1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Dragões... bons ou maus?

Tópico em 'De Fã Para Fã' iniciado por Sabrina_ elfa da floresta, 23 Mar 2009.

  1. Estou acustumada a ver dragões bons, mas queria ver o dragão por outro ângulo...
    Será que posso fazer eles serem maus... diferentes da imagem que conheço?
    Se´ra que um dragão pode ser um vilão?:yep:
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  2. TorUgo

    TorUgo a.k.a. Tortoruguito...

    :ahn?:

    Bem. No legendarium de Tolkien não existem dragões bons, apenas maus. Aliás, a sua criação é um mistério (para mim e creio que para quase todos), mas foi Morgoth quem os apresentou primeiramente como seus "escravos" os levou para batalhas e desde então nunca se ouviu falar de um dragão bom.

    Não sei onde foste buscar a ideia de dragões bons, mas para teres uma imagem de dragões maus procura na internet por "glaurung", "ancalagon" ou "smaug" e encontrarás, sem dúvida, muita informação!

    ;D
     
  3. ruims

    ruims "Mais uma cerveja!" diz o

    Os Dragões são vilões por natureza.

    Nesse aspecto, Paolini foi muito inteligente em Eragon, invertendo essa tendência, com enorme sucesso.

    Mas em todas as Mitologias, dragão é coisa feia e danada... 8-O
    Embora seja um sinónimo de vida para alguns povos (para os chineses, por exemplo).

    Dragão que é dragão é fogo e poder.
    Se eles existiram em tempos, certamente que não seriam nada, mas mesmo nada amistosos.

    Pelo menos, aqui na Europa, sempre vimos os dragões como símbolo de poder, mais perto das forças do Mal do que do Bem.
     
  4. lukazjau

    lukazjau Usuário

    Sempre vi Dragões como aliados das trevas, exceto no filme "Eragon". Podemos notar que sempre que aparece alguma criatura que tenho a poder do fogo, essa criatura está mais voltada para o lado das trevas e, sendo o Dragão uma criatura que pode soltar fogo, penso que isso seja o símbolo das trevas que ele possuí.
     
  5. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    Eu sempre achei os dragões mais para o lado negro da força :think:
    Apesar depois que vi o filme "Coração de Dragão" a minha imagem mudou um pouco, eu adoro esse filme...Sessão da Tarde total :joy:
    O Dragão é muito lindo!


    É mesmo, no "Eragon" essa coisa de "dragão ""badboy"" é desmistificada, no livro é ainda mais, o pessoal tem o maior medo dele, porém o dragão mostra-se bem amigo.

    No Shrek a "drogoa" tb é tranquila com o burro XD
     
  6. Talira

    Talira Usuário

    Dragão pra mim nunca foi nem bom, nem mal. Foi animal.
    Como os cães, tem cães bravos e mansos, dependendo do que o humano responsável fez com ele. Assim eu acho que é com dragões.

    :mrgreen:
     
  7. Indu

    Indu MANDALORIAN

    Enfim, nem bons nem maus, depende do ponto de vista de seus criadores. Ou como a história se desenvolveu em cima deles.


    No caso de Tolkien ele poderia ter baseado seus dragões em contos medievais, onde os dragões eram (quase sempre), maus. Sendo suas origens duvidosas podemos supor que eram algum tipo de aninal corrompido, como Morgoth sempre fazia para criar seus seres malignos.
    Mas quanto aos Dragões Tolkenianos, também quebram muitos clichês como cuspidores de fogo, lembrem-se que tinham dragões classificados como Grandes-Vermes, e Dragões-Frios, ou seja Tolkien de certa forma inovou essa parte.


    Se não me engano D&D também possui bons dragões, e Eragon conta justaamente a história de um dragão lutando pelo bem. Temos também como já citado Coração de Dragão e também Tiamate que lutou pelo seu ideal em Caverna do Dragão...
     
    Última edição: 25 Mar 2009
  8. Roger

    Roger HEXACAMPEÃO BRASILEIRO!!!!!!!

    Como ja foi dito, os dragões tem uma tendencia a pertencer ao lado do mal. Exatemente pelo seu poder e força.
    Raras vezes vi um dragão bom...
    Pra poder mudar essa sua visão, procure na wikipedia por dragões, vai achar muita coisa interessante.
     
