1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Vaticano vai vasculhar seminários dos EUA em busca de homossexuais

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Shantideva, 15 Set 2005.

  1. Shantideva

    Shantideva Adoro elfos ruivos!

    Investigação controversa é resposta aos escândalos de abusos sexuais que abalaram a Igreja americana

    NOVA YORK - Investigadores nomeados pelo Vaticano foram instruídos a inspecionar cada um dos 229 seminários católicos nos Estados Unidos, em busca de "indícios de homossexualidade" e de dissidentes dos ensinamentos da Igreja, segundo um documento preparado para orientar o processo.

    O documento do Vaticano, dado ao "New York Times" na quarta-feira por um padre, vem à tona enquanto os católicos esperam uma decisão do Vaticano sobre a proibição do sacerdócio aos homossexuais.

    Numa possível indicação do conteúdo da decisão, o arcebispo americano que está supervisionando a revisão dos seminários disse, na semana passada que, "qualquer um que se envolva em atividade homossexual ou tenha fortes inclinações homossexuais" não deveria ser admitido num seminário.

    Edwin O'Brien, arcebispo das forças armadas dos EUA, disse ao "National Catholic Register" que a restrição deve ser aplicada mesmo àqueles que não são sexualmente ativos há uma década ou mais.

    Os seminários americanos estão sob observação do Vaticano como resultado dos escândalos de abuso sexual no clero, em 2002. Autoridades da Igreja nos EUA e em Roma concordam que querem verificar mais de perto como os candidatos ao ingresso nos seminários são escolhidos e se eles estão sendo preparados para vidas de castidade e celibato.

    Especialistas em sexualidade humana têm advertido que a homossexualidade e a atração por crianças são diferentes e que uma porcentagem desproporcional de meninos pode ter sido vítima de abuso porque os padres teriam acesso mais fácil a alvos masculinos - como coroinhas e seminaristas juniores - do que a meninas.

    Mas algumas autoridades da Igreja nos EUA e em Roma, inclusive alguns bispos e muitos conservadores, atribuíram o abuso a padres gays e pediram uma reforma nos seminários. A Expectativa em torno de tal medida cresceu neste ano, com a eleição do Papa Bento XVI, que já havia falado sobre a necessidade de "purificar" a Igreja.

    Não se sabe quantos padres católicos são gays. As estimativas variam muito, de 10% a 60%.

    O catecismo da Igreja Católica Romana diz que as pessoas com tendências homossexuais "profundamente enraizadas" devem viver uma vida de castidade porque "atos homossexuais são intrinsecamente distorcidos".

    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Alucard

    Alucard Um completamente aleatório

    É, finalmente a igreja católica está fazendo alguma coisa para limpar a sua imagem. Já era hora de parar de ficar só defendendo esses padres desnaturados...

    :blah: 10% à 60% de padres gays... Que maluco... :eek:
     
  3. Shantideva

    Shantideva Adoro elfos ruivos!

    Mas abusos sexuais não tem nada a ver com opção sexual!
    A igreja é uma instituição fechada demais e predominantemente masculina, por isso a maioria dos abusos ocorreram com meninos. Acho que a igreja está encarando o problema pelo lado errado.
     
  4. Alucard

    Alucard Um completamente aleatório

    Eu sei.
    Os abusos cometidos pelos pares em 2002, que a igreja não permitiu que os padres fossem punidos(com a ajuda do querido papa Bendo XVI...) foi um assunto que caiu de uma forma pesada na igreja. Ainda mais depois que o Arcebispo que foi responsável pela impunidade dos caras virou papa.
    E, mesmo que eles estejam caminhando pelo lado errado, eles estão, no mínimo fazendo alguma coisa...
    Sem falar que, a igreja católica nunca foi a favor dos gays mesmo, isso não é assim tão absurdo...
     
  5. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Com certeza......
    Continuo naum entendendo nego q ker fazer parte de um grupo sem aceitar suas regras......Digo e repito, ninguem é obrigado a fazer parte dessa instituição.....Pq tanta polemica e agonia qto a isso?
    Se a Igreja naum ker homossexuais, pena pros homossexuais q kerem fazer parte.....Mas a Igreja tá em todo seu direito......
    A escola São Bento é só pra garotos.....Ninguem (talvez com excessão dos próprios garotos da escola :p) reclama disso.....E isso num fere ninguem......
     
  6. Regente

    Regente Serenity Painted Death

    Isso é discriminação. Como ser não bastasse a discirminação com as mulheres, rockeiros e liberais, agora é com os homossexuais.

    Igreja Católica, vá para o Inferno junto com os seus conservadores de merda.
     
  7. Alucard

    Alucard Um completamente aleatório

    Ps.: A igreja Católica SEMPRE foi contra o homosexualismo, muito antes de ser contra os "rockeiros" e liberais.

    Todo mundo sabe que a Igreja católica é contra o casamento entre gays e um montão de coisa... É certo? Logico que NÃO! Cada ser tem o direito existêncial de fazer o que bem deseja para a sua vida. Às vezes a pessoa só nao o faz por causa da sociedade. Mais se me der uma louca, eu tenho o direito de subir no teto de casa e me jogar lá de cima. Eu tenho direito de fazer isso, e ninguém pode me impedir de fazê-lo se eu quiser...
    Não há motivo para os caras discriminarem os gays, mais eles tem o direito de não aprovarem os mesmos. Assim como cada um de nós tem o direito de não gostar de uma certa pessoa. E eles não estão saindo por aí matando gays como os malucos dos racistas fazem, eles apenas não os querem para o seu meio.

    E como o Fusa falou: se os caras sabem que a igreja não gostam de gays, por que querer ser padre? Eles podem ajudar as pessoas de tantas maneiras, todos nós podemos. Ele vai apenas criar mais e mais conflitos por um motivo idiota.
    E a Igreja, está apenas formalizando a sua opinião milenar...
    :clap: :clap: :clap: :cerva:
     
  8. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Isso é verdade.....Ela pode vetar cerimonias em seus templos, mas impedir a união civil é um passo MTO maior q a perna dela tem direito de dar.....



    Se naum me engano tentativa de suicidio é crime, naum?
    Tb num concordo.....Mas teriam direito oficial de te impedir sim..... :mrgreen:
     
  9. Haran Alkarin

    Haran Alkarin Usuário

    De fato, a Igreja Católica tem todo o direito de restringir seus seminários a homens heterossexuais. Não vejo motivo para um homossexual querer fazer parte da Igreja, que é contra algo que ele é. Se quiser ser cristão, que seja, que siga outras ramificações ou permaneça em nenhuma. Porém, a união civil em vários países é proibida, em grande parte, pela Igreja. Se algum homem quiser unir-se com outro homem, por que ele não poderia fazê-lo, já que não é católico? Isso é um conceito católico que o governo assume, portanto um preconceito com outras opções e religiões. Sem falar em outros "traços" católicos existentes por aí, como jurar pela Bíblia antes de iniciar certo depoimento num julgamento. Um não-católico o faria e mentiria depois tranqüilamente.
     
  10. V

    V Saloon Keeper

    Sim, abuso de menores não tem nada a ver com homossexualismo; heterossexuais fazem isso também.

    Mas o complicado é a própria tentativa de tentar remover o abuso de menores nas instituições católicas -- não dá pra acabar com centenas de anos de tradição de uma hora pra outra.
     

Compartilhar