1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Cientistas criam espermatozoides em laboratório

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 24 Mar 2011.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Técnica poderá ser usada para tratamentos contra a infertilidade masculina

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    A produção de espermatozoides tendo como base células reprodutivas masculinas é um processo bastante complexo

    Cientistas japoneses da Universidade de Yokohama conseguiram criar, pela primeira vez, espermatozoides em laboratório. Tudo foi feito a partir do tecido do testículo de ratos.

    O grupo conseguiu fecundar um óvulo, o que resultou no nascimento de ratos saudáveis. A produção de espermatozoides tendo como base células reprodutivas masculinas é um processo bastante complexo que demora um mês para acontecer dentro dos testículos. Os pesquisadores mantiveram o processo durante dois meses.

    A novidade surpreende porque a experiência usou animais recém-nascidos, que não conseguem se reproduzir.

    O estudo, publicado na revista científica Nature, vai servir para novas pesquisas sobre a formação do esperma e pode resultar em novos tratamentos para infertilidade masculina.

    Ali Honaramooz, especialista em reprodução humana, da Universidade de Saskatchewan, em Saskatoon, no Canadá, diz que a técnica pode ajudar meninos submetidos a tratamentos contra o câncer que causam infertilidade. Também pode proteger, segundo ele, o potencial reprodutivo dos animais em extinção com grandes chances de morrer antes de atingir a maturidade sexual.

    O próximo passo é a análise por meio de testes dos descendentes gerados. Os cientistas querem ter a certeza de que eles realmente são saudáveis.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Pim

    Pim God, I love how sexy I am!

    Criar espermatozóide com base em tecido sexual imaturo tudo bem, quero ver como serão esses embriões e seu desenvolvimento.

    E a prova de evolução máxima da ciência seria criar células de divisão meiótica tendo como base células mitóticas. Aí sim eu me curvaria diante do 'Deus Cientista' por causa da esperança de ter criancinhas com a minha face. :dente:
     
  3. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    A ciência nessa brincadeira ajuda, mas também aos poucos vai cortando um pouco o barato da arte mais deliciosa que um homem e uma mulher podem fazer juntos :obiggraz:
     
  4. Roderick

    Roderick Banned

    o Homem já fez um clone da ovelha Doly, claro que precisou de várias tentativas, por isso não se pode fazer com humanos, mas daria certo, então não me surpreende muito esta criação que não deixa de ser um grande feito da ciência.
     

Compartilhar