1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Campeonato Inglês Premier League 2011/2012

Tópico em 'Esportes' iniciado por Ecthelion, 10 Set 2011.

  1. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Este é o local pra falar de um dos melhores campeonatos do Mundo. O Daniel Leite fez um pequeno guia dos principais times, que vale a pena a leitura.


    Guia da Premier League: Quem vai à Europa?
    Compartilhe: Twitter

    A Champions de 2005 foi uma falsa demonstração de força. O futebol inglês é muito mais selvagem agora

    O título europeu do Liverpool em 2005 foi peculiar. Não só pela insanidade da final, porque o Milan tinha mais time ou Traoré e Kewell eram titulares, mas especialmente em função do real nível do clube naquele momento. O campeão do continente terminou a liga doméstica na quinta posição. Não fosse um arranjo promovido pela UEFA, nem sequer teria a chance de defender sua conquista. Era uma demonstração de força do futebol inglês? Não, nada disso.

    Se o Liverpool do primeiro ano de Benítez ergueu uma taça tão importante, foi porque se superou de todas as maneiras. Não era um time consistente a ponto de a gente se surpreender com a campanha fraca na Premier League. Aquela temporada, aliás, marcava o auge de David Moyes no rival Everton, quarto colocado na liga. Os Toffees de 2011-12, que prometem ser tão sólidos quanto os de 2004-05, mal pensam em cruzar a barreira do sétimo lugar. Mas por quê?

    Porque o mundo mudou, diria o filósofo. Como tem sido nos últimos anos, a dura concorrência vai excluir dois times fortes da Champions. Manchester United e Chelsea estarão lá. O Manchester City pode viver um conflito entre sua ambição e a cautela de Roberto Mancini, mas deve chegar. Sobra a quarta vaga para Tottenham, Liverpool ou Arsenal. O nível é tão alto, que pode ser difícil até dissociar essa disputa da corrida pelo título.

    Kenny Dalglish explica que os mais de £100 milhões investidos pelo Fenway Sports Group desde janeiro foram absolutamente necessários para “o Liverpool voltar a seu caminho”. E é verdade. Roy Hodgson herdou de Rafa Benítez um elenco esburacado. Dalglish, que sucedeu Hodgson, conseguiu ótimos resultados subindo gente da base, resgatando relegados e improvisando em várias posições. Seria pouco para esperar do time uma temporada consistente.

    Com Downing, Adam, Henderson, José Enrique e até Aquilani, o Liverpool ganha a profundidade de que precisava para não virar terra arrasada à primeira lesão. Além disso, essas contrações devem ter uma espécie de efeito multiplicador, como se diz em Ciências Econômicas: Carroll vai render muito mais. Se souberem aproveitar o lado bom da ausência em competições europeias nesta temporada, os Reds podem voltar ao top four.

    A choradeira de Modric aumenta ainda mais a importância de Bale para uma boa campanha do Tottenham

    O maior empecilho para isso é o Arsenal. Ainda que Nasri siga o impulso migratório que tira Clichy e Fàbregas do Emirates, Arsène Wenger terá um ótimo time. O que não se pode perder de vista é a necessidade de reinvestir bem o dinheiro das vendas até para evitar a atribuição de responsabilidades excessivas a jogadores muito jovens.

    Gibbs está pronto para assumir de vez a lateral esquerda? Ramsey pode ser o substituto solitário de Fàbregas? Van Persie segue sendo a única opção decente para jogar na área? E a defesa que não impõe respeito? São questões para as quais Wenger precisa ter boas respostas se não quiser ficar, pela primeira vez em seu trabalho, mais perto da Liga Europa (ou equivalente) do que da Champions. Conviver com menos lesões também ajudaria.

    O Tottenham continua o mesmo. A única adição ao elenco é Brad Friedel, ótimo goleiro quarentão que deve assumir o lugar de que Gomes parece ter desistido na temporada passada. O time segue rápido e perigoso, certamente muito forte em casa, mas tem pelo menos três grandes problemas para resolver: a pirraça de Modric, as duas laterais (ficam os votos de boa sorte para Kyle Walker na direita) e um ataque que não pode mais viver de Crouch, Defoe e Super Pav.

