1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

É SdA um livro curto demais?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Kryshnack, 4 Mar 2007.

  1. Kryshnack

    Kryshnack I am more I

    Bom, uma das únicas reclamações que ouvi sobre Senhor dos Anéis, é que o livro é curto demais. Muitas pessoas concordam com essa afirmação, inclusive o própri Tolkien falou isso no prefácio de SdA. Eu só li o livro uma vez (claro que vou ler muito mais:cool: ), por isso não posso argumentar muito com leitores que leram o livro dezenas de vezes. Mas eu sei se é um livro muito curto mesmo, o que vocês acham?:think:
     
  2. grlopez

    grlopez Usuário

    Acho que é porque ele simplesmente escreve muito bem e você quer sempre mais!

    Se tivesse 5 mil páginas ainda ia ficar aquele "quero mais" no final do livro. hehehe

    Abraços
     
  3. Kryshnack

    Kryshnack I am more I

    É uma boa teoria. podia ficar a eternidade lendo um livro de Tolkien que nunca ia perder a graça.:yep:
     
  4. natalia

    natalia Usuário

    Concordo plenamente!! Tanto é que, mesmo os HoME tendo sido editados pelo filho dele, eu não resisti na época pois achei que podia ter mais coisas que não tinham saído na edição oficial.

    Se tiver tempo, mas prá frente, gostaria de reler, porque sempre fica a sensação de que não deu prá pegar tudo... só o SdA eu já li umas 4 vezes.
     
  5. Nefertari

    Nefertari Suave é viver só

    De todo livro que gosto tenho a impressão que é curto demais. Quanto mais eu gosto de uma obra, mais quero que ela continue e nunca acabe. Entretanto, isso é opinião de fã mesmo. As pessoas "normais" acham que SdA é longo. Algumas pensam, inclusive, que é mais longo do que deveria ser.
     
  6. Sano

    Sano Porque né

    :yep:

    Já reli o SdA e o Silma umas 20 vezes cada um, e eu não estou exagerando. E mesmo assim, continuo relendo. Esse fim de semana mesmo eu reli o SdA de novo. Pra falar a verdade, acho que todo livro que eu leio eu releio tb. :think:
     
  7. Vikingaälva

    Vikingaälva Samson came to my bed

    O Senhor dos Anéis não é um livro cruto em termos de "história", na minha opinião, mas é curto porque sempre quando você chega ao final você quer mais, e depois disso passa a rele-lo e descobre algo que ainda não tinha descoberto ainda, e assim vai indo até que você relê o livro pela décima vez, que é sempre a mais triste pois quase não há mais nada para descubrir :/
    Aí você fica um tempo sem ler OSDA, até que um dia você resolve ler de novo... e descobre algo novo, até que enfim (ou simplesmente relembra de algo que você não se lembra de tanto tempo que ficou sem ler o livro).

    :lol: É... OSDA é um livro curto sim.
     
  8. Kryshnack

    Kryshnack I am more I

    É. Tou começando a concordar com vocês:yep: Mas porque será que Tolkien falou que é curto demais?? Tipo, ele é o autor, então eu acho que as opiniões anteriores não são válidas, por que são de fãs. Alguem sabe algum motivo?:think:
     
  9. Eriadan

    Eriadan Bears. Beets. Battlestar Galactica. Usuário Premium

    Enqueteia, Kryshnack! :yep:

    Sim, o SdA é um livro curto demais. Aceitaria mais umas 1000 páginas tranqüilamente. :-P
     
  10. Sano

    Sano Porque né

    Me lembro de ter visto algo assim em algum site, na dúvendor, acho. Tolkien diz que achou o livro curto demais porque gostaria de ter explicado mais coisas, e que gostaria de fazer um apêndice maior.
     
  11. Eriadan

    Eriadan Bears. Beets. Battlestar Galactica. Usuário Premium

    No prefácio ele comenta que o principal defeito que ele via no livro então é que era curto demais. :obiggraz:
     
  12. Kryshnack

    Kryshnack I am more I

    Ah tá, obrigado pela ajuda:abraco:
     
  13. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Creio que ele seja um pouco curto. Tipo, se cada livro (6 livros, divido em três partes) tivesse 300 páginas, seria bem legal, 1800 no total,,, mas Tolkien era um genio, e ler O Senhor dos Aneis, é fascinante, por isso consideramos curto.
    Quem nunca leu, me chama de louco, só porque ja li 5 vezes, mas sempre que der eu leio, e todos que leram uma vez, querem ler de vovo, porque daí descobrem a maravilha da literatura de Tolkien.
     
