1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Beber, Jogar, [email protected]#er (Andrew Gottlieb)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Breno C., 11 Mar 2010.

  1. Breno C.

    Breno C. Usuário

    [align=center]
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    [/align]
    A Liv me deu esse livro de presente de aniversário e tenho que admitir que o título me assustou um bocado, porque achei que seria um daqueles livros chato de auto ajuda que tem um tempo chato de escrita e que no final soa a hipocrisia. Mas como nem tudo é o que parece, até o presente momento tem sido um ótimo livro, apesar de ter uns momentos mega forçados. Comecei a ler ontem de noite (já era meia noite e meia) e só parei, porque precisava dormir. Espero que seja mais um livro revelação e que no final me ajude como uma certa pessoa disse que ajudaria.
     
  2. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Terminei de ler ontem a noite.
    O final é um pouco decepcionante, porque o autor acaba com a melhor parte do livro, que seria a magia de criar um personagem totalmente desligados das convecções sociais. Na ultima parte, justamente a que corresponde ao "[email protected]#er" presente no título, o autor decide que é hora de seguir com os bons costumes e deixar claro que apesar de estar na Tailândia, o personagem principal não pagaria por sexo e só teria duas parceiras. Realmente não bate com a minha definição de foder, mas...

    O livro como um todo é muito bom, porque nem o final consegue estragar todas as outras partes. Acabou me ajudando muito mais do que qualquer livro de auto-ajuda. Reconheci partes de mim pelos personagens e consegui criar links com suas atitudes e possíveis mudanças que poderia adotar.

    Recomendo para quem quer ler um livro rápido, sem grandes pretensões e escrito de forma mais "natural".
     
  3. Anne

    Anne Visitante

    Eu li o livro faz uns dias. É super leve e fácil de ler. Não é aquela coisa de "Oh, que baita história, hein!", mas pra lazer é uma boa pedida.

    Como disse o Breno, na última parte, o autor não faz tanto jus assim ao título. O que é bacana, já que iria tranformar a personagem central, que parece inteligente, em uma pessoa leviana.
     
  4. Marco

    Marco may the force be with... wait

    Terminei o livro semana passada e reproduzo aqui a resenha que fiz sobre ele no meu blog.

    fonte: http://maizein.wordpress.com/2011/01/22/beber-jogar-fer/
     

Compartilhar