• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Carreiras legais: veja as profissões mais sonhadas pelos brasileiros na infância, segundo o LinkedIn

Lynoka

Like a lady, ya!
Eu sequer posso dizer o meu sonho de criança (não lembro se tive). =(
Aliás, não lembro de quase p*rra nenhuma da infância.

Nossa Calib, fiquei com dó de você até te mandei um coração viu?!

Eu queria ser professora de português, porque eu tenho dificuldade na mais fácil das contas. Até 2+2 já é complicado pra mim. Teve uma época que eu queria ser dona de casa (é mole?)

Atualmente quero ser Psicologa. Vamos ver se consigo entrar na faculdade ano que vem!
 

Yullia_

Miss Gabriela Vanessa
Coração mandado! <3

Hoje minha mãe me contou que antes deu saber que eu astronauta era astronauta, eu falava que queria ser "voadora" e sabe lá o que queria dizer com isso uashusha
E que quando assisti o primeiro 007 quis ser algum 00 também, mas "voadora" sempre foi mais forte mesmo uahsushauas
 

Kainof

Sr. Raposo
Usuário Premium
Policial, piloto de Fórmula 1, cientista, inventor, paleontólogo, matemático, arqueólogo.

Os desejos foram mudando conforme eu fui crescendo e mudando de ideia. Mas arqueologia foi meu objetivo de uns 10~12 anos até o começo da faculdade de História aos 18. Aí mudei de ideia mais umas 38 vezes... só que já era crescido (demais)... =[



PS: movi o tópico para o Clube da Nostalgia.
 

Yehonatan

My Redeemer Lives!
Também vou mandar um coração pro Calib.

Me sensibilizei.

E outro pra Lynoka, pela iniciativa.

P.S.: Acho que todo mundo tinha que mandar um coração pro Calib.

Pobre Calib . s2 . Alguém aí se candidata a tentar arrancar alguma memória da infância dele?!

Nossa Calib, fiquei com dó de você até te mandei um coração viu?!

Eu queria ser professora de português, porque eu tenho dificuldade na mais fácil das contas. Até 2+2 já é complicado pra mim. Teve uma época que eu queria ser dona de casa (é mole?)

Atualmente quero ser Psicologa. Vamos ver se consigo entrar na faculdade ano que vem!

Querer ser dona de casa não é nada. Eu já quis ser até gari! :lol:

Coração mandado! <3


Hoje minha mãe me contou que antes deu saber que eu astronauta era astronauta, eu falava que queria ser "voadora" e sabe lá o que queria dizer com isso uashusha
E que quando assisti o primeiro 007 quis ser algum 00 também, mas "voadora" sempre foi mais forte mesmo uahsushauas


Fala sério, astronauta e agente secreto, igualzinho a mim! o/ mas tem coisa melhor pra querer ser??
 

Rinzler

Usuário
Puxando a sardinha pro meu lado, para ser: cientista, pesquisador, tentar inventar algo como um medicamento que possa curar uma grave enfermidade ou não, e ganhar rios de dinheiro com isso ou não, é só cursar FARMÁCIA (ou Ciências Farmacêuticas, a depender da universidade)!!!

O curso é ótimo e oferece uma variação fantástica de possíveis áreas de atuação, que são, se não me engando, 72 possibilidades, que podem ser vistas no próprio site do Conselho Federal de Farmácia.
Esqueçam a ideia de farmacêutico apenas atrás de um balcão.

Mando um coração pra quem resolver cursar farmácia! :lol:
 

Lothnen

Always...
[...]porque eu tenho dificuldade na mais fácil das contas. Até 2+2 já é complicado pra mim.

Olha, sou eu!

-----------------

A lembrança mais antiga que eu tenho é de, MUITO pirralhinha ainda, eu falando que queria ser bailarina. Guardem essa informação.

Aí depois eu quis ser escritora.

No ensino médio, como eu queria ir pra escola do meu namoradinho, e ele tava numa escola técnica, escolhi Administração (porque não fazia ideia do que era Eletrotécnica ou Edificações, os outros cursos da escola). Na metade eu já queria trocar pra Eletrotécnica e fazer Engenharia Elétrica na faculdade, porque adorava passar HORAS na sala de desenho, desenhando plantas de casas (mesmo mal sabendo somar), usando escalímetro, papel vegetal, caneta nanquim, régua T, etc. Aí depois a gente terminou e eu já tava apaixonada pela série Lois & Clark (vide avatar e banner :amor:), e queria ser jornalista igual à Lois. Também pensei em fazer Psicologia e História. Terminei o ensino médio e comecei a trabalhar na CEF (contratada, não concursada).

