1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A Vida e Morte de Arwen e dos Meio-Elfos

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Fingolfin, 5 Jan 2004.

  1. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Os meio-elfos(Elros, Elrond e seus descendentes) poderiam escolher por viver uma vida imortal entre os Eldar ou mortal entre os edain.

    Para eles, era dado um tempo, não sabido, para que fizessem sua escolha, irredutível e irrevogável. Arwen fez a dela após 3000 anos.

    Mas vejamos... se um deles escolhesse a vida mortal, como Arwen o fez, quanto anos mais este viveria?

    Ela já itnha 3000 anos... após sua escolha seu corpo iria provavelmente se cansar como um corpo de Edain numa idade correspondente, mas qual seria essa idade correspondente?

    Eu gostaria de saber e discutir, como ficaria a vida de um meio-elfo que escolheu a vida mortal.

    Faz muito tempo que eu li a história de Arwen e Aragorn nos apendices e não lembro de detalhes de sua morte, então pesso q me ajudem.
     
  2. bom a Arwen viveu bastante tempo após a escolha de se tornar mortal, e ela apressou a sua morte por causa da morte do Aragorn, senão viveria mais, então acho que o tempo de vida a mais que foi concedido seria proximo daquele concedido aos numenorianos. Ou talvez o tempo de vida que o meio-elfo já tinha, 3000 anos no caso da Arwen, influenciasse alguma coisa, també talvez o cansaço do mundo que ela ja sentia. :think:
     
  3. Lothiriel

    Lothiriel Usuário

    acho que principalemte por causa do aragorn, quando ele morreu ela se isolou em lorien e la faleceu.
     
  4. Oakshield

    Oakshield Usuário

    a mudança de destino entre os filhos de ilúvatar soh eh realizada devido as dádivas dada pelos valar em comunhao com o pensamento de Erú e ateh onde eu sei isso aconteceu quatro vezes: beren e LUTHIEN, TUOR e Idril, EARENDIL e Elwing e Aragorn e ARWEN.

    Em todas essas ocasioes a escolha foi feita por amor ao parceiro.... e, na minha opioniao, os Valar ao mudarem o destino desses elfos e homens, ao lhes concederem essa dádiva devido ao amor que viam entre esses ELDAR e ATANI, eles lhes concederam um tempo de vida equivalente.. para que pudessem estar juntos na TM e partissem juntos de Mandos para além do mundo (no caso, de um eldar escolher o destino dos homens)

    a luthien, que era elfa e escolheu ser humana, foi dada um tempo de vida nao inferior ao que foi dado a Beren. Sobre o tempo de vida de Beren acredito que ao voltar de mandos, ele viveu tanto qto viveria no caso de nunca ter ido pra lá....

    E de forma semelhante, para Arwen foi dado um tempo de vida nao inferior ao tempo de vida que ainda restava a Aragorn Elessar.

    Acho que eh assim que funciona... eh dado ao eldar ou meio-elfo, um tempo de vida nunca inferior ao que terá o seu amado(a) mortal... de tal maneira que qdo o mortal morrer, o parceiro de origem imortal pode abandonar sua vida (como faziam os elfos e os numenorianos) para ir ao encontro de seus amados nos saloes de mandos, para depois seguirem o destino dos ATANI... nao creio que isso dependa de qto tempo o Eldar ou MeioElfo já viveram....
     
  5. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Bom... concordo com algumas coisas... e discordo de outras...

    1o... o Caso de Tuor e Luthien é diferente... eles mudaram de raça, numa ação feita não pelos Valar mas concedida por Eru... e apenas anunciada pelos Valar.

    2o... No caso dos Meio Elfos, Earendil, Elwing e seus descendentes os Valar não deram a ele a possibilidade de mudar de destino não... eles não podiam fazer isso. Oq foi feito é q devido a mistura das raças era impossível dizer a qual das raças eles pertenciam, já q eram meio elfos meio humanos e a qual destino iriam cumprir. Por isso, em casos de dúvidas como estes os Valar serviam como juizes... e a estes foi dado então o direito da escolha.

    Arwen escolheu ser mortal por causa de Aragorn, mas não é contado nenhum caso de amor de Elladan e Elrohir e a escolha caberia também a eles. Por isso eu fiz questão de colocar de Arwen e dos Meio-Elfos no nome do tópico...

    Arwen escolheu falecer após a ida de seu amor... mas e se ela quisesse ficar... até qdo poderia? E Elladan e Elrohir... se eles escolherem ser mortais, por quanto tempo viveriam?

