou super fã dele :cheer: Alguém já viu aquele filme Equilibrium?! Wow! "Gun Kata" rules! :uhu:
    Andei lendo lá no Vallinor um artigo que fala sobre como o roteiro foi modificado porque o Christian Bale inicialmente foi procurado para ser o Marcus, e o John Connor era para ter aparecido no filme só como uma voz. Mas sinceramente?! Gostei mais do jeito que ficou. Se é que isso tudo foi verdade, ainda bem que ele bateu o pé e quis ser o John Connor. :sim:
     
  11. Pips

    Pips Old School.

    Direto do
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    :

    Não posso negar que depois do terceiro capítulo da franquia de O Exterminador do Futuro, eu ficaria com o pé atrás para qualquer outro derivado. Primeiro com o sofrível The Sarah Connor Cronicles que, me perdoem os fãs da série, era (pois foi cancelada) dispensável e literalmente chata (para não usar termos clichês como arrastada).

    O que acontece nesse novo capítulo é tentar usar tudo o que os outros longas tiveram de bom: história com intrigas (que podem ou não decidir o futuro da humanidade) e cenas de perseguições competentes. Pois bem, um longo falatório introduz Marcus Wright, um condenado ao corredor da morte, todavia, conhece a Dra. Kogan e resolve doar seu corpo para experimentos.

    Wright acorda no ano de 2018, desorientado, num futuro apocalíptico, e sem memória do que tenha acontecido. É a partir daí que a ação toma conta da tela, enquanto por um lado vemos John Connor, e seu grupo da resistência, prontos para um ataque iminente a Skynet, do outro vemos Wright fazer amizade com Kyle Reese, pai de Connor (aquele que volta ao passado peladão no primeiro filme), e a pequena Star, os três fugindo de exterminadores novos (motoexterminadores, por exemplo).

    Como o filme fica dividido entre essas duas partes, parece que John Connor não tem tanta importância como nos filmes anterior, aliás, podemos até dizer que ele é mero coadjuvante dessa história toda (e coitado do Cristian Bale que pela segunda vez perde o posto principal para os outros personagens). E por pior que pareça o roteiro não colabora para acreditarmos em tudo que fora profetizado, Connor “o líder da resistência”, nos filmes anterior. O personagem não tem carisma e quais são as tais conquistas que ele conseguiu (nunca mencionadas na película inteira)? E o papel de Kate Connor é apenas para carregar o filho dele no ventre? Culpa também do roteiro por deixar passar pequenos detalhes; o envolvimento entre Marcus e Blair ser tão rápido (amor à primeira vista? Achei que era um filme de ação e não uma comédia romântica) para justificar cumplicidade ou talvez a aparição da Dra. Kogan no terceiro ato contando todos os planos da Skynet, igual a um supervilão.

    Decerto esses pontos são bem relevantes, mas as cenas de ação são bem executadas e as referencias aos capítulos anteriores, como “I’ll be back”ou a música tema do segundo filme (“You Could be Mine” do Guns ‘n’ Roses). Um blockbuster que assume o que foi deixado pelos capítulos anteriores, fazem com que este novo filme da franquia seja uma surpresa agradável para quem não esperava muito, como eu.
     
  12. Lana Lane

    Lana Lane Usuário

    Então Pips, eu não concordo com essa crítica ao The Sarah Connor Chronicles. Gostei demais do seriado e fiquei bem cheateada porque foi cancelado (esses americanos não sabem o que é bom mesmo! :dente: )
    E continuo defendendo o filme. Realmente o John Connor não é tããão principal, até porque a história toda gira em torno de salvarem o Kyle Reese. Mas acho que é exatamente isso que dá mais crédito ainda à atuação do Christian Bale, porque quando ele aparece, parece que não tem mais nada na tela a não ser ele! (isso foi o que eu achei). E como já disse, a forma como dizem que seria o roteiro antes da modificação para como ficou no filme, a mim não agradou. Eu teria saído do cinema p da vida se tivesse visto aquilo.
     
  13. Pips

    Pips Old School.

    Eu não gostava da série, achava chata pra caramba. E não gostava da mulher que colocaram como Sarah.

    E eu não acabei com o filme, ele tem seus méritos, mas até aí elogiar a atuação do Bale é ser tiete, imo.XD
     
  14. Lana Lane

    Lana Lane Usuário

    Epa, epa, epa! Não é bem assim. Eu sou fã das atuações do Bale. Não sou tiete do tipo ele é bonitinho, lindinho, sei lá o que. Fala sério, o cara nem é lá essas grandes coisas no quesito beleza (na minha opinião). Eu gosto dele porque ele é um bom ator. E como eu vejo o personagem John Connor, ele ficou perfeito. Mas tudo bem, respeito a tua opinião, parece que você não curte muito o Bale como ator. Entendi. :)
    Mas voltando ao que interessa, achei que o filme encaixou tão bem na série de filmes, com todas as remissões legais, que continuo dizendo que vale muito a pena ver! É um filme muito bom!
    obs: acho que hoje é o dia de eu e o Pips discordarmos em tudo. Achei ótima a escolha da atriz para a Sarah Connor. Aliás, gostei de tudo no seriado. Não consigo reclamar de nada nele, só do fato de ter terminado tão cedo.
     
  15. Pips

    Pips Old School.

    Nein, nein. Eu gosto pra caramba do Cristian Bale em Psicopata Americano, por exemplo. Só que como John Connor não faz muita coisa nesse filme, apenas para ser ligação da série, a atuação dele ficou de lado. Tanto que os gritos e exaltações dele me pareceram muito over. A atuação dele seria bom se, mesmo com o destaque para o Kyle, ele conseguisse se destacar. E quando disse tiete, quis dizer por você gostar muito dele independente do seu gosto estético.
     
  16. Liico

    Liico Usuário

    Sobre o filme, gosto dele como uma continuação da História, como um simples "fecha lacunas" porque a história dele depende totalmente dos fatos dos três filmes anteriores, quem simplesmente vai assistir sem ter assistido nenhum dos outros três não entende absolutamente nada.

    Daniel Craig nesse filme, estava praticamente um batman sem fantasia, que me perdoem os que gostaram da atuação dele, mas preferia que o Edward Furlong tivesse feito o Jhon Connor,se ele não tivesse tão fora de forma, sinceramente.

    O filme vale a pena ver sim, ótima continuação para um filme deplorável como foi o Terminator 3, mostrando uma guerra que os fãs ficaram 25 anos esperando para ver, desde o lançamento do primeiro filme.
     

Compartilhar