Daí eu fui fazer pré-militar. Porque toda vez que eu via uma mulher com a farda da Marinha chegava a ficar com os olhos marejados. Era aquilo que eu queria. Foram três anos de pré-militar pra sargento especialista da Aeronáutica (pra depois da faculdade ir pra tenente da Marinha), e num desses anos uma reprovação por 0,4. \o/

A idade venceu (23 anos), fiz pré-vestibular, escrevi dois textos que foram parar no jornal do município (invenção do professor de literatura, levei um susto quando ele chegou com aquilo publicado na sala), do dia pra noite fiquei conhecida no curso inteiro e todo mundo jurava que eu faria Jornalismo. Ninguém entendia quando eu dizia que faria Dança (olhaí). Existe faculdade de Dança?

Na faculdade me apaixonei por Anatomia (e, como fui monitora, consequentemente me apaixonei pela docência também) e flertei brevemente com a Medicina. Só até conhecer (e reprovar duas vezes) Bioquímica. No final da faculdade acalentei a esperança de, quem sabe, um mestrado em Neurofisiologia.

Nah.

Agora tô no mestrado de História. Podendo dar uma guinada de 180º de novo a qualquer momento, porque sou dessas. Não que isso me deixe exatamente orgulhosa, mas fazer o que. Essa é minha vida, esse é o meu clube.



(Tecnicamente, se eu seguir a carreira acadêmica - como está programado até o momento -, cumpro meu desejo de ser bailarina, historiadora, professora e escritora. É, acho que é o melhor que posso fazer com essa zona toda)
 
Última edição:
Desde que me conhecia por gente queria ser medica. A princípio queria ser pediatra. Admirava o meu pediatra e a forma de lidar com as criancinhas. Lá pelos 06 ou 07 anos queria ser paleontóloga ou arqueóloga. Depois descobri que no Brasil isso era uma furada. Daí queria ser cientista. Depois voltei e queria ser médica cardiologista. No final do Ensino Médio fui meio que desestimulada dessa idéia pelos meus pais. Fui fazer faculdade de Psicologia. Detesto até hoje. Não trabalho na área. Me influenciei pela vida de Tolkien e virei professora de cinco idiomas - nunca vou ser igual a ele, mas fazer o quê! E hoje, putz, voltei ao sonho antigo. Estou fazendo a distância a faculdade de História Local na Oxford. No final, acho que ninguém conseguiu mudar aquele meu sonho de criança: ainda quero descobrir tudo que o tempo enterrou e recontar a história do nosso passado. É tão lindo redescobrir nosso passado! Ufa! Saudações a todos!!!
 

Nihal

Ventinha xD
Lá pelos meus dois ou três anos (sim, minha memória é boa pra isso, a recente que é uma merda) eu queria ser "desenhista", aí descobri o que era cartoon e queria ser cartunista. Um pouco mais tarde tive uma professora de educação física muito foda e queria ser igual a ela, isso durou uns dois anos. Mais tarde, aos dez anos mais ou menos, comecei pegar as revistas de construção do meu pai e rabiscar (num papel, não na revista) e veio a dúvida entre arquitetura e engenharia civil, já que eu não sabia muito bem o que cada um fazia.

Aí conheci as maravilhas da informática, e queria fazer ciência ou engenharia da computação, depois me aventurei pelo photoshop, fiz uns trabalhinhos, era boa na coisa, decidi que seria designer gráfica, decisão que durou uns dois meses.

Cheguei ao final do ensino médio na dúvida entre arquitetura, engenharia civil, desenho industrial, design gráfico, publicidade e engenharia da computação. Aí eu já sabia a diferença entre arquitetura e engenharia, e escolhi arquitetura, mas ainda prestei um vestibular pra engenharia, vai que né.

E aqui estou eu, indo pro terceiro ano de arquitetura, e planejando um mestrado em engenharia.
 

Fëanor

Fnord
Usuário Premium
Eu queria ser astronauta. Quando percebi que não daria, quis ser astrônomo (sempre fui fascinado pelo universo, percebe-se). Depois pensei na física.

Entre esses sonhos, às vezes eu abria espaço para pensar em ser piloto de caça. Seria uma alternativa justa para um astronauta fracassado.


No fim das contas acabei sendo administrador e economista mesmo. Coisas que eu nem sabia que existiam quando eu era criança.
Mas um dia ainda quero cursar física <3
 

Clara

Perplecta
Usuário Premium
Desde que me conheço quis ser veterinária.

Estudei Políticas Públicas e sou bancária (por que eu não sei trabalhar sob pressão e gosto de ficar o dia todo sentada sem fazer nada).

attachment.php



lfs.jpg

:batera:
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$150,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo