1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Esmolas... Dar ou não dar?

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Raphael S, 13 Jun 2008.

?

As pessoas devem dar dinheiro diante a um pedido de esmola?

  1. Sim

    2 voto(s)
    6,3%
  2. Não

    30 voto(s)
    93,8%
  1. Raphael S

    Raphael S Desperto

    Com certeza já aconteceu com todos se deparar com um pedinte, seja na rua, estabelecimento, trêm ou ônibus e tiveram que decidir ceder ou não ao pedido de dinheiro.

    Há famílias que dependem e sobrevivem do dinheiro de esmolas, há outras com condição que se aproveitam disso e transformam a condição de pedinte em profissão.

    Eu quero saber qual a opinião do pessoal do fórum neste sentido, procurei mas não consegui achar outro tópico falando sobre isso.

    By Raphael S
     
  2. Lukaz Drakon

    Lukaz Drakon Souls. I Eets Them.

    Eu uso um adesivo no meu carro que evita esse tipo de coisa.
     
  3. Arveleg

    Arveleg Men of The West


    hahahaha!!!:lol: Esse aí é legal! Eu tinha um que em vez de malabarismo era "eu odeio Mentex"!!

    Na boa essa coisa de dar ou não dar ficou meio estranha né não?:think:

    Mas voltando ao assunto, em vez de dar esmola, eu prefiro fazer doações a uma casa de idosos, orfanato ou outro tipo de entidade desse tipo. Pelo menos eu tenho certeza que o dinheiro não vai pra cachaça de algum vagabundo que explora os filhos!!!:disgusti:
     
  4. Shazan

    Shazan siscapuliu

    Não.

    Eu não dou e não acho maldade. Não tem como saber quando a pessoa tá falando a verdade sobre a necessidade do dinheiro. Tem gente que parece que tá pedindo com sinceridade e tá mentindo e gente que tá mentindo e parece ser sincero.

    Na dúvida, não dou. Até porque é uma "solução pobre para a pobreza".
     
  5. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Poxa, honestamente eu não dou. Mas tem dias que parte o coração e acabo dando algum trocado.
    Mas concordo que não é a melhor solução.
     
  6. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Depende... em geral eu não dou pois virou sistemático já. Mas tem casos que eu compadeço e acho válido.
     
  7. Bruce

    Bruce eu

    Esmola não dou, mas quando a pessoa está tipo vendendo bala no busão, acho válido ajudar.
     
  8. exatamente.

    quando ele tá desenvolvendo qualquer atividade é válido.
     
  9. Deriel

    Deriel Administrador

    Vender bala em busão é proibido aqui em Curitiba - e os vendedores sabem. Pra esse tipo de coisa eu não ajudo mesmo. Aliás, eu nunca dou esmola, tenho uma instituição que ajudo mensalmente.

    Esmola você "ajuda" (isso se a necessidade for de fato real) uma pessoa. Auxiliando uma Instituição você auxilia várias.
     
  10. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    Ás vezes um adulto acaba explorando a criança pra vender algo e desenvolver essa atividade aí.
     
  11. Fëanor

    Fëanor Fnord Usuário Premium

    Nunca dou dinheiro. Pessoa que pede esmola por real necessidade não precisa do dinheiro em si. Precisa de comida, roupa, etc. Dando dinheiro, você nunca sabe que fim o mesmo pode ter, como já mencionaram.

    Várias vezes já bateram aqui pedindo comida, e nunca foi negado. Por várias vezes já doei roupas para entidades e pessoas cuja necessidade eu sabia ser real. Dinheiro, jamais.
     
  12. Tuor

    Tuor Usuário

    Não. É como disseram: se a pessoa estiver fazendo alguma atividade para ganhar uns trocados, como vender doces e tals, pode acontecer. Agora se é uma pessoa na rua pedindo esmola, não acontece sempre, mas prefiro perguntar se está com fome e eu pagar alguma coisa para ela comer. Já estive em casos de pessoas não quererem comer, mas somente quererem o dinheiro. Eu nego. Sempre.
     
  13. Bruce

    Bruce eu

    Não sei o Luís, mas eu não tava falando de crianças.
     
  14. Duilin

    Duilin Eruhín Alcarohtar

    Concordo.
    Evito esmolas, exceto naqueles casos que vc desconfia que se num der esmola vai ser roubado...

