1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

ae essa e pra galera do topico TERROR

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Dargor, 17 Mar 2002.

  1. Dargor

    Dargor Usuário

    ae galera blz?
    deem uma olhada aqui nessa materia desse site:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    podem entrar sem medo tem apenas um texto e umas fotos
    e tb um file muiittoo interessante pra vcs fazerem download
    olhem e digam oq acham
    eu achei muito sinistro
     
  2. Eu já tinha ouvido falar nessa história, da galera q gravou os sons do inferno, mas nunca tinha visto nenhuma página q continha o arquivo. Porém, como sou muito cagona, amarelei e prefiro não escutar.

    Vc escutou, Dargor? E aí, é tão assustador como eles falam?

    Já vi um site q tem arquivos em EPV, sabe aqueles q dizem ser vozes do além? Provavelmente alguém já ouviu isso em algum Globo Repórter ou Fantástico da vida... Pois é, tenho horror desse arquivos de som. Não sei, acho bem mais assustador escutar alguma coisa "do além" do q ver uma fotografia fantasmagórica...
     
  3. Dargor

    Dargor Usuário

    pode escutar
    o inicio do arquivo e um jornalista comentando sobre os sons
    e os sons tem poco tempo de duração
    ja escutei
    eh bem sinistro
    mas nada demais q eu achei
    e bom botar alto pq os sons das vozes do inferno tao meio baixa
    dai aumenta pra escutar melhor ;)



    Edited by - Dargor on 17 March 2002 11:48:49
     
  4. Podia ter postado isso ná no topico terror mesmo, mas tudo bem...

    Fiz o download da parada, sinistro... Na gritaria toda, tem uma voz mais sobressaída, uma voz grossa... Credo, quem deve ser? E se reparar bem, de vez em quando dá pra escutar uma mulher gritando...



    Edited by - Ristow on 17 March 2002 11:49:12
     
  5. Dargor

    Dargor Usuário

    eu postei aqui pq tem gente como eu q tem preguiça de ler topicos grandes com mais de 1 pagina hehe
    olhem esse aqui tb
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    mostra varias fotos de terror mas q na verdade nao passam de montagens
     
  6. Ahhhh, a foto da mulher sem perna! Eu tava procurando ela pra colocar aqui! Valeu, Dargor! Essa foto é muito engraçada! Vi uma variante dessa foto, ontem mesmo, onde tinham deixado só os pezinhos da menininha, só pra mostrar q a foto era mesmo fake.

    A do WTC tb ficou famosa.

    Mas o áudio "do inferno" eu não escuto não! Pelo menos, não agora...
     
  7. Dargor

    Dargor Usuário

    leiam essa historia que acabei de ler!
    bem interessante!!!

    Egoismo


    Marcio era um executivo bem sucedido. Tinha uma grande casa, uma bela esposa e duas adoráveis crianças. Ele era diretor de uma grande empresa, que ficava a apenas dois quarteirões de sua casa. Isso o ajudava muito, pois não precisava de carro para chegar ao escritório. Bastava andar em linha reta até a porta da empresa.

    Apesar de ser extremamente egoísta, Marcio se considerava religioso. Como havia uma igreja no caminho rotineiro de seu trabalho, ele costumava fazer um sinal da cruz quando passava pela igreja. Essa igreja sempre estava aberta. De manhã, com alguns fiéis na porta e pouca claridade e a noite, quando Marcio retornava para casa e conseguia ver o padre de costas rezando sua missa rotineira.

    A vida desse executivo era regada a muito dinheiro. Sempre em festas sociais, eventos e desfiles glamourosos. Quanto mais dinheiro ele conseguisse melhor pois ele ficaria mais rico ainda. Até que um dia, o destino bateu em sua porta.

    Antes de sair para o trabalho, um mendigo tocou a campainha de sua casa. Marcio pediu para a empregada ver o que ele queria. Ela disse que ele gostaria de falar com o Sr. Marcio.

    - Mas como esse velho sabe o meu nome? Indagou Marcio perplexo.

    Chegando ao portão, Marcio encontrou um velho, careca e com barbas longas e grisalhas. Sujo e com roupas rasgadas. O velho quase se arrastava pelo chão, lhe suplicando:

    - Por favor. Dê me um real. Deus lhe agradecerá em dobro.

    - Fora daqui ! - Gritou Marcio - Que falta de respeito é esse com pessoas honestas e trabalhadoras? Saia já de frente da minha casa ou eu chamarei meus seguranças !

    O velho saiu da frente de sua casa se arrastando. Parecia estar machucado ou com muita fome. Mas isso não comoveu Marcio, que com um beijo despediu-se de sua esposa e foi trabalhar.

    Foi trabalhar pelo mesmo caminho. Passou pela igreja, fez um sinal da cruz e continuou sua caminhada. Nem sequer lembrara do pobre mendigo.

    Depois de mais um longo dia de trabalho, Marcio volta para casa, pelo mesmo caminho de sempre. Passa pela igreja, vê o vulto do padre rezando a missa e entra em sua casa.

    No dia seguinte, no mesmo horário, o mendigo aparece novamente na porta da casa de Márcio:

    - Por favor. Dê me um real. Deus lhe agradecerá em dobro.

    - Mendigo insolente, vou chamar a polícia

    - Eu só preciso de um real para comprar comida. Por favor, Deus lhe agradecerá e dobro.

    Enquanto Marcio discutia com o mendigo, sua esposa tinha ido buscar alguns pães para dar ao mendigo. Marcio, irritadíssimo com o velho e pela atitude de sua esposa, tomou-lhe o pão e o pisoteou. Depois carregou o saco para dentro de casa dando gargalhadas. Ao voltar para o portão, para ir trabalhar, o mendigo não estava mais lá.

    E mais um dia se passou na vida de Marcio. E foi assim por uma semana. O mendigo tocava a campainha na mesma hora da manhã pedindo dinheiro, e Marcio a cada dia humilhava mais o pobre coitado. Mas, em um certo dia, o mendigo não apareceu. Marcio dava graças a Deus que aquele monte de lixo havia percebido que não conseguiria nada e fora embora. O grande executivo toma seu caminho para o trabalho calmamente, assobiando de felicidade.

    Ao passar na porta da igreja, Marcio resolveu parar em frente e "agradecer".

    - Obrigado Deus, por tirar aquele homem da minha casa.

    E seguiu seu caminho para o trabalho.

    O dia de Márcio segue tranqüilamente. Até o momento que ele passa pela igreja. Marcio vê um movimento estranho na porta do templo. O padre não está rezando a missa hoje. O que haveria acontecido? Marcio resolve entrar para ver o que acontecia e pergunta a uma das fiéis, que chorava desesperadamente:

    - O que aconteceu?

    - O padre Gabriel morreu - Responde a jovem emocionada

    - Mas morreu como?

    - Ele havia feito uma promessa a Deus. Queria mostrar que ainda havia pessoas boas nesse mundo e fez jejum por uma semana, para sobreviver com a caridade das pessoas. Morreu de anemia hoje de manhã.

    - Que triste - exclama Márcio - Vou fazer uma homenagem visitando o corpo.

    Mas, ao chegar ao lado do defunto, Márcio leva um choque, ao perceber que aquele velho deitado no caixão era a mesma pessoa que lhe pedira dinheiro por uma semana, para comprar comida. Marcio fica aterrorizado com a visão daquele pobre velho, agora limpo, de batina e de olhos fechados, sem dizer uma palavra.

    Marcio fica tonto, sua visão começa a ficar distorcida e ele ouve incessantemente a frase que o Padre lhe falou durante uma semana:

    - Por favor. Dê me um real. Deus lhe agradecerá em dobro.