  9. Elendil

    Elendil Equipe Valinor

    Há um artigo/tópico (no fórum J R R Tolkien e Suas Obras) sobre os Dragões.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Recomendo aos interessados. Nele discutimos um assunto semelhante. =]
     
  10. Indu

    Indu MANDALORIAN

    Tentando entender seu ponto de vista percebi que sua primeira impressão que teve de um dragão foi de algo positivo que você deve ter assistido em algum filme ou lido em algum livro sobre o carater bondoso, que alguns podem ter.
    Enfim, como o primeiro dragão que vi foi Tiamate, posso falar que meu ponto de vista a respeito de dragões é um tanto colateral, não os vejo como criatura más, nem como criaturas boas.
    E digo que a visão da maioria que postou nesse tópico é de um dragão mau, então tudo se resume na primeira impressão que tivemos com o carater de um dragão.

    Só queria saber quais foram os dragões que você viu, a tal ponto para poder fazer tal afirmação.:think:
     
    Última edição: 24 Mar 2009
  11. lah feh

    lah feh Usuário

    nem bons nem maus ... Dragões são animais e dependendo de seu craidor pode ser tanto bom ou mau
    99% dos Dragões q ja li em historias ou vi em filmes são do Maus..
     
  12. Só queria saber quais foram os dragões que você viu, a tal ponto para poder fazer tal afirmação.



    Bom... Saphira, o dragão femea de Eragon, e outros...
    Mas fiz a pergunta pensando mesmo em Saphira.



    Acho que um dragão é uma criatura incrivél, não concordo que eles sejam como cachorros... eles são mmais que isso.

    Mas queria o oposto de Saphira, algo maldoso e frio, mas não burro...
    Queria um dragão vilão, não um animal irracional. Pois um vilão é esperto, ele raciocina, tem sangue frio...

    Pensem num vilão, agora transforme ele num dragão...

    Será que isso pode dar certo?
     
  13. Indu

    Indu MANDALORIAN

    Glaurung,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    saberá mais. Ele faz o vilão dragão que você imaginou, é encontrado no livro O Silmarilion de Tolkien. No link que eu passei fz um resumo da vida de maldades dele.
     
  14. Bilbo Bolseiro

    Bilbo Bolseiro Bread and butter

    E também dragões sem asas, que não voavam.

    Você está se referindo ao Tiamat, do desenho Caverna do Dragão?
     
  15. Indu

    Indu MANDALORIAN

    Corrigido...
    Uma gafe ao estilo Industrial:mrgreen:
     
  16. Eldenar

    Eldenar Usuário

    para mim os dragoes são bons ou maus de acordo com o ambiente em que vivem.

    Por exemplo: ancalagon foi criado por Morgoth e ele é mau mas se um dragão fosse criado pelos Valar seria um dragão bom.

    Se não fosse por isso porque é que os valar criaram os dragões.
     
