1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

1001 Álbuns Indicados pela Valinor

Tópico em 'Música' iniciado por Clara, 14 Dez 2012.

  1. Clara

    Clara O^O Usuário Premium

    Regras:

    Criar uma lista de 1001 álbuns que de alguma forma marcaram a história da musica, ou da sociedade em geral.

    Segue o mesmo esquema, uma indicação por semana:


    ________________________________________

    Álbum: The Dark Side of the Moon
    Banda: Pink Floyd
    Ano: 1973
    Motivo: Considerado um dos mais importantes discos de rock de todos os tempos, é o oitavo álbum de estúdio da banda britânica de rock progressivo Pink Floyd e foi gravado entre os anos de 1972 e 1973, nas salas do
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , em Londres, com produção de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . Com letras intimistas que falam sobre envelhecimento, solidão e doença mental; efeitos sonoros e instrumentos musicais inusitados para a época em que foi gravado, The Dark Side of the Moon tem mais de cinquenta milhões de cópias vendidas até hoje.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Faixa de "The Dark Side of the Moon" - Brain Damage / Eclipse

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

    Arquivos Anexados:

    Última edição por um moderador: 5 Out 2013
    • Ótimo Ótimo x 3
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Captain Beyond

    Captain Beyond Usuário

    Re: 1001 músicas Indicadas pela Valinor

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Álbum: The Last Waltz

    Banda: The Band

    Ano: 1978

    Motivo: The Last Waltz foi um concerto de rock realizado pelo grupo canadense The Band no Dia de Ação de Graças estadunidense em 25 de novembro de 1976 no Winterland Ballroom em São Francisco. The Last Waltz foi divulgado como o final da ilustre carreira ao vivo do The Band, e durante o concerto o grupo se reuniu com mais de uma dúzia de convidados especiais, incluindo Paul Butterfield, Eric Clapton, Neil Diamond, Bob Dylan, Emmylou Harris, Ronnie Hawkins, Dr. John, Joni Mitchell, Van Morrison, Ringo Starr, Muddy Waters, Ronnie Wood e Neil Young.
    O evento foi filmado pelo cineasta Martin Scorsese e transformado em um documentário de mesmo nome, lançado em 1978. O filme traz cenas do concerto, registros de estúdio e entrevistas de Scorsese com os integrantes da banda. Um álbum triplo foi lançado em 1978. O filme foi relançado em DVD em 2002, juntamente com uma caixa com quatro CDs com o concerto e gravações de estúdios relacionadas a ele.

    The Weight

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Álbum inteiro:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 5 Out 2013
    • Gostei! Gostei! x 3
  3. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Re: 1001 músicas Indicadas pela Valinor

    não seria melhor fazer um tópico para cada coisa? música, album, banda?
     
    • Gostei! Gostei! x 8
  4. Bel

    Bel Moderador Usuário Premium

    Este fica como álbuns então =)
     
  5. Phantom Lord

    Phantom Lord London Calling

    Álbum: Clube da Esquina

    Banda: Milton Nascimento & Lô Borges

    Ano: 1972

    Motivo: O disco "Clube da Esquina" é fruto da confluência sonora das odisséias particulares de meninos mineiros que queriam mudar o mundo. Um disco inseminado por jovens sementes que cresceram do chão das Gerais numa explosão de inventividade musical.


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



     

    Arquivos Anexados:

    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
    • Ótimo Ótimo x 2
    • Gostei! Gostei! x 2
  6. Cantona

    Cantona Tudo é História

    Álbum: Secos & Molhados

    Banda: Secos & Molhados

    Ano: 1973

    Motivo: 1973. Tempos pós-AI5 - o golpe dentro do golpe - quando os milicos perderam de vez o pudor e o verde oliva passou a mandar e desmandar sem "maquiagem caprichada". Ainda havia a aparência de "legalidade" que a ditadura brasileira sempre tentou sustentar, mas sem o mesmo requinte. Imaginem, nesse cenário, um grupo - que não foi produto de marketing, que passou longe da ideia de um produtor musical de Midas - de quatro rapazes "decorados" cantando e rebolando "O vira". Embora não houvesse uma clara atitude política, existia a subversão na dança, na ideia do feminino no homem: " O maior incômodo era mesmo despertar o "feminino" amordaçado por séculos na cultura machista. Não era simplesmente o desavergonhado rebolado de Ney que incomodava os embutrecidos do poder, e sim o que aquele gesto detonava no íntimo de cada um. Abafar a feminilidade indispensável ao ser masculino tem seu custo psíquico para quem comete o engano de pensar que isso tem qualquer coisa a ver com gênero ou aptidão sexual (...) Essa era, na verdade, a "subversão" que os Secos & Molhados praticava a cada show e apresentação na sociedade brasileira (...).
    E num período de disciplina escancarada, de educação dos corpos, o corpo que dança é visto como o corpo que resiste, que transgride.