    - Por favor. Dê me um real. Deus lhe agradecerá em dobro.

    - Por favor. Dê me um real. Deus lhe agradecerá em dobro.

    Ele não sabe o que fazer, Márcio olha para os lados e vê todas as pessoas a sua volta. Todos olhando para ele, com a fisionomia do velho. Com a barba branca e careca e olhares que pareciam lhe perfurar o coração.

    O executivo não sabe o que fazer, e num gesto de desespero sai correndo em direção à rua. Mas não percebe a chegada de um caminhão em alta velocidade que lhe acerta em cheio. Marcio cai no chão ensangüentado, cheio de fraturas no corpo, até que dê seu último suspiro.

    Márcio acorda, em um lugar claro, cheio de luzes brancas e amarelas. Uma paz absoluta. Ele vê uma pessoa vindo em sua direção. Uma pessoa vestida de branco. As luzes atrapalham a visão e Marcio não consegue reconhecer quem é. Ao tocar na mão da pessoa, Marcio percebe as rugas, e ao olhar para cima vê o rosto do velho, com um semblante triste no rosto.

    - Infelizmente, meu irmão, você não conseguiu salvar sua alma.

    - Como assim? Indaga Márcio

    - Deus havia lhe dado à chance de lhe salvar. Mandou-me interferir em sua vida para que deixasse de ser egoísta. Mas agora é muito tarde.

    - Mas o que vai acontecer comigo?

    Antes mesmo de Marcio terminar sua pergunta, dezenas de mãos negras, todas deformadas e queimadas surgem do solo. Todas elas puxando a perna de Marcio. Para não deixar ele escapar, as mãos em decomposição cravavam suas unhas na carne de Marcio. Ele estava sendo puxado para o inferno, onde seria torturado, queimado e ficaria apodrecendo pelo resto de sua vida. Marcio tenta as últimas palavras para que o velho lhe ajudasse, mas a resposta é a confirmação de sua sentença de morte eterna.

    - Desculpe, senhor... mas eu não tenho um real....
     
  8. Dargor

    Dargor Usuário

    outra historia pra quem gosta da brincadeira do copo

    O jogo do copo


    Quatro jovens resolveram fazer uma brincadeira um pouco fora do comum para sua idade. Um deles leu em uma revista de esoterismo como fazer o jogo do copo. Um sistema de comunicação com o além chamado OUIJA.

    Um dos garotos sabia que seu pai tinha um tabuleiro. Resolveram comprar um copo e começar a sessão. Esperaram seus pais saírem de casa para acenderem as velas na sala e iniciar os trabalhos. Algumas rezas, piadas e movimentos dos garotos no copo, um deles resolve fazer as perguntas sérias:

    - Tem alguém ai?

    E o copo se movimenta para o sim

    - Qual é o seu nome?

    E o copo vai para a palavra não.

    - Você é homem ou mulher?

    O copo treme repentinas vezes e para. Os jovens começam a gostar da brincadeira:

    - Você era careca?

    Todos caem na gargalhada e o copo não sai do lugar.

    - Como você morreu?

    O copo volta a tremer mas não sai do lugar. Os rapazes insistem e a pergunta foi repetida três vezes, até que o jovem que perguntava pede uma prova da existência de um espírito na sala:

    - Se há alguém nessa sala, dê um sinal.

    Nesse momento o telefone toca repentinamente. Eram 22:00. Os jovens ficam assustados num primeiro instante, mas depois se acalmam e começam a dar risada da situação. Da coincidência do telefone tocar. Eles não atendem ao telefone e o mesmo para de tocar. Depois de um pouco de hesitação, decidem voltar a brincadeira.

    De volta ao tabuleiro, o jovem repete a pergunta:

    - Tem alguém ai? Dê-me uma prova que você está ai...

    Novamente o telefone toca. As crianças ficam assustadas e deixam o tabuleiro cair. As peças se perdem pela sala enquanto os ruídos incessantes do telefone ecoam por toda a casa. Os jovens criam coragem e resolvem atender ao telefone. Num lançe de desespero e impulsionado pelos amigos, o jovem pega o telefone e diz com uma voz tremula:

    - Alô?

    Silencio absoluto. Algumas gargalhadas dos garotos e mais uma tentativa:

    - Alô? Alô? Tem alguém ai? Em tom de brincadeira

    Mas, ao invés de silêncio, uma voz sai do fone:

    - Essa é a prova

    Todas os jovens saem correndo de casa, desesperados, pedindo a Deus por suas vidas e prometendo nunca mais brincar com os mortos.
     
  9. Dargor

    Dargor Usuário

  10. Tipo.. sei lá...eu nao acreditava nessa historia do copo, mas minhas amigas fizeram, na epoca eu nem acreditava nessas coisas e nao fui depois elas chegaram apavoradas e me contaram oqe tinha acabado de acontecer:

    Elas perguntaram:
    Você é do bem ou do mal?
    O copo foi p/ Bem

    Uma miga minha perguntou ,de qem eu gosto?
    Eo copo respondeu:
    Alan(e acertou mesmo)

    Depois perguntou:
    Qual oseu nome, aí o copo foi
    no
    D
    I
    A
    B
    O

    ai uma amiga minha gritou:
    DIABO!

    Ai elas escreveram Jesus, jesus no tabuleiro e quebraram o copo

    Logo depois elas disseram que viram uma mancha de sangue na parede onte tacaram o copo e depois a mancha sumiu...

    NOssa.. nem sei se elas estavam mentindo p/ mim já que eu nao fui, ou era verdade,pois parecia verdade mesmo...

    E depois fizeram de novo... eu queria ir,mas a hora qe elas queriam fazer era muito tarde e entao num deu p/ eu ir...

    Dai me contaram qe:
    Tava minha amiga e sua prima:

    primeiro perguntaram de novo:
    Voce é do bem ou do mal?

    Ai respondeu do mal

    entao minha amiga escrevou jesus jesus e sua prima nao, depois qebraram o copo

    ai minha amiga disse qe como sua prima nao escreveu jesus, o bicho começo a perseguir ela...

    "Dias a procura de meu destino,e finalmente agora tenho uma família,meu dever está cumprido e finalmente posso descansar..."
     
  11. Dargor

    Dargor Usuário

    nossa !
    suas amigas sao doidas hein
    sair quebrando copo
    e essa historia do bicho ficar seguindo ela?
     
  12. Mais no fim você DEVE escrever Jesus jesus e depois quebrar o copo...
    Sei essa,ela so disse que depois o bicho com qem elas falaram ficou persequindo a prima dela.. se depois parou de eprseguir eu nao sei, pq no fim do ano,quando eu ia sair da escola, nao sei pq, mas todas elas ficaram sei lá.. ficaram de mal de mim... e eu fiquei sem amiga nenhuma... elas foram+outra escola.. eu fui pra outra... e saimos brigadas... e num fiquei nem um poko com vontade de lugar e refazer as pazes com elas.. dai tá aí.. 3 anos e nunca mais conversamos... e nem to afm de conversar, elas nao me explicaram pq ficaram bravas comigo e resolveram implicar comigo... acho eu qe é pq eu prefiria ficar em casa jogando video game as vezes ou jogar rpg e nao sair ocm elas... ou coisa assim... mas tipo... se fossem amigas de verdade elas viriam e falavam comigo.. amigas é p/ qe!?
    Puxa vida,amigas desdo pré.. depois de tantos anos elas me abandonaram :(

    BUUÁÁÁÁÁÁÁ

    Putz! to fugindo do assunto né.. foi mal...
    Onde estávamos mesmo? ah sim..coisas anormais...

    "Dias a procura de meu destino,e finalmente agora tenho uma família,meu dever está cumprido e finalmente posso descansar..."
     
