1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Contos Inacabados

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por TúrinTurambar, 29 Jan 2004.

  1. TúrinTurambar

    TúrinTurambar Usuário

    Eu tava lendo o tópico "Galadriel, senhora da floresta ou dama Dama do Escuro, e me bateu uma dúvida... até onde devemos levar essa obra (CI) em consideração? Por exemplo: oras diz que Amroth era filho de Galadriel, oras diz que não.
     
  2. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    O contos inacabados não podem ser tidos como fonte de verdade única. Teríamos que usá-lo para ajudar a desvendar alguns problemas.

    Se faz necessário então ver em outras fontes datas e tendências de Tolkien. Assim podemos chegar a conclusão do que é mais verídico ou descartado.

    Na minha opinião o Contos Inacabados não tem o mesmo intuito dos outros livros que é contar uma história, mas realmente apresentar novas ou prolongadas versões de histórias já contadas.

    Por isso ele é repleto de comentários de Christopher Tolkien, mostrando as datas e tentando explicar qual era a vontade de seu pai ao produzir aquele texto.
     
  3. Nerwen

    Nerwen Usuário

    E alguns textos dos CI foram "decifrados" pelo Christopher de rascunhos, anotações e esquemas que o professor poderia ou não utilizar.
    O capítulo sobre os Istari por exemplo, entra em contradição com uma de suas cartas...
     
  4. Mas.. Com o Silma é diferente, né?
    Beijos
    Lu
     
  5. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    +ou- O Silma é uma versão narrativa coerente segundo o Christopher Tolkien.

    Ele tb não demonstra a total verdade, alguns trechos ali mostrados não são a vontade de Tolkien mas é a ultima versão completa e coerente q ele escreveu.

    Acho que o Christopher diz isso no prologo... diz que ele não tentou mostrar tudo do jeito mais veridico mas mostrou aquilo q ele considerava mais coerente pra uma estrutura narrativa de um livro, por isso encontramos falhas no Silmarillion tb, oq não faz dele um livro menos maravilhoso doq de fato é.
     
  6. Sim, com certeza! ^^
    legal saber disso! Thanks!

    Beijos
    Lu
     
  7. TúrinTurambar

    TúrinTurambar Usuário

    Então o que deveriamos utilizar como fontes seguras para podermos debater sobre Tolkien? E por que devemos considerar essas ou aquelas como fontes fidedignas ou não?
     
  8. Elrond Meio-Elfo

    Elrond Meio-Elfo Usuário

    O Senhor dos Anéis e O Silmarillion devem vir antes, nesta ordem. Depois O Hobbit, Contos Inacabados, e em útlimo lugar Letters, HoME e outros.

    ANTEÇÃO, isso não é uma escala de qualidade... apenas uma escala do que eu acho que deveria ser tido como fontes fidedignas.
     
  9. Goba

    Goba luszt

    Ainda sobre o Silmarillion devemos tomar certos cuidados e dicernimentos quanto ao que utilizar da obra. C. Tolkien mesmo disse que criou material original para o capítulo 22, "A Queda de Doriath", numa nota sobre um texto. Isso está traduzido e pode ser encontrado no site da Valinor.

    Quanto ao CI, o mesmo mas sem a intervenção de criações tão importantes do C. Tolkien. Os textos ali são reuniões de informações, textos descartados pelo C. Tolkien ou análises do própria Cristpher acerca de alguns fatos, como é o caso de "Sobre Galadriel e Celborn", por isso devemos buscar em outras fontes por informações para completar as do CI.

    Como o exemplo em que o texto do CI entra em conflito com uma das Letters (sem fazer análises mais profundas necessárias), eu iria de acordo com o que está dito nas Letters, pois são respostas ponderadas de Tolkien para seus fãs, editores ou filhos. Já os textos do CI são textos muitas vezes abandonados ou não-revisados propriamente e de acordo com as revoluções que ocorreram do Legendarium.

    Não creio que seja possível colocar em escala as fontes fidedignas de onde procurar por material, mas para se ter certeza sobre algo é necessária uma reunião grande de informações de diversas fontes sobre o assunto que está buscando entender. mas se formos analisar, a fonte mais confiável de informação hoje é o "Senhor dos Anéis", e ainda assim podemos fazer alguma busca para confirmar certas informações do mesmo, pois até mesmo o Professor disse que estava discontente com certos aspectos do livro.

    Enfim, não adianta ter classificar tal fonte como válida sem antes procurar saber mais do que foi escrito e estudar época, intenção e documentos anteriores ou posteriores.
     
  10. Elrond Meio-Elfo

    Elrond Meio-Elfo Usuário

    Essa escala que eu fiz foi uma escala geral, possui exceções, mas acho que tá até meio óbvia... tá valendo. O Senhor dos Anéis está no topo somente porque foi uma obra publicada e reeditada pelo autor enquanto vivo. Então pode-se dizer que seria o mais próximo da história que ele realmente pretendia contar.
    Agora os HoMe e as Letters devem ser de fato fontes de consulta, MAS devem necessariamente vir depois do SdA e o Silma. Não podemos ficar quebrando a cabeça tentando analisar um fato que ocorre de maneira X em o SdA, mas que nas Letters ou nos HoME Tolkien dá a impressão de que teria sido melhor se ele tivesse descrito da maneira Y. Para o próprio bem da discussão devemos nos concentrar no que temos como certeza e garantia.
     
  11. FendiOrc

    FendiOrc Usuário

    Com certeza o Senhor Dos Anéis é a obra-chave para questões de fidelidade às idéias finais de Tolkien. Foi o único trabalho completamente realizado, reescrito, editado, etc.

    Claro que O Hobbit também foi, mas, como já foi mencionado em outro tópico, acerca do nome dado a Sauron quando ocupou Dol Guldur ("necromante"), esse trabalho tinha um enfoque primário, infantil, de modo que é impossível compará-lo, em termos técnicos, à grande obra que é o Senhor Dos Anéis.

    FendiOrc
     

Compartilhar