    Pintando o sétimo
    Os seis primeiros desta temporada devem ser os mesmos de 2010-11, restando descobrir a ordem. A sétima posição, no entanto, é um terreno sem dono. Ela pode ou não (tal qual o sexto lugar) valer vaga na Liga Europa, dependendo dos campeões das copas nacionais.

    O maior candidato ainda é o Everton, por conta da solidez do trabalho de Moyes. Há problemas óbvios, elenco curto e dinheiro escasso, porém a manutenção de Baines e Jagielka, a capacidade de dificultar a vida dos grandes e a promessa de um bom início (bem diferente das últimas temporadas) podem ser suficientes.

    Bent trocou o Sunderland pelo Aston Villa à procura de companhia. Da foto, sobrou a simpática leoa

    O Sunderland também tem de prestar atenção à regularidade para não se perder em janeiro, fevereiro. Steve Bruce contratou bem, mas contratou muito, o que pode lhe exigir um tempo que ele não tem para montar o time. Brown e O’Shea levam uma experiência importante à defesa.

    Pelo terceiro ano seguido, o Aston Villa vendeu seu melhor jogador da temporada anterior: agora foi Downing. N’Zogbia é boa alternativa a ele e Young. No entanto, o novo técnico, o já rejeitado Alex McLeish, tem uma longa estrada até fazer a defesa (carro-chefe de seus trabalhos) funcionar. Na frente, dependerá muito de Darren Bent.

    Agora com Martin Jol, o Fulham também pode sentir o intenso revezamento de treinadores, porém a política de mercado parece apropriada. Com o retorno de John-Arne Riise à Inglaterra e as capturas de bons jogadores jovens pela Europa, os Cottagers devem fazer um ano forte.

    O Bolton de Owen Coyle tenta, com Reo-Coker (ex-Villa) e Pratley (ex-Swansea), arrumar o coração de seu meio-campo. Entretanto, parece distante da Europa por conta das limitações ofensivas, ainda mais sem Elmander. Assim como os Trotters, Newcastle, Stoke e West Bromwich correm bem por fora.

    Aposta do blog para a Champions (em ordem alfabética): Chelsea, Liverpool, Manchester City e Manchester United

    Aposta do blog para a Liga Europa (do quinto ao sétimo): Arsenal, Tottenham e Everton


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição: 12 Set 2011
  2. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Sempre torci para o Aston Villa e gostaria muito de vê-lo campeão inglês, mas como sempre desde 1990 será praticamente impossível.

    A minha aposta deste ano vai para o M City.
     
  3. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    O título desse ano tem tudo pra ficar na cidade de Manchester. Só vejo o Chelsea em condição de mudar isso, mas esse ano já não é tão favorito.

    Se ficará com o United ou City vai depender muito do confronto direto entre os dois onde historicamente o United normalmente leva levantagem. Agora o clássico local finalmente vai ter um atrativo maior com os dois brigando pelo título.

    Ainda assim sou mais o United.
     
  4. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Grande dúvida entre MC e MU, acho que dá MC se o Tevez ficar a temporada inteira.
     
  5. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Acredito que dê Manchester United. Apesar de ter um elenco realmente bom, o City ainda não me passa segurança para conquistar o título.
     
  6. Gosto bastante do Liverpool e esse ano o time vem mais forte que nas últias 2/3 temporadas. Acho que se o Suarez jogar tudo e mais um pouco, o Liverpool consegue... a vaga na CL.

    Título esse ano é do United. Não curto o clube, mas esse ano o time tá bem pra caramba. Ontem sacolaram o Bolton e outro dia aí humilharam o coitado do Arsenal.

    O Arsenal aliás, é a maior merda do ano. A saída do Fabregas acabou com o time (não acho o Nasri tudo isso pra dizer "as saídas de Fabregas e Nasri").
     
