1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Estudante de 16 anos é aprovada em nove vestibulares para medicina

Tópico em 'Planeta Bizarro? Estranhices? Bizonhices?' iniciado por BeorZenni, 9 Fev 2011.

  1. BeorZenni

    BeorZenni Usuário

    Marcela Malheiro Santos, de 16 anos, tem o privilégio de escolher entre o curso de medicina de nove universidades brasileiras. A estudante foi aprovada nas principais instituições de ensino do país, entre elas: Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Melkor-O Morgoth

    Melkor-O Morgoth Usuário

    HUahsuahusahsuha, sacanagem isso, eu querendo uma vaguinha só pra um curso nem tão disputado e ela pega tudo.

    Tem gente que tem maior facilidade de aprender (e gosto por isso também), tem gente que nasce gênio fazer o que. Mas acho precoce ir pra faculdade com 16 anos, afinal é uma decisão muito importante para toda vida para toma-la tão jovem (e provavelmente imatura).
     
  3. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    CDF´s nunca faltarão nesse mundo.
     
  4. adrieldantas

    adrieldantas Relax and have some winey

    Nunca faltarão mesmo. Agora a menina é fodona.
     
  5. BeorZenni

    BeorZenni Usuário

    CDF é uma coisa, essa menina é de outro planeta
     
  6. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    O surpreendente é ela ser mulher. o_O


    PS: :hihihi:
     
  7. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ


    O surpreendente é ela não ser japa.
     
  8. BeorZenni

    BeorZenni Usuário

    aisuhiasuhiasuhas
    verdade
    se fosse japa, ahh normal, nem virava noticia
    :lol:
     
  9. Elmarien

    Elmarien Mighty Mane Thorin

    Até aqui isso virou notícia? Que joinha.

    Eu conheço a menina, ela estudou na mesma classe que eu.
     
  10. Pim

    Pim God, I love how sexy I am!

    A principal decisão que ela tem que tomar, e que é irrevogável, é a escolha entre USP e Unicamp pra começar este ano. Qualquer outra dá pra ser contornada, inclusive a escolha do curso.
     
  11. BeorZenni

    BeorZenni Usuário

    vc colava dela certeza
    diz ai
    uiashuiashuias
     
  12. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Depende muito da pessoa. Eu escolhi meu curso aos 15 e entrei na faculdade com 18 e não me arrependi. Só demorei pra me formar por que tranquei o curso na particular pra fazer vestibular na federal, mas para o mesmo curso. E depois que passei não consegui equivalência num monte de cadeiras e tive de fazer tudo de novo, mas valeu a pena.
     
  13. Fëanor

    Fëanor Fnord Usuário Premium

    Não acho isso assim tããão incrível. Ela só está um ano adiantada (ela tem 16 mas faz 17 neste ano). Claro, não vou menosprezar e dizer que seja fácil entrar em Medicina, ainda mais nas universidades que ela conseguiu. Mas muita gente consegue entrar com seus 17 para 18 anos, então um ano a menos não é nada tão anormal assim, IMO.

    Eu mesmo passei em vestibular aos 16, quando estava no segundo ano do ensino médio. Não era Medicina, mas era Direito, e em universidade pública também. Claro que a dificuldade dela era bem maior, mas considerando que eu não sou nenhum "gênio-de-vestibular", então...
     
  14. BeorZenni

    BeorZenni Usuário

    eu tbm entrei na faculdade de direito aos 16 anos
    ainda assim, eu considero essa menina bem fora dos padrões
     

Compartilhar