    Eu tenho uma teoria... baseada em nada além do meu achismo e pequeno conhecimento nas obras... não há nenhum trecho q a comprove e q eu saiba tb nenhum trecho q a desminta....

    Na minha opinião a natureza de Arwen é uma natureza élfica... e a ela cabia escolher o seu destino, mas isto não encurtaria seu tempo de vida... Arwen continuaria vivendo tanto quanto elrond por exemplo... mas após sua morte por cansaço ao mundo ela iria cumprir o destino dos homens e não o dos elfos...

    Por mais q ela pudesse viver o tempo q ela quisesse na TM na eternidade ela ficaria do lado de Aragorn e não de seu pai Elrond...

    Bom... é só uma teoria... minha... de repente algumas pessoas concordam... ou apresentam argumentos q a desmintam.
     
  6. Finrod-Felagund

    Finrod-Felagund Usuário

    Elros filho de earendil e elwing foi o homem q mais viveu, 500 anos, pois foi abençoado pelos valar.
    Ou seja, numenor era perfeita na epoca, nao teria do q ele c cansar do mundo, ou seja o tempo de vida de um meio-elfo q decidiu ser um atani, deve ser mais ou menos do tempo de vida de um numenoriano.
    Lembrando q ele era um meio-elfo e escolheu o destino dos homens, enquanto Elron seu irmao decidiu seguir o destino dos primogenitos.
     
  7. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Nada... nem mesmo Valinor era perfeito após a corrupção de Morgoth em Arda... tudo tinha um pouco de sua maldade... pois ele espalhou o poder em todo hroa.

    Ok... aprox 500 anos... mas Arwen já viveu 3000 anos... então seria 500 a partir do dia q ela escolheu a vida mortal?

    Não foi bem assim com Elros... ele viveu 500 anos desde seu nascimento e não a partir de sua escolha.

    E Arwen não vivia em Numenor, mas sim na TM corrompida... ela se cansaria mais rápido então?
     
  8. Fëanor_Tilion

    Fëanor_Tilion Usuário

    Sim, acho que ela se cansaria muito mais rápido.

    Não, acho que não seria 500 a partir de sua escolha, acho q seria menos tempo, ou comojá disseram acim, o tempo suficiente para que ela vivesse até que Aragorn morresse.
     
  9. Elrond Meio-Elfo

    Elrond Meio-Elfo Usuário

    Humm... se não me engano Aman permaneceu imaculada graças ao poder dos Valar. Claro, isso antes da destruição das árvores.

    A Arwen morreu no ano seguinte da morte de Aragorn. Ela teve uns 120 anos de vida mortal.
     
  10. Anor £

    Anor £ Usuário

    Aiya,
    A Arwen Undómiel foi concedida uma vida mortal devido ao seu sangue meio-elfo, por ser filha de um Meio-Elfo Elrond que por sua vez escolheu o destino quendi, é aceitavel o fato dela viver seus 3000 anos como uma Eldar e após sua escolha viver suficientemente para uma mortal, o caso de Elros é diferente porque seu sangue nunca esteve ligado a escolha de seus pais, Arwen era filha de um Meio Elfo que escolheu o destino Eldar ou seja imortalidade.

    Namarië.
     
  11. KADU

    KADU Estão vendo esta caneta?

    Concordo com vc, pra mim no caso da Arwen, o que mudou foi seu destino(ir para o pós vida dos homens) e nao sua natureza(ela continou sendo uma elfa).
     
  12. Mestre Manwë

    Mestre Manwë Usuário

    Bem, ai vai a minha opinião.

    Todos os elfos da casa de Eärendil podiam escolher se gostariam de ser homens ou elfos.
    E os filhos de Elrond escolheram ser elfos com a excessão de Arwen.

    Bem, a constituição dos elfos e dos homens são muito semelhantes, salvo por poucas coisas. Então, sobre a mudança da constitução de Arwen, não fez muita diferença.

    E sobre a idade, não se esqueçam que Elros viveu se não me engano uns 450 anos, então é provavel que se Arwen quisesse, viveria tanto quanto seu tio. Mas já que estava cansada de viver, resolveu se isolar, e esperar pela sua sina.