  13. Dargor

    Dargor Usuário

    elas devem ter ficado assim porque o fantasma correu so atras delas e elas queriam que ele corresse atras de vc tb, dai ficaram com inveja huahueahea
     
  14. Naum.. tipo a nossa briga foi um outro caso, qe to sem paciencia de explicar+detalhadamente.. mais parece mentira esse troco do copo, alguem auqi ja fez essa brincadeira? derrepente me deu uma vontade de fazer o jogo do copo, a diferença é qe minha mae me sdava uma bronca se eu ficasse quebrando copo depois.. UHAUHAUHAA

    "Dias a procura de meu destino,e finalmente agora tenho uma família,meu dever está cumprido e finalmente posso descansar..."
     
  15. Dargor

    Dargor Usuário

    conheço varias pessoas q ja fizeram
    mas nunca fiz nao
     
  16. Srta Wood

    Srta Wood Usuário

    jah tantei faze a brincadeira do copo varias vezes, mas nunk deu certo... axu q os espiritos naum vaum com a minha kra


    "Smile because it s the second best thing that you can do with your lips"
    Marininha Wood
    =^..^=Clube da Amizade=^..^=Clube da Inônia=^..^=
     
  17. Se não me engano, foi o Dirhil q fez uma brincadeira do copo, e aconteceu umas coisas sinistras depois. Ele contou isso num tópico antigo, q acho q já foi apagado...
    Perguntem pra ele. A história dele é muito legal.
     
  18. Feanor_The Old

    Feanor_The Old Usuário

    Aquele tópico foi muito legal, ums 7 páginas de histórias de terror muito legais vividas pelos membros do tópico. Uma pena se tiverem apagado. Aliás, todos os tópicos daquela época tavam muito bons.

    Arise...
    Awake...
    The King in Crimson comes...

    [Clube da Insônia]
     
  19. Pois é, Feanor, eu andei dando uma procurada, e parece q aquele tópico foi mesmo apagado. Parece q o último tópico do Geral é de fevereiro de 2002. Os outros foram todos perdidos. Uma pena mesmo.

    O único q resiste ao tempo é o jurássico: "Vc se lembra?"



    Edited by - Rosie Cotton on 17 March 2002 17:37:46
     
  20. Niniel Turambar

    Niniel Turambar Usuário

    Eu já fiz a brincadeira do copo, mas já faz muito tempo, eu tinha uns 7 anos. Eu e meus dois irmaos reunimos nossos colegas do predio pra fazer essa brincadeira, mas eu pensava q nao ia acontecer nada... Pois é, estavamos sentados na escada, com os dedos em cima do copo; falamos: "se houver algum espirito bom aqui, por favor, responda".
    E o copo começou a se mover mesmo! Todo mundo tirou o dedo de cima dele, mas ele continuou a se mover: foi para as letras R, Q, K... nao estava formando uma palavra, sabe, parecia só q queria assustar. E nao deu outra - quando a gente viu q tinha funcionado mesmo e que o copo tava se mexendo sozinho (nunca vou me esquecer disso), todo mundo saiu correndo pela escada! Quando voltamos, o copo tinha retornado a posiçao central. Mesmo morrendo de medo, decidimos fazer de novo: e o copo se mexeu, sem ninguem estar tocando, para as mesmas letras sem nexo. Corremos de novo pelas escadas, e resolvemos nao fazer mais aquela brincadeira nesse dia.
    Já tentei fazer outras vezes, mas nunca deu em nada. Hj eu nem penso mais em fazer isso, foi sorte nao ter acontecido nada grave comigo ou com os meus colegas, porque geralmente esse tipo de brincadeira traz problemas serios.

    "Sim, beberei teu sangue com prazer, para poder esquecer o sangue de Beleg, meu senhor, e o sangue de Brandir, assassinado injustamente. Eu te matarei com rapidez".

    Clube da Nostalgia
     

Compartilhar