  14. Loreley

    Loreley Desecration Smile

    Há essa sensação quando a leitura flui. Você lê e quer mais; é incansável, mesmo quando não é mais a primeira vez que se lê; é melhor a cada leitura. E aí, quando livro termina, fica essa sensação de: "Puxa, o livro poderia ser maior!"
     
  15. Vikingaälva

    Vikingaälva Samson came to my bed

    Obs. Inicial: Todo livro que é bom é curto demais :P principalmente os de Tolkien.

    Bem, o que foi dito aí em cima tem bastante sentido, também acho que foi muito conteúdo para poucas páginas. Acho que uma coisa muito ruim é você ter que controlar as páginas para escrever um livro ao invés de ter a liberdade de escrever as coisas no tamanho que você quer.
    E, na verdade, todos os Tokiens Geeks são chamados de loucos pelos os que não são, justamente por lermos e assistirmos às mesmas coisas, relacionadas a um mesmo assunto. ("O mundo é dividido entre aqueles que leram Tolkien e aqueles que não leram e criticam os que leram" :lol:)

    O jeito é ler de novo agora :D
     
  16. Jedi Solo

    Jedi Solo The Greatest Jedi

    Não é possível que alguém acha SdA curto. Tudo junto dá mais de 1000 páginas, (creio eu) e isso não é pequeno. Ainda mais do jeito que Tolkien escreve, parece bem maior (mas isso não é reclamação).
     
  17. Kryshnack

    Kryshnack I am more I

    Quando terminei RdR, não fiquei feliz de início. Tive uma sensação estranha. Descobri que a cura era pegar a Sociedade do Anel e ler tudo de volta:lol: Eu acho um círculo vicioso.
     
  18. Ivanbc

    Ivanbc Drow

    bem, eu não acho um livro curto...
    qtos livros vc acha na prateleira de uma livraria do tamanho do SdA, ainda mais romanciado....???

    na verdade eu tb tive a sensação de ter lido ele rapido demais, no final fiquei triste, pois poderia ter lido mais devagar e aproveitá-lo melhor.

    mas não é por isso que o livro se torna curto e sim a impressão de ser.
     
  19. Istui Gil-Eredh

    Istui Gil-Eredh Elder Elda

    É a sensação triste que já foi comparada com um caçador, caça todos os pássaros, até que eles se acabam, e ele, desolado, fica se ter o que fazer.

    Quando lemos Tolkien, esta é a sensação que temos, de estar caçando, sempre procurando alguma informação, sempre tentando achar algo novo. Você lê o Senhor dos Anéis, e quer ler o Silmarillion (na minha opinião, o livro mais "curto" de Tolkien), quando termina, anseias por algo novo, cata as HoME, após devorá-las, procura novas informações, coisas que se perderam na leitura.

    É uma labuta, por isso, fica a sensação de quero mais, até de perda. Quando terminamos de ler o Senhor dos Anéis, mesmo que sua leitura tenha durado apenas um final de semana, você acaba lembrando, do que se passou com você neste tempo, do que ocorreu com as personagens, você começa a perceber, a transformação de Pippin, de Merry, de Sam; você vê Aragorn tornando-se rei e lembra de como você, tal qual Cevado, não gostou dele no início.

    É isso que é fantástico nas obras de Tolkien, ver como você mudou, desde quando descobriu "o quê diabos são os hobbits", até quando lê a nota explicando o nome da família Cotton [Villa].
     
  20. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    A leitura saborosa, a história fascinante, a escrita rebuscada, a sensação de descoberta, creio que todos esses elementos fascinam os leitores de Tolkien, e deixam a sensação de "quero mais". Quanto a opinião do próprio autor, é sabido que ele considera o grande erro do livro exatamente esse, ser curto demais.
    Como uma obra literária ele estaria de bom tamanho, mas para a idéia de criação de um novo mito, esse necessita ser explendoroso, na forma, no tamanho, e creio que é a isso que Tolkien se refere. De qualquer forma todos aqui o acham magnífico, e digno de nosso tempo, e labuta, aprofundando-se sempre mais nessa magnífica obra. Mas creio que Tolkien temia o esgotamento literário da obra, e mesmo de cunho conteúdista.
    Felizmente a obra pode ser observada em demasiados âmbitos, no lingüístico, literário em si e histórico (que é meu fascínio como historiador), as evidências históricas acerca do próprio autor, de seu momento histórico, e do microcosmo de sua obra são meus objetos de estudo, e de prazer literário.
    Enfrentando dessa forma, creio que também o acharia curto demais, mas de qualquer forma, as infinidades de opções, suposiçõs, problematizações, são por excelência de "bom grado". Não sei se manteria por completo minha sanidade mental se a dimensão avolumasse-se mais.

    Abraços. =]
     

Compartilhar