    "Se, naquele tempo, uma nave-mãe tivesse pousado, por exemplo, na Praça dos Três Poderes em Brasília e despejasse através de suas portas alguns alienígenas, ela não teria causado tanto impacto, uma perplexidade e um maravilhamento que pudesse rivalizar com os provocados pelo grupo Secos & Molhados."

    (Luiz Carlos Maciel)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Num álbum de clássicos como "Sangue Latino", "O vira", "Mulher Barriguda", a fodástica " O patrão nosso de cada dia", destaco "Primavera nos dentes", "com um ousado devaneio instrumental de quase três minutos, lembrando as viagens progressivas do Pink Floyd, um coro grave e uníssimo rasga repentinamente com a ode lírica à resistência, esbanjando sentido tanto para o que vivia o Portugal daquele momento quanto para sua ex-colônia."

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Primavera nos dentes
    (João Ricardo / João Apolinário)

    Quem tem consciência pra se ter coragem
    Quem tem a força de saber que existe
    E no centro da própria engrenagem
    Inventa contra a mola que resiste

    Quem não vacila mesmo derrotado
    Quem já perdido nunca desespera
    E envolto em tempestade, decepado
    Entre os dentes segura a primavera

    * As citações são de Ricardo Moreira, do encarte Grande Discoteca Brasileira - Secos & Molhados.
     
    Última edição por um moderador: 5 Out 2013
    • Ótimo Ótimo x 5
    • Gostei! Gostei! x 1
  7. Quickbeam

    Quickbeam Rock & Roll

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Álbum: The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders From Mars
    Banda: David Bowie
    Ano: 1972

    Motivo: É um álbum divisor de águas na carreira de Bowie, uma das obras-primas do glam rock, em que ele assume a persona de Ziggy Stardust, um alienígena que se torna um rock star, mas que é consumido pelos próprios excessos e pelo sucesso que atinge. Independente do conceito do álbum, ele possui canções fortíssimas ("Five Years", "Ziggy Stardust", "Moonage Daydream", "Rock 'n' Roll Suicide", "Starman", etc), que se tornaram clássicas dentro do vasto repertório de Bowie.

    Lembro até hoje da primeira vez que escutei o disco. Tinha-o comprado por causa de uma matéria na Folha Ilustrada celebrando o lançamento do pacote de CDs da Ryko (quase todas as canções do álbum apareciam entre as "faixas de destaque"). Poucas vezes na vida uma primeira audição me agradou tanto quanto aquela: eu simplesmente gostei do álbum todo! E as faixas bônus também não me decepcionaram: "Velvet Goldmine" e a demo de "Lady Stardust", em especial, me agradaram bastante.


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

    Arquivos Anexados:

    Última edição por um moderador: 5 Out 2013
    • Ótimo Ótimo x 6
    • Gostei! Gostei! x 1
  8. Clara

    Clara O^O Usuário Premium

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Álbum: Revolver
    Banda: The Beatles
    Ano: 1966
    Motivo: Considerado por muitos um divisor de águas na carreira do grupo, teve produção de George Martin, marca a ligação dos Beatles com o psicodelismo e o fim das turnês e excursões da banda, decisão tomada duas semanas após o lançamento deste disco.
    Apesar de ser uma obra quase experimental, Revolver possui algumas das músicas mais populares dos Beatles como Eleanor Rigby , Here There and Everywhere e Yellow Submarine, traz faixas que, especula-se, foram criadas sob a influência do LSD, além de uma feliz incursão pela música indiana.
    Álbum percusor do que estava para vir a seguir (Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band), Revolver faz parte da lista dos
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Faixas dos álbum:




    Aqui, uma das minhas músicas favoritas:

    The Beatles - Love You To

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Álbum completo

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

    Arquivos Anexados:

    Última edição por um moderador: 5 Out 2013
    • Ótimo Ótimo x 2
  9. Kainof

    Kainof Sr. Raposo

    Álbum: London Calling
    Banda: The Clash
    Ano: 1979

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Motivo: A banda britânica The Clash é conhecida por ser uma das precursoras do punk rock, iniciando no palco vários elementos que se tornariam típicos do movimento. Suas letras politizadas e seu comportamento rebelde deram o tom também para London Calling, o terceiro álbum da banda. Foi nesse álbum que The Clash passaria definitivamente ao que seria então a sua marca e o que fez com que a banda entrasse de vez para a história do rock: a experimentação musical. Após os dois primeiros álbums, com um som fortemente punk, em London Calling existem canções com elementos de ska, funk, pop, soul, jazz, rockabilly e reggae, além do próprio punk. Esse álbum reúne letras críticas a um profundo senso artístico, originando um dos melhores álbuns de rock de todos os tempos.

