1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Épicos antigos

Tópico em 'Cinema' iniciado por Haran Alkarin, 26 Jan 2007.

  1. Haran Alkarin

    Haran Alkarin Usuário

    Olá pessoal,
    Criei esse tópico para falarmos de épicos antigos, daqueles épicos anteriores a 1990 e tal. Claro que dois exemplos clássicos são
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , mas acho melhor nos atermos a outros filmes, pois estes são bem conhecidos e já foram bastante discutidos.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Júlio César

    Eles são todos "homens honrados". E eles todos são conspiradores tramando o assassinato do imperador. Para contar com o apoio das massas, entretanto, eles sabem que precisam que sua causa ganhe a simpatia do admirado Brutus. Júlio César (indicado para cinco Oscar, incluindo Melhor filme, e ganhador do prêmio de Melhor Direção de Arte) permanece como uma das melhores adaptações da obra de Shakespeare, sob direção Joseph L. Makiewicz (Oscar de Melhor Direção por A Malvada). À frente de um elenco de estrelas, John Gielgud interpreta o líder da conspiração, Cássio (mais tarde, estaria do outro lado da adaga no papel de César, na versão de 1970 para o filme). James Mason (ganhador do prêmio de Melhor Ator no segundo o National Board of Review) é o atormentado Brutus. E, engrandecendo ainda mais o elenco, Marlon Branco troca sua tradicional camiseta branca por uma toga romana para dar vida ao leal vingador Marco Antônio.


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    (box com três DVDs lançado no Brasil)

    Cleopatra

    Épico de Joseph Mankiewicz premiado com cinco Oscar nas categorias fotografia, direção de arte, figurinos, cenários e efeitos especiais. O filme, concluído em 1963, narra a história de Cleópatra (Elizabeth Taylor), a rainha do Egito que seduziu Julio César (Rex Harrison) e Marco Antônio (Richard Burton), consolidando seu poder frente ao Império Romano. A edição especial em DVD traz a produção de pouco mais de quatro horas de duração, um documentário, trailers de cinema e galeria de fotos. Nos discos 1 e 2: Idiomas Inglês (som: dolby digital 5.1) e português (som: 2.0 sorround), legendas em inglês, português e espanhol. No disco 3: Idioma é inglês Som: 2.0 surround) e legendas em português e espanhol.


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Calígula

    Calígula - O Filme é uma das mais polemicas produções do cinema. O único que mostra o show de perversões que o Império Romano escondia, e conta a história de Calígula, o mais louco dos imperadores, que mantinha um bizarro caso sexual com sua irmã e era casado com a mais infame das prostitutas. Ao mesmo tempo que Calígula vivia cercado de bajuladores, tinha também inimigos perigosos, loucos para vê-lo longe do poder.
    Superprodução com elenco do primeiro time, onde se destacam Malcolm McDowell, Peter O'Toole, John Gielgud e Helen Mirren, Calígula é um filme que choca pela sua beleza e naturalidade com que trata temas considerados tabus pela sociedade.
    Esta versão que comemora os 20 anos do filme contém cenas adicionais inéditas, dirigidas por Bob Guccione criador da Revista Penthouse, uma das bíblias do erotismo mundial


    -


    E então, esses filmes são bons? Quem já assistiu peço que opine. Eu estava tentando alugá-los, mas não achei em lugar nenhum. Estou pensando em comprar direto, dependendo das opiniões.

    O Calígula está apenas 12 reais na Americanas. É verdade que a pornografia rola solta nesse filme? É algo como
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    (que, alias, é um ótimo filme), que chega a aparecer mas não é tão claro, ou chega a ser sexo explicito mesmo?

    Tem também um filme chamado "A Queda do Império Romano", que parece que é bom, e um outro, "Demetrius e os gladiadores". Mas não cheguei a ver mais detalhes.

    É isso.
     
  2. V

    V Saloon Keeper

    Não.

    Sim.
     
  3. Deriel

    Deriel Administrador

    Tem UMA cena explícita mesmo no Calígula (aquela do barco)
     
  4. V

    V Saloon Keeper

  5. Deriel

    Deriel Administrador

    Aquela nacional das Americanas tem várias cenas picantes e tal, mas explícita mesmo só a do barco, que eu me recorde. A cena é de muito mal gosto, por sinal.
     
  6. Haran Alkarin

    Haran Alkarin Usuário

    Mas e quanto ao filme como um todo, Deriel, é bom? Vale a pena comprar?
     
  7. Deriel

    Deriel Administrador

    Como o V disse, nenhum dos três. Se você tiver dozerreal sobrando, mas sobrando mesmo, mas mesmo, compre de curiosidade e pra bancar o rebelde com suas tias-avós.
     
