1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Teste com jato hipersônico nos EUA falha e aeronave cai no mar

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Turgon, 16 Ago 2012.

  1. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    O teste militar americano do jato hipersônico Waverider terminou prematuramente nesta quarta. A aeronave não-tripulada caiu no Oceano Pacífico após uma falha em seu leme, dispositivo essencial para o controle da máquina.

    O experimento com o Waverider era ansiosamente aguardado, já que ele foi construído para ser capaz de voar na velocidade Mach 6, que corresponde a seis vezes a da velocidade do som (que é de aproximadamente 340 metros por segundo ou 1.224 quilômetros por hora).

    Em uma aeronave comercial, o Mach 6 permitiria que o trajeto de Londres a Nova York fosse completado em menos de uma hora.

    No entanto, o objetivo dos testes do Departamento de Defesa com o Waverider tinha fins bélicos: o desenvolvimento de uma nova geração de mísseis super-rápidos.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    FALHA

    O problema com o leme foi identificado 16 segundos após a aeronave acionar um foguete que aumentaria sua velocidade, disse as Forças Aérea americanas em um comunicado.

    A partir disso, a nave perdeu seu controle devido a uma "falha no controle do leme".

    O jato caiu no Oceano Pacífico, próximo a Point Mugu, no noroeste de Los Angeles.

    Fonte: Folha de S.Paulo
    __________________________________

    "Fins bélicos". E eu pensando que seria um teste para os aviões apenas.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Curiosamente a tecnologia militar testada no país é heterogênea como se estivesse testando diferentes equipes de engenharia.

    A Nasa é tipo o braço de relações públicas ou cartão de visitas. Já os fornecedores de tecnologia e engenheiros de cada braço militar dos Eua variam. Por exemplo, se na Nasa existem contratos que são submetidos a juramentos mais leves, nas instãncias setor militar superiores a Nasa os juramentos são bem mais pesados e o trabalho e produtividade pode ser vitalícia. Se a engenharia do projeto vier da equipe certa e dos fornecedores certos o projeto obtém sucesso de primeira. Mas se houver corte de custo (como tem sido por causa do gasto com guerra e segurança interna) ou alguma operação de desinformação a chance de não funcionar aumenta.

    De forma que pode ocorrer do país ter quebrado a barreira dos 9 Mach e não conseguir que um aparelho funcione porque a tecnologia estar esperando o dinheiro em alguma sala dos fornecedores militares.
     
    Última edição: 16 Ago 2012
  3. Lew Morias

    Lew Morias Luck is highly overrated

    Quando você diz 'aviões apenas', refere-se a aviões comerciais, Turgon?

    Porque eu acho que o corpo humano não aguentaria uma velocidade dessas não, aguentaria?
     
  4. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Poderia ser para transporte de materiais, comida ou algo equivalente. Não achei que fosse para fins bélicos apenas.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  5. Reverendo

    Reverendo Usuário

    Estou um pouco confuso. O experimental X-15A2 não ultrapassou os 7 mil km/h, décadas atrás?
     

Compartilhar