  7. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Pra mim não é "um dos melhores campeonatos do mundo", é o melhor e ponto.
    Principalmente pela quantidade de dinheiro que tem rolado nos ultimos anos com a compra de alguns médios por trilhardários.

    Não tenho preferencias nesse campeonato. Aqui torço apenas pelo que jogar o futebol mais bonito. Que tem sido o Man Utd.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  8. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Curto muito o Liverpool, mas está evidente que o troféu ficará em Manchester. Se sair de lá, é surpresa. Mesmo o Chelsea não está muito bem.

    Ah, entre os dois de Manchester, United tem mais força, IMO.
     
  9. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Bem, esse é o ano do City na CL, logo deveria ser o melhor time deles e se o Tevez continuar jogando lá como tem jogado eles tem chance
     
  10. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Eu vi alguns minutos do jogo do Arsenal que terminou agora pouco, derrota de virada de 4x3 pro Blackburn e quando a fase é ruim acontece de tudo. Os guners tiveram 2 gols contra nesse jogo, derrota ridícula que só confirma os efeitos do enfraquecimento do elenco.

    Esse ano pelo visto eles não brigam nem por vaga pra Liga Europa, a continuar como está se conseguir terminar na metade de cima da tabela será muito.
     
  11. Seria divertido o Arsenal cair, mas tem muita porcaria na frente da fila.
     
  12. O Arsenal tem um time que supera uns 14/15 outros clubes no campeonato. Ao longo da temporada vão dar a volta por cima e até vão brigar por vaga na CL (mas não vão conseguir). Agora, pra um time que brigou (quer dizer, brigou meio naquelas) por título nas últimas duas temporadas, é bem pouco mesmo.

    E eu não acredito no City. Vão ficar na zona da CL, claro, mas título não. Esse ano é o campeonato mais fácil dos últimos anos pro United.
     
  13. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Ah, não acho divertido o Arsenal cair não po. Peguei uma certa simpatia pelo Arsenal depois de ler Febre de Bola. :mrgreen:

    O Arsenal tem uma estratégia que deveria ser muito boa. Pega jogadores novos, muitos nem no profissional ainda, talentosos e promissores e desenvolve-os em casa. O problema é que além de fazer isso eles precisavam trazer alguns medalhões pra equilibrar e levar ao time do outro nivel, pq eles tão sempre perdendo jogadores q criaram qdo chega no auge pq os jogadores querem ser campeões e o time do Arsenal parece sempre ser um time em desenvolvimento.
     
  14. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    No duelo dos Manchesters, o City enfiou 6 x 1 no Utd no Old Trafford no grande derbi da cidade.

    Resultado esmagador e histórico que em condições normais jamais aconteceria, já que quando o City era um time fraco e sem grandes investimentos sempre foi um freguezação do United.

    É um resultado que dá uma boa tranquilidade pro City na sequência do campeonato inglês. No entanto na Champions esse time ainda não engrenou, mas tem chances boas de classificação.
     
    Última edição: 24 Out 2011
  15. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Primeiro grande feito dessa era do Man City.
    Se classificar para as champions também tinha sido importante, mas meter a maior goleada do derby em toda a história é que vai marcar.

    Na CL eu não acredito. Ainda acho que falta camisa.
    Mas pode ser que no campeonato inglês repita o Chelsea.
     
  16. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Parece que será o ano do Manchester City no inglês. Foi uma ótima goleada e deu para ver como estão fortes esse ano.

    Não acredito muito neles na Champions, mas no inglês e bem possível.
     
  17. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Calma, também. Estamos falando do United. Tem muito campeonato e cinco pontos não são nada nessa altura do campeonato.
     
  18. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Mas temos que concordar que o City está bem a alguns aninhos e estão com um bom elenco para esse ano.

    Acho que faziam muitos anos que o United não oerdia de goleada assim em casa.
     
  19. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Nas matérias que repercutiram após o derbi até o Ferguson que é sempre comedido saiu do sério e deu uma de Muricy e saiu cuspindo fogo pra todo lado. Não a toa é a pior derrota da carreira dele depois de muitos anos.
     

Compartilhar