  8. Haran Alkarin

    Haran Alkarin Usuário

    Assisti Calígula. Alugado. Nossa, perdi 2h30 da minha vida. E olha que eu já fui esperando algo ruim, mas o filme conseguiu ser pior.

    O filme é uma bosta. Que Claudius é aquele? É fato que Claudius não era valorizado entre Roma, mas por conta de sua gagueira e etc, não porque era burro (alias, muito pelo contrário, era muito culto).

    Mas o foda do filme é a pornografia mesmo. Pensei que eu ia ver história, ou pelo menos um romance. O filme foca muito na pornografia. Qualquer coisa era motivo para mostrar transas e etc. Olha, o Calígula com sua irmã *sexo* ele conversando com Tibério *sexo* ele olha pelo buraco do busto *uia, alguém fazendo sexo*. Na maioria das vezes que Calígula ia fazer algo, era relacionado a sexo. Ótimo, então mudassem o gênero do filme para pornográfico, ora.

    E tipo, tudo relatado no filme aconteceu de fato? Calígula prostituiu as mulheres dos senadores? Calígula mandou seu exército atacar papiros? Posso estar enganado, mas duvido muito. Ele era louco sim e tinha delírios de grandeza, mas dificilmente os senadores deixariam ele chegar aonde o filme diz que chegou. E esses senadores eram filhos ou netos dos homens que mataram Julio Cesar, a postura do senado mudara tanto assim?

    Enfim, não aluguem, muito menos assistam. Mantenham distância.

    -

    Mas ainda estou com esperaças de ver Cleopatra e Julio Cesar, parecem ser filmes mais sérios e e tal.
     
    Última edição: 26 Jan 2007
  9. Alcarinollo

    Alcarinollo Usuário

    Haran, calma na crítica que não é bem assim. O filme não é bom mesmo, mas Calígula era ainda bem pior que aquilo: assassinou o pai (envenenado), dormia com a própria mãe (não dormia, melhor dizendo), assassinou a mãe (envenenada), nomeu seu cavalo senador, cazou-se com uma das mais requisitadas cortesãs de Roma, amava incestuosamente sua irmã, era bissexual depravado mesmo, além de louco. Fez muito pior do que o filme retrata, mas não foi o único! Nero era no mesmo nível, se não pior, e vários outros imperadores da época em que estes se consideravam deuses foram devassos, amorais, tiranos e promoveram verdadeiros banhos de sangue.
    Pode crer que embaixo desta empada tem ainda muuuuito mais azeitona.
    Quer ver coisa melhor: Satiricon, de Frederico Fellini, baseado na obra de Plutarco.
    Há ainda os clássicos Quo Vadis e Rei dos Reis, além de Cleópatra, que também deixam transparecer a crueldade do império que foi chamado de Luz do Mundo (the american way of life).

    Voltando ao assunto dos clássicos, tenho quatro indicações que não decepcionarão:
    1- Os canhões de Navarone (guerra);
    2- Nosferatu, o vampiro da noite , com Klaus Kinsky (terror);
    3- A Força do Destino (Drama); e
    4- Três Homens em Conflito (western).

    É diversão na certa !!!! Grande abraço!!!
     
  10. Haran Alkarin

    Haran Alkarin Usuário

    O pai de Calígula, Germânico, morre em Alexandria misteriosamente. Mas a hipótese mais aceita é que ele morrera envenenado por Piso a mando de Tibério. Agrippina Major, mãe de Calígula, foi exilada após acusar Tibério e tentativas que substituir Tibério por um de seus filhos (Druso e Nero César), onde morreu. Não se acredita que Calígula estivesse envolvido em nenhuma das mortes.

    Além da nomeação do cavalo, que foi cortada, o restante de que você falou foi retratado sim. Se bem que passou ele dormindo com o cavalo. Ah, e não tinha como passar ele dormindo com a mãe, já que ela já estava morta no começo do filme.

    O que duvido e achei estranho foi o detalhe de Calígula ter prostituido as esposas dos senadores. Isso foi muito exagerado. Claro, posso estar engando e pode ter acontecido e etc, mas nunca ouvi falar disso e duvido muito que tenha ocorrido. Os ataques aos papiros também. Isso foi o que achei mais estranho, não acho que os senadores assistiriam a isso calados. [por que, se Chaerea o matou de qualquer forma, para que ficar e assistir a isso tudo?]

    De qualquer maneira (qualquer mesmo), o filme é uma bosta. :tsc:
     

Compartilhar