  17. ARABAEL

    ARABAEL Ema Infame e

    Vamos pensar biologicamente, dragão é um animal. Neste caso os dragões são uma espécie territorialista, formam casais somente para procriação e depois a fêmea toma conta dos ovos sozinha, ela defenderá com fogo, unhas e dentes se for o caso, como qualquer outra mãe, um invasor ela irá afugentá-lo, comida dragões se alimentam de carne, claro irão caçar sendo homens ou qualquer outro tipo de animal, os homens costumavam caçar os dragões para provar força e coragem ao seu Rei e os súditos, dragões logo se defendem devastando aldeias, eles não irão separar ali quem é o homem bonzinho do homem mau, vai tudo ser destruído. Os dragões assumem, em cada cultura, uma função e uma simbologia diferentes, podendo ser fontes sobrenaturais de sabedoria e força, ou simplesmente feras destruidoras. Na cultura cristão os dragões são associados como as serpentes trazendo o maul e o caos. De acordo com o Dicionário Internacional de Teologia do Novo Testamento, no Antigo Testamento, dragões tipificam os inimigos do povo de Deus, como em Ezequiel 29:3. Ao fazer isso, associa-se a idéia das mitologias de povos próximos, para dar maior entendimento aos israelitas. É por isso que a Septuaginta, na sua narrativa da história de Moisés, traduz “serpente” por “dragão”, para dar maior glória à ação de Deus (Êxodo 7:9-12). Na mitologia grega, também é comum ver os dragões como adversários mitológicos de grandes heróis.
    Os dragões são divididos em 4 categorias: Dragão Pré-Histórico (uma referência ao réptil voador pterossauro), Dragão da montanha, Dragão da Floresta, Dragão Aquático.
    Outros dragões como Dragão Chinês (long em chinês e ryu em japonês) segundo a mitologia chinesa, foi um dos quatro animais sagrados convocados por Pan Ku (o deus criador) para participarem na criação do mundo. É enormemente diferente do ocidental, sendo um misto de vários animais místicos: Olhos de tigre, corpo de serpente, patas de águia, chifres de veado, orelhas de boi, bigodes de carpa e etc. Representa a energia do fogo, que destrói mas permite o nascimento do novo. (a transformação). Simboliza a sabedoria e o Império.
    Dragões nas obras de Tolkien eram poderosas criaturas que estavam entre os mais temidos servos do Senhor do Escuro. Portanto maus. Mas como já mencionado aqui depende de quem o domesticou (criou) se fosse um elfo por exemplo ou o próprio Gandalf, lógico a ele teria um perfil manso e do bem...que nem Pitbull dependendo da maneira que o cria ele será o melhor amigo de um menininho de 5 anos e nunca o irá machucar, ou será o demônio em pessoa, o animal já tem seu perfil pendendo para o lado mau da coisa...mas tudo vai da criação, e de como amenizar isso, experiência própria.
    Não esqueçamos que na época atual nós temos o nosso dragãozinho, o famoso Dragão de komodo, situado na região de komodo, um lagarto quase maior que um crocodilo que sua baba estremamente venenosa pode matar uma pessoa se esta se aventurar a andar em seu território. Claro este não voa..rs.

    Alguns lugares para você pesquisar mais sobre dragões:

    - Religiões do Mundo de Brandon Toropov
    - Enciclopédia dos Monstros de Gonçalo Junior
    - A Origem das Espécies de Charles Darwin
    - Discovery Brasil
     
  18. Tudo depende de quem os cria, e para quê estão servindo.
    Pessoalmente vejo dragões como criaturas fascinantes que merecem respeito, vejo-os como seres de evolução muito grande, protetores.
    Dragão é em alguns lugares um símbolo de poder e proteção. Por ser tão grande e cuspir fogo, sempre foi associado a algo ruim. As próprias histórias medievais pregam essa idéia.
    Atualmente estamos conhecendo o lado melhor dos dragões.
    Basicamente, tudo depende de como você os vê.
     
  19. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Se o dragão é bom ou mau vai depender do quanto de simpatia ele terá pelos humanos. Dentro da fantasia, a maioria dos grandes lagartos consideram os homens tão desprezíveis quanto nós consideramos as baratas. São poucos os que possuem algum apreço pelos bípedes.
    Ainda sim, eles preferem evitar qualquer tipo de contato do que entrar em conflito, desde que os humanos não invadam seus territórios pois dragões são protegem seus territórios ao extremo. E possuem poderes comparáveis a semi-deuses (tudo baseado no bom D&D, é claro) e podem assumir formas humanóides.

    Em particular, eu prefiro imaginá-los como criaturas inteligentes, poderosas e esquivas que adoram aterrorizar os pobres aldeões e que se divertem com os matadores-de-dragões, paladinos e necromantes que sonham em pegar alguma escama ou dente para aumentar seus poderes e usá-los contra outros humanos.
     
  20. Elmarien

    Elmarien Mighty Mane Thorin

    Bem e mal são conceitos relativos, e, no caso de histórias de fantasia, em relação aos humanos. Se a criaturinha em questão resolve atacar um reino, e o motivo não for mostrado, então o réptil gigante é uma criatura maligna.

    Isso se você só contar as ações e não incluir a índole. Da mesma maneira que há pessoas que desejam ajudar, há pessoas que são, quase que por natureza e hábito, menos prestativas; e, se dragões são tão inteligentes quanto pessoas, também têm índoles diferentes. Como disse Industrial, também há dragões bons em D&D (embora, infelizmente, sejam minoria nas histórias fantásticas), mas vá atacar os ovos do bichinho para ver se ele continua benevolente.
     

Compartilhar