1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Alceste - [Eurípedes]

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Pandatur, 19 Set 2004.

  1. Pandatur

    Pandatur Usuário

    "Alceste" conta o drama envolvendo o Rei Admeto da Tessália, cuja esposa Alceste dá a vida pelo marido. O motivo disso é que certa vez, Zeus fulminou Esculápio, filho de Apolo, com um raio, e o Deus do Sol, irado, matou os Ciclopes. Como castigo, Zeus fez com que Apolo fosse enviado em forma de mortal para o reino de Admeto, onde serviria o Rei. Admeto era um bom homem, e tratou bem seu servo divino (sem saber de sua real origem). Apolo então iludiu as Parcas e livrou Admeto da morte, mas as deusas avisam ao filho de Zeus e Leto que o rei mortal seria preservado da morte (que já o ameaçava) somente se alguém se oferecesse para morrer em seu lugar e seguir para o Hades.
    Eis que os pais de Admeto, mesmo já sendo velhos se recusam a darem suas vidas em nome do filho, o que faz com que ele se enfureça com seus progenitores. Apenas sua mulher Alceste se oferesse para morrer pelo homem que ama, deixando seus filhos ainda crianças, orfãos de mãe.

    E é aí que "Alceste" tem início, quando o momento da esposa de Admeto morrer está próximo, e a tristeza cai sobre ambos.
    A história ainda conta com a participação especial do semideus Héracles (Hércules), que passa pela Tessália em seu caminho rumo à Trácia, onde realizaria seu 8º Trabalho (capturar os Cavalos de Diomedes (não o humano que lutou na Guerra de Tróia, mas o Rei da Trácia, filho de Ares e Cirene)).

    O desenrolar de "Alceste" é muito interessante, e o final é muito belo. Quem não conhece a história, deve procurar lê-la. É uma peça, logo, pequena e pode ser degustada em pouco tempo.
     

Compartilhar