    Lado 1:
    1- London Calling
    2- Brand New Cadillac
    3- Jimmy Jazz
    4- Hateful
    5- Rudie Can't Fail

    Lado 2:
    1- Spanish Bombs
    2- The Right Profile
    3- Lost in the Supermarket
    4- Clampdown
    5- The Guns of Brixton

    Lado 3:
    1- Wrong 'Em Boyo
    2- Death or Glory
    3- Koka Kola
    4- The Card Cheat

    Lado 4:
    1- Lover's Rock
    2- Four Horsemen
    3- I'm Not Down
    4- Revolution Rock
    5- Train in Vain

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    "London Calling
    London calling to the faraway towns
    Now war is declared and battle come down
    London calling to the underworld
    Come out of the cupboard, you boys and girls
    London calling now don't look to us
    Phony Beatlemania has bitten the dust
    London calling see we ain't got no swing
    'Cept for the ring of that truncheon thing

    The ice age is coming, the sun is zooming in
    Meltdown expected and the wheat is growing thin
    Engines stop running but I have no fear
    London is drowning and I live by the river

    London calling to the imitation zone
    Forget it, brother, you can go it alone
    London calling upon the zombies of death
    Quit holding out and draw another breath
    London calling and I don't wanna shout
    But when we were talking I saw you nodding out
    London calling see we ain't got no highs
    Except for that one with the yellowy eyes

    The ice age is coming, the sun is zooming in
    Engines stop running and the wheat is growing thin
    A nuclear error but I have no fear
    London is drowning and I, I live by the river

    Now get this
    London calling yes I was there too
    An' you know what they said? Well some of it was true
    London calling at the top of the dial
    And after all this, won't you give me a smile?

    I never felt so much a'like a'like a'like"

    Composição: Joe Strummer e Mick Jones

    Algumas músicas do álbum:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

    Arquivos Anexados:

    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
    • Gostei! Gostei! x 4
  10. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    1001 músicas Indicadas pela Valinor

    Refazendo o tópico devido ao bug de não estar aparecendo para os usuários.

    Regras estão no primeiro post editado.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  11. Captain Beyond

    Captain Beyond Usuário

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Álbum: What's Going On
    Músico: Marvin Gaye
    Ano:1971
    Motivo:What's Going On é um álbum de soul do cantor norte-americano Marvin Gaye, lançado em 21 de maio de 1971. O LP refletiu o início de uma nova tendência na soul music norte-americana. Com letras introspectivas sobre o abuso nas drogas, a pobreza e a Guerra do Vietnã, o LP tornou-se imediatamente uma sensação e é considerado, pela crítica, não só um marco da música Pop, como também um dos maiores álbuns de todos os tempos. Em 2003, What's Going On foi considerado pela a revista americana Rolling Stone o 6º melhor álbum de todos os tempos, além de está na lista dos 200 álbuns definitivos no Rock and Roll Hall of Fame.
    Faixas do álbum:
    "What's Going On" (Al Cleveland, Marvin Gaye, Renaldo Benson) – 3:52
    "What's Happening Brother" (James Nyx, M. Gaye) – 2:44
    "Flyin' High (In the Friendly Sky)" (M. Gaye, Anna Gordy Gaye, Elgie Stover) – 3:49
    "Save the Children" (Cleveland, M. Gaye, Benson) – 4:03
    "God Is Love" (M. Gaye, A. Gaye, Stover, Nyx) – 1:49
    "Mercy Mercy Me(The Ecology)" (M. Gaye) – 3:14
    "Right On" (Earl DeRouen, M. Gaye) – 7:31
    "Wholy Holy" (Cleveland, M. Gaye, Benson) – 3:08
    "Inner City Blues (Make Me Wanna Holler)" (M. Gaye, Nyx) – 5:26

    Mercy Mercy Me:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    What's Going On:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 5 Out 2013
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar