1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Ele Está de Volta (Timur Vermes)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Shakhbûrz, 15 Jun 2016.

  1. Shakhbûrz

    Shakhbûrz sculptor of reality

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Resenha ~ Ele Está de Volta


    Livro: Ele está de volta
    Título Original: Look Who’s Back
    Autor: Timur Vermes
    Editora: Intrínseca
    ISBN: 9788580575293
    Ano: 2014
    Páginas: 304
    Tradutor: Editora Intrínseca

    Já se perguntou o que teria acontecido se Hitler não tivesse se matado ao final da 2° Guerra Mundial? Indo além, já se perguntou como seria a Alemanha atualmente, caso Hitler ainda fosse o Führer? Bom, agora você tem uma ajuda para imaginar. “Ele está de volta” é uma sátira ao estilo de vida contemporâneo, escrito pelo alemãoTimur Vermes. No livro, Adolf Hitler acorda em um terreno baldio em plena Berlim de 2011. Sem saber o que lhe aconteceu e como anda a guerra contra os aliados, Hitler perambula pelas ruas a procura de pistas sobre o estado atual do Terceiro Reich.

    Em “Ele está de volta”, Hitler descobre que a Alemanha que ele outrora comandou agora está nas mãos de uma mulher (e isso deixa ele bem irritado). Além disso, ninguém mais parece levar ele à sério. Todos pensam que ele é algum tipo de sósia ultra verossímil que está só querendo um lugar no showbiz. O resultado disso é que Hitler ganha espaço e atenção da mídia e planeja então reerguer o seu Reich, restaurando a ordem das coisas (à sua própria maneira).

    Timur Vermes impressiona pois consegue fazer o ser humano mais odiado da história se tornar em um personagem carismático, sem nunca fazê-lo perder a sua essência “hitleriana”. É extremamente comum (e isso pode ser chocante) perceber como – muitas vezes – concordamos com Hitler durante o livro, especialmente durante as fortes críticas sociais que ele faz. É o caso, por exemplo, dos celulares (que para Hitler foi alguma invenção do Terceiro Reich para dificultar a comunicação pessoal dos estrangeiros dentro da Alemanha). Ele percebe de forma bem sagaz que pessoas em contato direto umas com as outras acabam usando os celulares para se comunicar, ao invés de simplesmente se olharem e falarem normalmente. Para ele isso é um processo deliberado de emburrecimento dos estrangeiros para facilitar o domínio ariano.

    Em sua busca por poder, Hitler acaba fazendo amizades inusitadas, como a sua secretária judia (que, obviamente, pensa que ele é apenas um comediante). Hitler também cria inimizades curiosas, como os neonazistas, que veem nele uma afronta à figura do “verdadeiro Hitler”. O resultado é uma sequência de inversões no que a figura de Hitler representa: antes um ditador, racista e genocida; depois um crítico social que mostra de forma clara que a dita sociedade atual não é tão melhor que a de seu tempo. Tudo isso, é claro, recheado de humor negro e duvidoso (mas nem por um momento cansativo ou ofensivo demais).

    Timur Vermes nos mostra que - assustadoramente - as ideias de Hitler e os ideais do nazismo ainda teriam espaço em nossa sociedade, bastando apenas um ambiente propicio para desencadear novamente os eventos de 1933.

    Curiosidade: Um filme baseado no livro já foi gravado e está disponível no Netflix.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Galford Strife

    Galford Strife Jedi Master

    Tenho o livro, mas ainda não li.
    O filme eu já assisti e gostei.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. Shakhbûrz

    Shakhbûrz sculptor of reality

    O livro é MUITO melhor que o filme (que também é legal). As piadas do livro são bem mais interessante, principalmente as sobre judeus.
     

Compartilhar