    Bem, essa é a minha opinião :D
     
  13. The NIGHT ELF

    The NIGHT ELF Usuário

    Naum ela naum estava cançada de viver ela faz aquilo por Aragorn (esqueceu)! :)
     
  14. Níniel

    Níniel let's put a smile on that face

    Arwen amava Aragorn e abdicou da usa imortalidade! ela viveu ainda muito tempo para um humano depois da ser tornar mortal, tal como Aragorn que tinha a duração da vida de 3 homens. Mas, depois de se tornar mortal, Arwen deixou de ser elfo? Acho que sim, pois o que distingue elfos de humanos é a força do Eldar, né?? Será q estou a tocar tudo?? :o?:

    Namarië!
     
  15. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Oq distingue um humano de um elfo é o destino q cada uma das raças tem...

    embora haja diferença de poder, isso não chega a ser a principal diferença.
     
  16. Níniel

    Níniel let's put a smile on that face

    :stop:
    E não é esse poder que decide o destino dos elfos? Os humanos como n o Têm morrem! Certo?

    Já agora, o que mais é k os distinhue? :o?:
     
  17. Mestre Manwë

    Mestre Manwë Usuário

    Eu acho que me espressei errado. Não queria viver sozinha :D :D
     
  18. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Oq os distingue é o destino... o destino dos elfos está preso ao destino de Arda(por isso eles não morrem... eles estão presos a arda)... o destino dos homens está em outro lugar desconhecido... arda é apenas passagem(por isso eles morrem e deixam Ea)
     
  19. Fëaruin Alcarintur ¥

    Fëaruin Alcarintur ¥ Alto-rei de Alcarost

    Não se esqueçam do fato de Arwen nunca foi uma elfa. Ela era meio-elfa da Casa de Eärendil, portanto, à ela era dado o direito da escolha de qual família seu destino estaria vinculado.
    O direito da escolha, entretanto, não deixa de ser um dever.

    Arwen poderia postergar sua escolha por muito tempo, mas enquanto não tivesse escolhido, seu destino não estaria vinculado a nenhum dos povos; ela não morreria, mas não estaria autorizada a partir para Valinor. Ou seja, a longo prazo, se Arwen não escolhesse, ela decairia cada vez mais, e com o tempo, haveria de se tornar um mero espectro de sua antiga beleza. Uma espécie de fantasma impotente, nada mais que isso.

    Arwen escolheu a mortalidade por Aragorn, mas mesmo escolhendo ter seu destino vinculado aos Sucessores, a antecedência de Arwen não pode ser desprezada. Meio-elfo ela era, pois o sangue mortal corria em suas veias, mas ser um meio-elfo é ser não só mortal, mas também ser, em parte, um elfo; logo, mesmo na mortalidade sua vida seria mais longa; assim como acontecia com todos os meio-elfos na Terra-média; os próprios reis numenorianos são um exemplo disso, pois neles corria sangue élfico.

    Elros viveu quase 600 anos, sendo mais de 400 desses governando Númenor; na velhice, ele escolheu partir. Aragorn diz à Arwen (nos Apêndices) que ele era o último a quem foi dada a graça de poder partir, e que ele preferia ir antes de se tornar fraco e senil. Aragorn partiu, e Arwen entristeceu-se; tamanha foi sua tristeza que ela se deitou em Lothlórien; naquele local onde, em tempos passados, parecia que os dias não eram contados, e o tempo não passava. Lá, ela adormeceu em tristeza e abandonou seu corpo. E então, seu espírito passou deste mundo, e ela se foi para sempre. Ela não morreu muito depois da morte de Aragorn. Como mortal ninguém nunca viveu tanto quanto Elros.
     
  20. Omykron

    Omykron far above

    aragorn por ter sido um lider destemido, e que se manteve longe da tentação da vida imortal dos eldar, a ele foi concedida a graça de decidir seu destino, mas desde que a sombra adentrou em numenor, e os antigos costumes quebrados, o direito de escolher a hora da morte foi vetado, e assim, os reis após essa sisma morriam de velhice, ou tristeza

    realmente, nunca foi noticiado um homem mortal viver mais que Elros Tar-Minyatur. Este como sendo o 1° dos reis numenorianos, e por ter vivenciado muita coisa durante a 1ª era do sol, foi agraciado com uma vida mais longa que as dos demais, tanto que pouco tempo após a sua morte, seu vilho Varadami (algo assim) morreu, tendo governado por um ano apenas, e passando o cetro ao seu filho.

    Aragorn viveu algo proximo a 2 vidas e meia de um homem.
     

Compartilhar