    Ou ainda quando nota-se que a pessoa não tem condição realmente e não só aparência e tals... pedindo comida aí até ajudo.

    E comprar tbm evito, tbm proibido por aqui...
     
  15. Passolargo

    Passolargo Your face warped in pain...

    Eu também não dou esmola. Digo, não dou dinheiro, porque assim como o Fëanor e o elsonluiz disseram ali em cima, se pedirem comida diretamente, eu ajudo.

    Por coincidência, estava saindo aqui do trabalho hoje e fui abordado por um cara que queria dinheiro pra comer. É foda negar, ainda mais quando a pessoa parece estar dizendo a verdade, mas como eu ia saber que o cara não iria me assaltar de verdade assim que eu tirasse a carteira do bolso? Não que ele não pudesse ter feito isso antes, mas... neguei e fui pro carro rapidão.
     
  16. é verdade.

    também desconfio de instituições, acho que a melhor maneira de ajudar ainda é a comida. mas 90% das vezes eles não querem
     
  17. Bruce

    Bruce eu

    Cagão.

    :-P

    Já ouvi inúmeros casos de pessoas que ao invés de dar dinheiro, oferecem comida, aí a pessoa sai xingando.

    Existe um grande problema aí. Muita gente dá comida, mas as instituições tem contas de luz, água, gás, funcionários, roupas, fraldas (crianças ou idosos), móveis, remédios, enfim, uma infinidade de coisas caras. Em muitas instituições chega a sobrar comida. Acho que a melhor saída é levar essa "caridade" a sério e realmente procurar uma instituição séria (dá pra fazer isso através de amigos) e colaborar financeiramente mesmo, ou então identificar uma real necessidade e supri-la.
     
    Última edição: 13 Jun 2008
  18. Izze.

    Izze. What? o.O

    Dinheiro, não. Nem a pau.

    Minha mãe sempre dizia, quando uma criança pedia dinheiro, era certo que o pai tava mais atrás, esperando pra dar a quantia suficiente pra uma garrafa de pinga.
    Claro, não é sempre assim, mas tem casos.

    Se a pessoa pedir comida, daí sim. Mas nunca dei pq ninguém nunca me pediu comida, só dinheiro mesmo.

    Mas não do!
     
  19. Elfo de Valfenda

    Elfo de Valfenda Happy to see you

    Aqui pra casa antigamente, toda semana ligavam umas "instituições" pedindo dinheiro, até poderia fazer uma doação (mesmo sendo um ávaro nato) só que são sempre uns lugares extremamente desconhecidos, e até hoje eu só me lembro de ter dado dinheiro uma vez, porque fiquei com pena da pessoa, que tava pedindo dinheiro pra passagem, no terminal rodoviário, e ela pegou o mesmo onibus que eu. Mas se me pedirem dinheiro não dou, comida ninguém nunca me pediu.
     
  20. Kainof

    Kainof Sr. Raposo

    Comigo é a mesma coisa. Geralmente não dou esmola, mas tem alguns casos que não consigo negar... depende da pessoa, da idade e etc. Velhinhas e crianças tem mais chances de conseguirem, alegando n motivos: fome, passagem ou simplesmente uma "ajuda". Quando tenho moedas soltas no bolso acabo não resistindo ao pedido e dou os trocadinhos. Difícil dizer não...

    É sempre um problema se sentir enganado por dar uma esmola que não vai servir pro objetivo que te disseram que ia servir, ou que algum outro "explorador" vai ficar com o teu dinheiro (estranho aplicar o termo explorador a um mendigo... logo alguém deixado a margem do mecanismo social da exploração). Nem é pelos trocados, mas pela integridade. É um compromisso moral que se assume ao receber uma esmola.

    Abrigos e instituições são com certeza o melhor caminho de se prestar assistência a moradores de rua e necessitados extremos. Mas muitos preferem ter um sub-emprego, pedir esmolas, morar em casebres ou embaixo de pontes do que ir para um abrigo, onde existem regras, horários e restrições de comportamento. Um abrigo retira a liberdade tão estimada do miserável. Para alquém que não possue nada, o que resta é só a si mesmo e sua liberdade microcósmica.
     

Compartilhar