1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Babitt (Sinclair Lewis)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Meia Palavra, 5 Fev 2011.

  1. Meia Palavra

    Meia Palavra Usuário

    Sou um leitor intrigado com o Prêmio Nobel. Confesso isso de cara para que os que ainda não perceberam me perdoarem essa idéia-fixa de saber mais e mais sobre os laureados, suas obras, os motivos que levaram sua premiação, seu estatuto de clássico, seu reconhecimento, seu valor histórico-literário, sua herança para a Literatura Universal etc. Isso realmente me intriga e encanta, e me faz querer cada vez mais saber sobre qualquer coisa que se refira a láurea do ilustríssimo senhor Alfred Nobel.

    Bom, o livro em questão é Babbitt, um romance publicado em 1922, de autoria de Sinclair Lewis, laureado com o Nobel em 1930, que, segundo reza a lenda, teve fortes razões políticas, já que com a premiação, a Academia Sueca pretendia mostrar que não tinha ressalvas quanto à literatura americana, acolhendo-a ao cânone do velho mundo de bom grado.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  2. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    [align=justify]Perdeu a primeira parte da resenha, você pode encontra-la
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .

    George Babbitt é uma emblemática figura, pois é a evidência de um modo de vida que dominou a opinião pública norte-americana dos anos 20 cujos ecos reverberam ainda hoje como verdadeiros pilares do capitalismo: os empresários e business men. A ação deles sobre a realidade é vista pela sociedade norte-americana como algo heróico, louvável, que deve ser divulgado e comemorado a todo o momento para espantar o “fantasma comunista” que passara a figurar na pauta de preocupações desse grupo desde 1917.[/align]

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

Compartilhar